Início do conteúdo
    Notícias
  • Homologação das inscrições do Edital CPESQ 01/2021 para seleção de bolsista

    O Laboratório de Análise Sensorial – UFPel torna público o resultado das inscrições homologadas no Processo Seletivo para o preenchimento de vaga no Edital CPESQ 01/2021 para projeto de pesquisa.

    As entrevistas serão realizadas HOJE (09/03/2022) de acordo com os horários dispostos abaixo:

    18:10 – Liane Matos Espinosa

    18:25 –  Luana Souza Rodrigues   

    18:40 – Pedro Fernandes Viana

    18:55 –  Queise da Costa Domingues   

    19:10 – Victória Poliana Rius Von Muhlen

    Através do google meet.

     

    Pelotas, 09 de Março de 2022

  • EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA

    O Laboratório de Análise Sensorial da Universidade Federal de Pelotas torna público o Concurso Seletivo para preenchimento de vaga do EDITAL PBIP-AF/UFPel Programa de Bolsas de Iniciação à Pesquisa – Ações Afirmativas – EDITAL CPESQ Nº 001/2021.

    LEIA O EDITAL ATENTAMENTE RESPEITANDO OS REQUISITOS

    EDITAL COMPLETO NESTE LINK: EDITAL PBIP-AF/UFPel

    Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos
    Períodos de Atividades: Abril de 2022 a Julho de 2022.
    Número de vagas: 01 (uma) vaga.
    Período das inscrições: De 07 de março a 9 de março de 2022.
    Local das inscrições: https://forms.gle/5stjykD9tWv3d4p56

    Requisitos para a inscrição:
    Requisitos para a inscrição:
    – Ter 20 horas semanais disponíveis para o estágio que sera no formato híbrido
    (presencial – campus capão do leão e on-line
    – Estar regularmente matriculado e frequentando o curso de Química de Alimentos ou
    Tecnologia em Alimentos na UFPel;
    – Ter cursado, no mínimo, 1 (um) semestre do seu curso na UFPel;
    – Não ser aluno formando no período de vigência da bolsa;
    – Possuir algum auxílio da UFPel (aluno de ações afirmativas).

    Resultado: A partir do dia 10/03/2022 via site do LabSensorial – UFPel e e-mail dos
    candidatos.

    Contato para informações: layladame01@gmail.com ou marciagularte@hotmail.com.

  • Conectando Conhecimento – Nº8

    O trabalho intitulado como “Conhecimento dos consumidores sobre sementes e grãos crioulos foi publicado no I Congresso de Inovação em Alimentos no ano de 2021.

    As sementes ou grãos crioulos são aquelas que não sofreram melhoramento genético e somente os agricultores fazem essa seleção. Essas sementes apresentam maior rusticidade, resistência a doenças causadas no campo e maior capacidade de adaptação às condições do ambiente em que são plantadas ou cultivadas, elas garantem o sustento das famílias e assim possibilitam os plantios das próximas safras sem necessidade de aquisição de novas sementes, pois os agricultores familiares cultivam essas sementes durante vários anos, adquirindo conhecimento sobre as práticas de manejo mais adequadas. Objetivou-se neste estudo verificar o conhecimento dos consumidores sobre os grãos e sementes crioulas. O estudo foi realizado pelo Laboratório de Análise Sensorial da Universidade Federal de Pelotas, onde foi desenvolvido um questionário online, utilizando a plataforma Googleform. Os participantes foram convidados a responder questões sobre hábitos, formas de consumo e comercialização sobre sementes e grãos crioulos. Foram 296 respondentes, sendo 50% deles do gênero masculino, 49,3% do gênero feminino e apenas 0,6% não quiseram se identificar. Em relação à idade dos respondentes 57,4% deles tinham entre 35 a 59 anos, 19,2% entre 25 a 34 anos, 16,6% disseram ter 60 anos ou mais e 6,8% tem menos de 24 anos. Quando questionados se conhecem sementes crioulas, o número foi alto, pois 79% dos respondentes disseram conhecer, onde, os três grãos ou sementes mais citados foram o milho (69,3%), uma vez que, a maioria dos respondentes (75%) dizem que o milho crioulo tem melhores propriedades nutricionais, o feijão (43%) e o arroz (11%). Quando questionados se as sementes ou grãos crioulos são mais nutritivos, 74% concordam que são mais nutritivos, 17% talvez e apenas 9% discordam dessa afirmação. Em relação ao sabor e qualidade das sementes ou grãos crioulos, 77% dos respondentes dizem que as sementes conferem melhor sabor e qualidade aos produtos, 17% dizem que talvez possa conferir e 6% discordam disso. Portanto, podemos concluir que as sementes de milho crioulo são mais conhecidas pelos respondentes, juntamente com o feijão e o arroz, que pode estar relacionado às propriedades nutricionais apresentadas pelas sementes e grãos crioulos, como também por acreditarem que podem proporcionar um melhor sabor e qualidade aos produtos.

  • Homologação das inscrições do Edital 01/2021 para seleção de bolsista

    O Laboratório de Análises Sensoriais – UFPel torna público o resultado das inscrições homologadas no Concurso Seletivo para o preenchimento de vaga no Edital 01/2021 para projeto de pesquisa.

    As entrevistas serão realizadas amanhã (14/10/2021) de acordo com os horários dispostos abaixo:

    11:00 – Daniela Sanches Medeiros

    11:10 – Karolina Xavier Folha

    11:20 – Katiele Furtado Silva

    11:30 – Marcos Euclides Dures de Araujo

    Através do google meet.

    Pelotas, 13 de outubro de 2021

  • EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA

    O Laboratório de Análise Sensorial da Universidade Federal de Pelotas torna público o Concurso Seletivo para preenchimento de vaga do Edital 01/2021 para projeto de pesquisa.

    LEIA O EDITAL ATENTAMENTE RESPEITANDO OS REQUISITOS

    Edital completo em: Edital seleção bolsista

    Área: Tecnologia de Alimentos
    Períodos de Atividades: Outubro de 2021 á outubro de 2022
    Número de vagas: 01 (uma) vaga.
    Período das inscrições: De 07 de outubro a 12 de outubro de 2021
    Local das inscrições: https://forms.gle/HYDbKGdkdB5pMWcS9

    Requisitos para a inscrição:
    – Estar regularmente matriculado e frequentando o curso Ciência e Tecnologia de Alimentos ou Química de Alimentos na UFPel;
    – Ter cursado, no mínimo, 1 (um) semestre do seu curso na UFPel;
    – Possuir, preferencialmente, experiência em laboratório e análises físico-químicas;
    – Não ser aluno formando no semestre acadêmico de ingresso no programa;
    – Não ter outras modalidades de bolsa, exceto aquelas vinculadas à Pró-Reitoria de Assistência Estudantil – PRAE (moradia, alimentação e transporte);
    – Não apresentar mais do que 3 (três) reprovações ou infrequências.
    Tipos de provas: Currículo e entrevista (Será feita uma análise preliminar do currículo, de caráter eliminatório, e posteriormente serão agendadas entrevistas via e-mail, para serem realizadas de forma online).

    Resultado: A partir do dia 15/10/2021 via site do LabSensorial – UFPel e e-mail dos candidatos.

    Contato para informações: alicelourenzon@gmail.com ou marciagularte@hotmail.com.

  • Conectando Conhecimento – Nº7

    O trabalho intitulado como “Compreendendo a percepção dos consumidores de vinho usando a técnica de associação de palavras livres” foi publicado na revista Journal of Culinary Science & Technology.

    Os últimos anos vêm se mostrando promissor para a indústria de vinhos, a compreensão da avaliação do consumidor, devido às mudanças significativas na tendência e ao aumento de consumo, sendo cada vez mais importante. As atitudes e preferências dos consumidores no mercado de vinhos estão em constante evolução, e o que antes era considerado tendência para pequenos nichos de mercado, agora está se expandindo para outros segmentos. Variedade da uva, país de origem, teor alcoólico e preço são alguns dos atributos considerados na hora da compra de um vinho, porém o comportamento do consumidor não é racional, diversos processos inconscientes também influenciam na decisão de consumo. Um método rápido que avalia as percepções dos consumidores é a técnica de associação de palavras, por oferecer informações cognitivas partindo da ideia de que a primeira associação que vem à mente dos participantes pode ser a mais relevante no momento da decisão de consumo. Neste contexto, o objetivo do trabalho foi identificar a percepção dos consumidores brasileiros sobre o consumo de vinho, através do método de associação de palavras. O trabalho foi realizado por alunos e professores da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), através de questionário do google forms que ficou disponível por 30 dias. O teste consistiu na apresentação de uma palavra estímulo que era vinho e nenhuma descrição ou imagem do vinho foi fornecida. Foram obtidas 524 respostas e as palavras foram agrupadas em 8 categorias: “Atributos/características”, “confraternização”, “alimentos”, “cultura”, “curiosidade”, “inovação”, “saúde” e “sentimento/prazer”. A categoria mais citada pelos consumidores foi “sentimento/prazer”, com uma frequência de 47% e está associada a alegria, felicidade, paixão, amor, tranquilidade, frio e prazer, palavras que se referiam a momentos românticos ou de relaxamento. Observou-se também que mesmo sendo uma avaliação sobre vinho, alguns participantes mencionaram pessoas como referência, como as palavras pai, avó, ex-marido e sogro, possivelmente por estes participantes consumirem vinho na companhia destas pessoas, gerando nostalgia, lembranças e experiências, possibilitando ações de marketing. Neste trabalho não foram mencionadas palavras negativas. O uso da técnica de associação de palavras possibilitou identificar como o consumidor percebe e se identifica, sendo o “sentimento/prazer” decisivos na escolha do vinho e contribuem para a sua aceitação e utilização nos momentos de convívio. Além disso, estudos futuros são necessários com os não consumidores para entender sua percepção e propor alternativas de novos desenvolvimentos para ampliar o público consumidor.

  • Conectando Conhecimento – Nº6

    O trabalho intitulado como “Indicadores de Alimento Seguro para Cereal Matinal Extrusado” foi publicado no Congresso on-line Brasileiro de Tecnologia de Cereais e Panificação, realizado entre os dias 05 à 09 de outubro de 2020.

    Cereais matinais são produtos extrusados de alto teor de carboidratos e proteínas e estão no mercado a décadas, o seu consumo tem aumentado devido às novas tendências alimentares que estão surgindo. Os alimentos atuam como substrato de microrganismos e estão sujeitos à contaminação por diferentes agentes microbiológicos provenientes de manipulação inadequada, higiene pessoal, superfícies e utensílios, contato com equipamentos, e pela atmosfera ambiental. Objetivou-se com o estudo desenvolver cereais matinais extrusados, elaborado a partir de farinhas de arroz com diferentes teores de amilose e de farinha de milho e avaliar seus indicadores de conformidade para alimento seguro. O fornecimento de um alimento seguro ao consumidor envolve o conhecimento e uso de manipulação adequada, seguindo os princípios de Boas Práticas de Fabricação (BPF). Os ingredientes foram pesados na proporção 70% farinha de arroz e 30% farinha de milho, acrescentado de 2% de adoçante e acondicionadas a umidade de 17%. Foi utilizado extrusor de Laboratório mono-rosca (Brabender). Para avaliar a microbiologia e atividade de água, foram utilizadas as formulações do cereal matinal com farinha de arroz. A formulação com maior atividade de água foi a elaborada com farinha de arroz de média amilose. Os valores microbiológicos foram inferiores ao estabelecido na legislação. Pode-se concluir que as três formulações dos cereais matinais extrusados são microbiologicamente seguras para o consumo e tem baixa probabilidade de deterioração.

  • Conectando Conhecimento – Nº5

    O livro intitulado como “Descomplicando a Análise Sensorial: Grãos e Derivados”, foi publicado em agosto de 2021 e neste e-book você encontrará todas as ferramentas necessárias para a análise sensorial de grãos e derivados.

    A análise sensorial é uma ciência de relevante importância no setor de alimentos, permitindo correlacionar padrões de tecnologia de processamento, controle de qualidade e desenvolvimentos de novos produtos, com as impressões que o produto causa no consumidor.

    Conhecer os cereais, pseudocereais e plant based e entender as alterações sensoriais oriundas de diferentes processamentos ou condições de armazenamento é de fundamental importância. Aliado a isto, estabelecer uma relação para entender os anseios sensoriais dos consumidores se torna cada vez mais importante para ampliar o mercado consumidor. É importante destacar que a qualidade sensorial de um produto e a manutenção da mesma é imprescindível para a aceitação e a fidelização do consumidor em um mercado cada vez mais competitivo. Cereais, pseudocereais, plant based e seus derivados, já presentes na alimentação cotidiana de muitos, apresentam atributos próprios específicos exigidos pelos consumidores no momento da compra e consumo. Devido a necessidade de estabelecer padrões de qualidade sensorial de um produto, entender o anseio dos consumidores e estabelecer uma relação entre o estilo de consumo de cada população, surgiu a necessidade da criação deste livro com cunho teórico-prático, com intuito de abordar os métodos sensoriais mais adequados para análise sensorial em cereais, pseudocereais e plant based. Explanar de forma clara e objetiva os principais pontos de cada teste sensorial a ser aplicado, entender como tabular e interpretar os dados de forma correta, as formas mais corretas de preparo de amostra e de como realizar o treinamento de uma equipe serão abordados neste livro.

    Este livro de análise sensorial é destinado a discentes e profissionais da área de alimentos e agronômica, que buscam grãos com melhor qualidade tecnológica, nutricional e sensorial.

    Link para acesso ao e-book: https://bit.ly/3jdqbTO