HISTÓRIA MEDIEVAL II

ATENÇÃO A DISCIPLINA DE HISTÓRIA MEDIEVAL II (BACHARELADO) FOI CANCELADA. MAIS INFORMAÇÕES COM O PROFESSOR FERNANDO CAMARGO, CHEFE DO DEPARTAMENTO, OU COM A PROFESSORA LORENA, COORDENADORA DO COLEGIADO. COM RELAÇÃO AOS FORMANDOS PEDE-SE QUE ENTRE EM CONTATO COM O COLEGIADO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL.

VIII ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA E SAÚDE

Saúde e enfermidade em perspectivas plurais

DATAS: 21 e 22 de novembro de 2019

ONDE: Universidade Federal de Pelotas – UFPel.
Auditório do CEHUS (Centro de Pós-Graduação e Pesquisas em Ciências Humanas, Sociais, Sociais Aplicadas, Artes e Linguagens). Universidade Federal de Pelotas – UFPel. R. Cel. Alberto Rosa, 117. Centro. Pelotas – Rio Grande do Sul

INSCRIÇÕES:
https://gthistoriaesaude.wixsite.com/viiiencontroestadual

Ouvintes: até o 1º dia do evento, se houver vagas
Apresentadores de trabalhos: até **27 de outubro de 2019**
Valor da inscrição para ouvintes e apresentadores: R$ 30,00

POSSIBILIDADE DE PUBLICAÇÃO – Existe possibilidade de publicação futura de trabalhos apresentados no evento no formato e-book, condicionada ao número de participantes interessados.

INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS – Mesmo que o tema do Encontro seja “Saúde e Enfermidade em Perspectivas Plurais”, os trabalhos podem ter temas variados, desde que dialoguem com questões que envolvam história e saúde.

Realização: GT História e Saúde (Anpuh-RS), Programa de Pós-Graduação em História da UFPel; Programa de Pós-Graduação Memória Social e Patrimônio Cultural da UFPel
Apoio: Memória e Cultura – Unimed Federação/RS; Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul

MATRÍCULA ESPECIAL 2019/2

A matrícula especial será dias 13 e 14 de agosto e ofereceremos as disciplinas que sobrarem vagas, após a correção de matrícula. O requisito para solicitação é trazer a autorização do Colegiado do Curso assinado e carimbado.

HORÁRIO DO CURSO DE HISTÓRIA BACHARELADO E LICENCIATURA 2019/2

2019.2

Seminário História e Memória dos Movimentos Sociais Rurais e a Questão Agrária no Brasil Contemporâneo

Estão abertas as inscrições de trabalho/comunicação para o Seminário História e Memória dos Movimentos Sociais Rurais e a Questão Agrária no Brasil Contemporâneo, que se realizará na Universidade Federal de Pelotas entre os dias 17 e 19 de junho de 2019.
 
O evento – que tem por objetivo oportunizar espaços de reflexão e discussão acerca da questão agrária e dos movimentos sociais do campo no Brasil Contemporâneo – integra as atividades desenvolvidas no âmbito do Projeto de Pesquisa “Mobilizações e movimentos sociais agrários, repressão e resistências do pré-1964 à ditadura civil-militar: as trajetórias do MASTER no RS e das Ligas Camponesas em PE” (CAPES – Edital Memórias Brasileiras / Conflitos Sociais). 
 
As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do formulário disponível no seguinte:
As propostas de apresentação de trabalhos/comunicações devem ser enviadas impreterivelmente até o dia 10/06/2019.
 
A Programação Geral do evento segue abaixo e também está disponível na página no facebook:

PROGRAMAÇÃO

17 de junho / Segunda-feira

Noite (19h – 22h)

– Abertura do Evento / Atividade Cultural

– Mesa de Abertura: Mobilizações e movimentos sociais agrários: horizontes de pesquisa e reflexões sobre o tempo presente

Palestrantes: Profa. Dra. Leonilde Servolo de Medeiros (UFRRJ) e Prof. Dr. Sérgio Sauer (UNB)

18 de junho / Terça-feira

Manhã (8h30min – 12h) – Sessão de Comunicações de Trabalhos

Tarde (14h – 18h) – Mini-Curso: Redes do campesinato negro do Rio Grande do Sul: fé, terras, parentelas e solidariedades

Ministrante: Claudia Daiane Garcia Molet (Dra. em História/UFRGS)

Noite (19h – 22h)

Mesa-Redonda: Memórias em movimento: histórias de resistência na luta pela terra

Convidados: Frei Sergio Görgen (Movimento dos Pequenos Agricultores) e Isaías Antônio Vedovatto (Liderança da Ocupação da Fazenda Annoni (1985) e dirigente do MST)

 

19 de junho / Quarta-feira

Manhã (8h30min – 12h) – Sessão de Comunicações de Trabalhos

Tarde (14h – 18h)

Oficina – Possibilidades de pesquisa sobre conflitos e movimentos sociais agrários no Brasil Contemporâneo (1960 – 1980): temas, problemas e fontes históricas

Ministrantes: Barbara de La Rosa Elia (Graduanda em História / UFPel)

Darlan de Farias Rodrigues (Mestrando – PPGH/UFPel)

Noite (19h – 22h)

Mesa de Encerramento: As lutas pela terra no pré-1964: novas perspectivas de pesquisa sobre as Ligas Camponesas e o Movimento dos Agricultores Sem Terra do Rio Grande do Sul

 

Profa. Dra. Regina Coelly Fernandes Saraiva (UNB)

Prof. Dr. Pablo Francisco de Andrade Porfírio (UFPE)

Profa. Dra. Alessandra Gasparotto (UFPel)

Tiago Perinazzo Cassol (Mestrando – PPGH/UFPel)

Ciclo de Conferências com a Profa. Ema Zaffaroni (UDELAR/Instituto de Professores “Artigas” – Montevidéu)

Esta atividade faz parte do encerramento do Mini-Curso DITADURAS DO CONE SUL-AMERICANO, POLÍTICAS PÚBLICAS DE MEMÓRIA E SUAS POSSIBILIDADES EM SALA DE AULA a cargo da Prof. Dra. Ana Ma. Sosa

Edital 07/2019 – Reopção, Reingresso, Transferência e Portador de Diploma

A Coordenação de Registros Acadêmicos torna público o Edital nº 07/2019 que rege o processo seletivo para ingresso nas modalidades de Transferência, Reopção, Reingresso e Portador de Diploma de Curso Superior.

Confira o edital na integra no link:

https://wp.ufpel.edu.br/cra/files/2019/04/SEI_23110.013548_2019_96-1.pdf

 

Aproveitamento de Disciplinas

O aproveitamento de disciplinas será de 22/04 a 26/04.

É necessário o preenchimento do formulário em anexo para cada disciplina que se queira aproveitar.

O formulário deverá ser assinado, escaneado e enviado para o e-mail do Colegiado (hist.ufpel@gmail.com) junto com o Histórico.

Aproveitamento_de disciplinas

Formatura Institucional

ATENÇÃO: SAIU O EDITAL!!

Os prováveis formandos podem buscar Atestado diretamente  no Colegiado, ou solicitar por e-mail: hist.ufpel@gmail.com

http://ccs2.ufpel.edu.br/wp/2019/04/12/publicado-o-edital-da-formatura-institucional-2019-1/?fbclid=IwAR0Rx5QLMDi-mfbwmcDV4BJm3wQXDR59ILdsvKut1z76PsiLE2FR6NNob00

EXPOSIÇÃO – Museu do Doce ICH / UFPel

“A tradição dos Doces Coloniais em Pelotas”
Venha visitar a exposição no Museu do Doce, em Pelotas, produzida a partir da cooperação de um conjunto de museus com acervos relacionados à imigração e à vida na região colonial da Serra dos Tapes.
Os chamados “doces coloniais”, também conhecidos como “doces de tacho”, “doces de safra”, “doces de estação”, compõem uma das duas grandes tradições doceiras da região de Pelotas, reconhecidas em 2018 pelo IPHAN como PATRIMÔNIO IMATERIAL DA NAÇÃO BRASILEIRA.
Trata-se de uma doçaria diversificadas, que vai das passas e cristalizados, aos chamados doces em -ada (goiabada, pessegada, etc.), aos doces em conserva (manufaturados ou industrializados), à Schimier, biscoitos amanteigados e cucas.
Pedimos apoio na divulgação entre seus contatos.