Início do conteúdo

Interligação dos campi da UFPel mais próxima com a Rede Comep

02-Slide-Ação_Rede-Comep-FLAT

rede1A cidade de Pelotas está cada vez mais próxima de ter em funcionamento a primeira rede metropolitana de alta velocidade do interior do Estado,passando a fazer parte de um grupo de cidades beneficiadas com o projeto que busca promover a expansão da comunicação e colaboração das instituições de pesquisa e educação superior no país. Será protocolado junto à Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) o projeto executivo da estrutura, um dos últimos passos para a materialização da Rede Metropolitana de Pelotas (RECOP).

O projeto prevê a construção de um anel de fibra óptica interligando as dependências de cinco instituições: a Universidade Federal de Pelotas, a Universidade Católica de Pelotas, o Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, a Embrapa Clima Temperado e a Prefeitura Municipal. A implantação deste projeto trará significativa melhoria na infraestrutura de comunicação de dados das instituições participantes.

A Rede RECOP faz parte de um projeto maior, as Redes Comunitárias de Educação e Pesquisa (Rede Comep), de iniciativa da Rede Nacional de Pesquisa (RNP) do Ministério de Ciência e Tecnologia, e permite que regiões metropolitanas do país, que possuam instituições de ensino e pesquisa, possam instalar redes voltadas para integração, de forma a facilitar uma comunicação de dados dedicada, através de redes de fibra óptica.

No caso da rede pelotense, a previsão é que a extensão desses cabos chegue a quase 50 quilômetros, formando um anel central que interligará, através de fibra óptica, as diversas edificações pertencentes às instituições ligadas ao projeto, localizadas na região urbana da cidade. Desta estrutura, sairão dois braços, que chegarão ao Campus Capão do Leão e à sede da Embrapa, no distrito de Monte Bonito.

Diversos serviços e aplicações serão favorecidos pela alta velocidade na transmissão de dados, voz e imagem, como por exemplo, os relacionados com educação a distância, telemedicina, telefonia IP e computação de alto desempenho.

2013-07-22-14.36.05Realização de uma antiga demanda
No caso da UFPel, a instalação da rede proporcionará a realização de um projeto de grande necessidade, mas que encontrava muitas dificuldades em sua realização: a ligação em rede dos prédios das unidades espalhados pela cidade e no município vizinho do Capão do Leão. A unificação levará a uma melhoria na qualidade do acesso aos serviços de Internet e de Intranet, com qualidade e estabilidade.

Outro importante benefício para a instituição é a potencial redução nos gastos com telefonia e internet por meio da interligação da estrutura física da Universidade. Isso se deverá à adesão da universidade a outro projeto de iniciativa da RNP, o Veredas Novas, que prevê a ampliação da ligação da internet para as instituições de ensino e pesquisa selecionadas: a UFPel foi contemplada com a ampliação da velocidade de 100 Mbps para 1Gbps em sua banda de acesso. A meta é que essa ampliação ocorra ainda em abril.

Histórico e realizações futuras
A concretização da rede comunitária de Pelotas foi iniciada em 2008, quando iniciaram as tratativas para a implantação. Reunidas em um Comitê Gestor, as instituições envolvidas foram desde então lideradas pela UFPel.

Em março de 2013, para dar prosseguimento ao projeto, a CEEE exigiu alterações no documento anteriormente firmado. O reitor Mauro Del Pino, entendendo a importância da rede para a Universidade e a fim de moldar-se às exigências da CEEE, pede a reformulação do projeto para, em seguida, assinar o convênio definitivo.

A partir de então, foram elaborados os projetos técnico e executivo da rede. Este último deverá ser protocolado junto à CEEE ainda este mês, onde deverá obter o aceite da Companhia, já que, para estruturar a RECOP, será necessária a utilização dos postes da empresa.

Após a sua aprovação, as obras de instalação poderão ser iniciadas. Ambos os prazos são de 90 dias, o de aprovação e o de conclusão da obra. A empresa que realizará a obra já foi licitada e os materiais já foram adquiridos.

Estamos reconstruindo a UFPel! Clique aqui e veja as ações de infraestrutura que estão transformando a nossa Universidade.

Publicado em 14/03/2014, em Destaque, Notícias, Redes.