Disciplinas

O Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da UFPel entende que todas as linhas de pesquisa integram umas as outras através de teorias, discussões e métodos. Portanto, as disciplinas oferecidas no PROGRAU não estão relacionadas a uma determinada linha, mas sim ao conjunto integrado de conhecimentos oferecidos pelo Programa. Cabe ao mestrando, em função do tema de sua dissertação, das teorias e dos métodos envolvidos nessa, com o suporte do seu orientador, montar uma estrutura de disciplinas relevantes ao desenvolvimento de sua pesquisa. Além das disciplinas oferecidas no Programa, o mestrando poderá, desde que com a aprovação do seu orientador, cursar disciplinas em outros cursos de mestrado e, após a conclusão e aprovação nessas, requer ao Colegiado do PROGRAU aproveitamento de créditos. Clique nas disciplinas abaixo para maiores informações.

São elas:

Análise Dirigida a Percepção Ambiental
2 Créditos

Professor(a): Adriana Portella (adrianaportella@yahoo.com.br)

Ementa: Estudo e análise de montagem de questionários e entrevistas; estudo de testes estatísticos não-paramétricos aplicados à pesquisas na linha da Percepção Ambiental; introdução ao software SPSS (Statistical Package for the Social Sciences) para análise quantitativa; e noções gerais de análise qualitativa através do software NVIVO.

Avaliação Pós-Ocupação: As Relações Usuário Meio Ambiente

3 Créditos

Professor(a): Nirce Medvedovski (nirce.sul@terra.com.br)

Ementa: Introdução às Relações Ambiente-Comportamento, necessidades, expectativas e satisfação do usuário; conceituação de qualidade e desempenho do ambiente construído. Avaliação pós ocupação. Avaliação dos especialistas x avaliação dos usuários. Métodos e técnicas: abordagem interdisciplinar, qualitativa e quantitativa. A realimentação do projeto através da avaliação pós ocupação. Diretrizes para futuros projetos e indicadores para a gestão da qualidade de ambientes construídos (uso, operação e a manutenção). Estudos de casos exemplares de falta de qualidade no ambiente construído com ênfase na habitação de interesse social. Responsabilidade do poder público e a defesa do consumidor, responsabilidade profissional.

Ciclo de Palestras na Área de Arquitetura e Urbanismo

1 Crédito

Professor(a): Eduardo Rocha (amigodudu@yahoo.com.br)

Ementa: Este ciclo de palestras é composto por eventos individuais relacionados as áreas de pesquisa do Programa.

Cidade e Contemporaneidade

3 Créditos

Professor(a): Eduardo Rocha (amigodudu@yahoo.com.br)

Ementa: Fundamentos sobre a cidade na contemporaneidade. Conceitos da filosofia da diferença e a contemporaneidade. Experimentações da arte na contemporaneidade. Filosofia, arte, cidade e contemporaneidade. Cartografias e metodologias para a apreensão das manifestações da contemporaneidade na cidade.

Cor, Imagem e Cidade

3 Créditos

Professor(a): Natalia Naoumova (naoumova@gmail.com)

Ementa:  A disciplina aborda questões estéticas no processo de percepção visual do ambiente urbano e análise dos fatores relacionados com a policromia das edificações de diferentes estilos que afetam a imagem estética de centros históricos. Observa-se, a cor inserida no contexto cultural e ambiental. Os temas abordados visam aprofundar os estudos teóricos sobre a cor nos assuntos relacionados a patrimônio histórico, composição plástica e percepção ambiental.

Eficiência Energética na Arquitetura

3 Créditos

Professor(a): Antônio Cesar Silveira Baptista da Silva (acsbs@ufpel.edu.br)

Ementa: Estudo das principais variáveis arquitetônicas envolvidas no processo de adequação do ambiente construído ao clima e às necessidades de conforto do ser humano, enfatizando os sistemas naturais de obtenção de conforto e sua integração com os sistemas artificiais de climatização e de iluminação. Estudo e análise das variáveis determinantes do desempenho energético da edificação.

Estágio Docente

OBRIGATÓRIO para bolsistas CAPES

Ementa:  É uma atividade curricular para estudantes de Pós-Graduação stricto sensu que se apresenta como disciplina obrigatória para bolsistas CAPES e optativa para os demais estudantes. Os alunos de cursos de Mestrado poderão totalizar até 3 (três) créditos nesta disciplina, seguindo a seguinte orientação: 3 (três) créditos quando o aluno participar do equivalente a 100% da carga horária da disciplina; 2 (dois) créditos quando o aluno ministrar seminário, estudo piloto de sua pesquisa e/ou participar do equivalente a 50% da carga horária da disciplina; 1 (um) crédito quando o aluno organizar e promover um evento acadêmico, tais como uma exposição ou uma palestra. O estágio docente tem que ser autorizado e supervisionado pelo orientador do mestrando.

Gestão do Processo de Projeto

3 Créditos

Professor(a): Fábio Schramm (fabioks@ufpel.edu.br)

Ementa: A natureza do projeto, problemas e soluções. O projeto como um processo gerencial. O processo de desenvolvimento de produto. A gestão do processo de projeto. Impacto da tecnologia da informação na gestão do processo de projeto.

História da Arquitetura e da Cidade No Brasil

3 Créditos

Professor(a): Ester Judite Bendjouya Gutierrez (esterjbgutierrez@hotmail.com)

Ementa: História da arquitetura e da cidade no Brasil e no Rio Grande do Sul, na Colônia, no Império e na República Velha.

Iluminação Natural na Arquitetura

3 Créditos

Professor(a): Celina Britto Correa (celinab.sul@terra.com.br)

Ementa: Importância, princípios e conceitos da luz natural na Arquitetura. Luz natural e eficiência energética. Dispositivos arquitetônicos para a iluminação natural nas edificações. Modelos preditivos de disponibilidade de luz natural. Método experimental da iluminação natural através de modelos reduzidos.

Leituras Dirigidas em Patrimônio Cultural Urbano e em Teoria da Arquitetura e Urbanismo

2 Créditos

Professor(a): Sylvio Dick Jantzen (mundodick@gmail.com)

Ementa: Arquitetura e urbanismo. Leituras sobre tópicos especiais, história e teorias de arte e suas relações com as teorias da arquitetura e do urbanismo; problemas de abordagem do patrimônio cultural na suas dimensões arquitetônicas e urbanísticas (teoria mais aplicada); as modificações nas teorias da arquitetura na Modernidade, os paradigmas projectuais e os dilemas da contemporaneidade, abrangendo a arquitetura e o urbanismo na cultura de massas. Teorias críticas e abordagens da arquitetura e urbanismo após a década de sessenta do século XX. As dimensões éticas e estéticas da arquitetura e urbanismo e suas implicações epistemológicas.

Percepção e Análise do Espaço Urbano

2 Créditos

Professor(a): Adriana Portella (adrianaportella@yahoo.com.br)

Ementa:  Fornecer ao aluno base teórico-científica para os seguintes estudos – (i) investigação das relações entre usuários e o ambiente construído, envolvendo os processos de percepção e cognição ambiental como instrumentos de planejamento e construção do espaço urbano; (ii) análise do efeito de características físico-espaciais definidoras da estética e qualidade urbana, níveis de territorialidade, segurança, legibilidade e acessibilidade sobre as atitudes e comportamentos dos indivíduos; e (iii) desenvolvimento de análises empíricas e avaliações de desempenho através de métodos de avaliação pós-ocupação e métodos de descrição e análise espacial.

Pesquisa e Produção do Conhecimento em Arquitetura e Urbanismo

2  Créditos (OBRIGATÓRIA)

Professor(a): Sylvio Dick Jantzen (mundodick@gmail.com)

Ementa: Arquitetura e urbanismo, produção de conhecimento e problemas de pesquisa. As dimensões éticas e estéticas da arquitetura e urbanismo e suas implicações epistemológicas. Formas de conhecimento, análise, interpretação e divulgação da produção do conhecimento na arquitetura e urbanismo. Apresentações normalizadas na área de arquitetura e urbanismo, redação técnica e representações de espaço e objeto.

Processos Projetuais

3 Créditos

Professor(a): Laura Lopes Cezar (arqcezar@hotmail.com)

Ementa: A disciplina tem como objetivo a reflexão dos processos criativos em arquitetura pelo estudo de arquitetos paradigmáticos através da análise de projetos. A disciplina inclui também a realização de exercícios projetuais que visam a experimentação de processos de caráter inovador, bem como a incorporação de outras expressões artísticas dentro do campo disciplinar da arquitetura. A disciplina busca trabalhar não só as capacidades ideativas, mas também o desenvolvimento de procedimentos gráficos que estimulem e facilitem a materialização das idéias projetuais de uma forma efetiva, por meio de croquis e fotocomposições.

Representação Gráfica Digital para Arquitetura

4 Créditos

Professor(a): Adriane Borda Almeida (adribord@hotmail.com)

Ementa: Representação Gráfica Digital aplicada à Arquitetura: história e tecnologias. Sistemas de visualização. Representação da forma: poliédrica, quádrica, paramétrica e fractal. Representação da aparência: materiais, fontes de luz e modelos de transporte de luz.

Sustentabilidade do Ambiente Construído

2 Créditos

Professor(a): Rosilaine Andre Isoldi (rosi.isoldi@gmail.com)

Ementa: Conceitos e métodos de projetos arquitetônicos e urbanísticos associados ao conceito de sustentabilidade. Dimensões e princípios da sustentabilidade. Estudos e experiências de sustentabilidade no ambiente construído. O ambiente construído e a tecnologia sustentável.

Teoria, História e Crítica da Arquitetura I

4 Créditos

Professor(a): Célia Castro Gonsales (celia.gonsales@gmail.com)

Ementa: Nascimento da reflexão moderna sobre a arquitetura no final do século XVII e durante o século XVIII. Debate teórico seguido no século XIX e início do século XX. Formação das abordagens teóricas básicas da arquitetura e do urbanismo moderno. A historiografia operativa do Movimento Moderno. A realidade brasileira. A questão do patrimônio no contexto da arquitetura e da cidade modernas. A teoria e o exercício projetual.

Teoria, História e Critica da Arquitetura II

2 Créditos

Professor(a): Célia Castro Gonsales (celia.gonsales@gmail.com)

Ementa: Gênese e consolidação da arquitetura moderna. A condição pos-moderna na arquitetura. Abordagens teóricas da arquitetura contemporânea. Analise da arquitetura moderna e contemporânea e suas relações com outras disciplinas criativas. A teoria e o exercício projetual.

Simulação Computacional de Eficiência Energética

4 Créditos

Professor(a): Eduardo Grala da Cunha (eduardogralacunha@yahoo.com.br)

Ementa: Tecnologia e adequação ambiental. Aspectos estéticos da tecnologia no ambiente construído. A estética da arquitetura bioclimática. Adequação de estratégias bioclimáticas e o clima local. Projeto de soluções climatização passiva. Estudo do desempenho energético de estratégias de climatização passiva. Simulação computacional. Análise econômica da implantação de soluções.

Oficina de Modelagem Urbana 2

3 Créditos

Professor(a): Maurício Couto Polidori (mauricio.polidori@gmail.com)

Ementa: Conhecer fundamentos e recursos de modelagem urbana com base em autômato celular e grafos, realizar experimentos práticos com modelos urbanos; estudar e discutir casos de teoria e prática de modelagem.

Estudos Urbanos

3 Créditos

Professor(a): Ana Paula Neto de Faria (anapajuli@yahoo.com.br)

Ementa: As diferentes abordagens sobre a questão urbana. As óticas da geografia, economia e sociologia. As questões ambientais. Abordagens morfológicas e configuracionais. Os estudos da cognição ambiental urbana. Modelagem urbana.

Métodos e Conceitos no Ensino de História da Arquitetura

2 Créditos

Professor(a): Gabriel Dorfman (dorsten@unb.br)

Ementa: Análise dos métodos, conceitos, objetivos e meios disponíveis ao ensino da história da arquitetura. Contribuir à formação de docentes da história da arquitetura, oferecendo-lhes uma oportunidade para refletir sobre os diversos aspectos metodológicos e conceituais da atividade de ensino neste campo do conhecimento. Conteúdos: A história da arquitetura na formação do arquiteto no contexto brasileiro atual. História e historiografia. Historicismo e historismo. O tempo na narrativa histórica: sincronia x diacronia. Descrição, análise e interpretação das obras. História da arquitetura e o contexto atual. Problemas específicos da historiografia da arquitetura corrente e seu significado para o ensino de história da arquitetura.

Análise Espacial Urbana

4 Créditos

Professor(a): Ana Paula Neto de Faria (anapajuli@yahoo.com.br)

Ementa: Redes e sistemas. Simulações urbanas e suas interpretações. Métodos e técnicas de análise e interpretação dos dados oriundos de modelagem urbana e suas simulações computacionais.

Introdução a Tecnologia da Conservação e do Restauro.

3 Créditos

Professor(a): Ariela da Silva Torres (arielatorres@gmail.com)

Ementa: Estudo dos materiais, técnicas construtivas e dos processos de degradação dos monumentos e edificações de valor artístico, cultural e histórico. Levantamento e caracterização de manifestações patológicas: umidade, fissuras e trincas, descolamentos de revestimentos. Métodos e técnicas de levantamento, diagnóstico e intervenção. Estudo de materiais e técnicas especiais usados nas obras de intervenções de restauros: pedras, madeiras, metal, argamassas de gesso, cal, cimento, mista, etc. Aplicação dos conceitos em um estudo de caso.

Das Formas Sociais as Formas Urbanas: um Percurso Crítico

3 Créditos

Professor(a): André Torres Carrasco (andre.o.t.carrasco@gmail.com)

Ementa: A partir da incorporação de um referencial teórico focado na crítica às formas sociais que determinam, de modo geral, os processos de produção e apropriação do espaço urbano nas cidades contemporâneas, investigar novas formas de interpretar o processo de projeto do espaço habitado a partir da formulação de estratégias projectuais urbanas para uma área especifica da região.

Edifícios Solares Fotovoltaicos

2 Créditos

Professor(a): Isabel Salamoni (isalamoni@gmail.com)

Ementa: Fundamentos sobre as fontes renováveis de energia, mecanismos de incentivo e panorama energético mundial. Sistemas fotovoltaicos interligados à rede elétrica: tecnologias, estratégias de integração com a edificação, dimensionamento do sistema, custo e legislações em vigor.

Políticas Públicas da Habitação numa perspectiva mais sustentável

2 Créditos

Professor(a): Lígia Maria Chiarelli (biloca.ufpel@gmail.com)

Ementa: As dimensões da sustentabilidade e dos desafios na produção do espaço construído. Sustentabilidade e participação do usuário. Relação entre as políticas públicas e a produção da moradia social. Políticas Públicas de Habitação no Brasil. Sustentabilidade na Arquitetura e Eco urbanismo. Apreciação de experiências mais sustentáveis.

Tópicos avançados em simulação computacional de eficiência energética

4 Créditos

Professor(a): Eduardo Grala da Cunha (eduardogralacunha@yahoo.com.br)

Ementa: Configurações avançadas do modelo; Modelagem do solo; Modelagem do ático; Cálculo de demanda e consumo; Modelagem de ventilação natural; Climatização artificial de ambiente; Análise de resultados.

O Processo de Projeto do Habitat Urbano

3 Créditos

Professor(a): André Torres Carrasco (andre.o.t.carrasco@gmail.com)

Ementa: Estudar as transformações nos modos de habitar na contemporaneidade. Projetar intervenções arquitetônicas e urbanas. Ler criticamente os projetos propostos e os revisados. Consolidar as propostas e os processos projetuais em representações gráficas. Avaliar as propostas no grupo em painéis, ressaltando suas potencialidades e fragilidades.

Teoria e Prática do Ensino de Projeto de Arquitetura e Urbanismo

2 Créditos

Professor(a): Paulo Afonso Rheingantz (parheingantz@gmail.com)

Ementa: A construção do conhecimento no atelier de projeto de arquitetura: Teoria e prática dos elementos que configuram o espaço de (re)construção do ensino numa perspectiva emancipatória e transformadora / Escola Crítica (Dermeval Saviani), Pedagogia da Autonomia (Paulo Freire) e Ensino de Projeto de Arquitetura / Trabalho docente, planejamento do ensino, formulação de objetivos e avaliação de aprendizagem numa perspectiva emancipatória e transformadora /  Métodos, técnicas e recursos de ensino: caracterização, formas de desenvolvimento e uso.

Cidade e Filosofia da Diferença

3 Créditos

Professor(a): Eduardo Rocha (amigodudu@yahoo.com.br)

Ementa: Relações fundamentais entre cidade, filosofia da diferença e contemporaneidade. Gênese da filosofia da diferença: Espinosa, Bergson e Nietzsche. Os filósofos da diferença: Gilles Deleuze, Felix Guattari, Jaques Derrida e Michel Foucault. Arquitetos e urbanistas intercessores entre filosofia da diferença e cidade. Conceitos emergentes na cidade agenciados com a filosofia da diferença: rizoma, território, nomadismo, ritornelo, espaço liso e estriado, acontecimento, encontro, dispositivo, hospitalidade, cartografia, errância, dobra, corpo sem órgãos, entre outros.

 A Tecnologia dos materiais de construção civil aplicada à arquitetura

3 Créditos

Professor(a): Ariela da Silva Torres (arielatorres@gmail.com)

Ementa: Apresentar as bases teóricas de algumas das principais técnicas de caracterização de materiais. Discutir a adequação de tais técnicas para o caso de materiais de Construção Civil, bem como as respectivas exigências experimentais relativas ao preparo de amostras para análise.

Manifestações Patológicas em Edificações

2 Créditos

Professor(a): Ariela da Silva Torres (arielatorres@gmail.com)

Ementa: Levantamento e caracterização de manifestações patológicas: umidade, fissuras e trincas, deslocamentos de revestimentos. Métodos e técnicas de levantamento, diagnóstico e intervenção. Aplicação dos conceitos em um estudo de caso.

Política de Preservação do Patrimônio Cultural no Brasil e Legislações de Proteção Nacional e Internacional

3 Créditos

Professor(a): Ana Lúcia Costa de Oliveira (lucostoli@gmail.com)

Ementa: Política de preservação cultural no Brasil com ênfase nos órgão nacionais e internacionais, legislações, documentos (cartas patrimoniais), programas e financiamento dos projetos culturais nacionais e internacionais.

Explor-Ações urbanas, errar no limiar

4 Créditos

Professor(a): Emanuela Di Felice (emanueladifelice@gmail.com)

Ementa: Explor-Ações urbanas é uma proposta de seminário para a pós-graduação em urbanismo contemporâneo e pretende observar,  romper, imaginar e interagir. Trata-se de uma re-apropriação da cidade como estratégia para investigar o território através da total imersão nele. Transpor as fronteiras psicogeograficas para reconstruir o mapa dos fragmentos urbanos. Observação e interacção directa entre realidades descontínuas, espaços outros, heterogeneidade de práticas e vivências da cidade para a formulação de um pensamento contemporâneo.

Educação, arte, filosofia: estudos sobre subjetividades contemporâneas

2 Créditos

Professor(a): Eduardo Rocha (amigodudu@yahoo.com.br)

Ementa: O que somos nós neste exato momento, pergunta Foucault. Em consonância com tal indagação, no limite e nos atravessamentos que se é capaz de produzir entre a educação, arte e filosofia, o Seminário de articulação visa reunir ferramentas teórico-conceituais e metodológicas para problematizar alguns desafios desta contemporaneidade no que tange ao viver em uma sociedade de controle. Por um lado, procura cercar diferentes questões relativas à subjetividade com textos de autores da filosofia da diferença (especialmente Gilles Deleuze e Félix Guattari) e práticas estéticas atuais. Na mesma direção, mas com ramificações, dedica-se ao estudo de investigações que realizam intervenções, tentando explicitar ações operativas da pesquisa acadêmica com o pensamento da diferença. Trata-se de conceder maior atenção aos movimentos de subjetivação para chegar mais perto e entender em que consistem as subjetividades contemporâneas, potencializando renovações de experimentações do presente.

A Casa Moderna e Contemporânea Brasileira

1 Crédito

Professor(a): Célia Castro Gonsales (celia.gonsales@gmail.com)

Ementa: Estudo analítico e comparativo da casa brasileira moderna e contemporânea, visando identificar a continuidade do legado moderno e/ou a busca da expressão de um caráter próprio. Análise de exemplares representativos, com ênfase na identificação de estratégias compostivas, buscando estabelecer bases para a crítica e a prática do projeto.

Iluminação na Arquitetura I

3 Créditos

Professor(a): Celina Britto Correa (celinab.sul@terra.com.br)

Ementa: Importância, princípios e conceitos da luz na Arquitetura. Estudo da luz nos seus aspectos físicos, psico-fisiológicos e comportamentais. Iluminação artificial. Projetos de iluminação.

Iluminação na Arquitetura II

3 Crédito

Professor(a): Celina Britto Correa (celinab.sul@terra.com.br)

Ementa: Luz natural na Arquitetura. Luz natural e eficiência energética. Dispositivos arquitetônicos para a iluminação natural das edificações. Modelos preditivos de disponibilidade de luz natural. Método experimental de iluminação natural através de modelos reduzidos e simulações computacionais.

Atelier nas frestas urbanas escala 1:1

2 Créditos

Professor(a): Emanuela Di Felice (emanueladifelice@gmail.com)

Ementa: Para refletir uma relação pessoal com o lugar, é necessária uma imersão direta de vivência no espaço de proposição. A proposta é uma ocasião para vivênciar à cidade de forma singular, experiencial. O ato de habitar o lugar se transforma em uma casa essencial, que possa acolher as atividades elementais, comer, dormir, socializar, estudar, etc… Como ponto de reflexão das necessidades do habitar, se convida o aluno a desenvolver um projeto executivo de um lugar-dispositivo nas fissuras urbanas.  Referimos-nos aquele que escapa, resiste, vive e sobrevive no cotidiano dessa outra urbanidade, através de táticas de resistência e apropriação do espaço urbano, de forma anônima (ou não) e dissensual. Enfrentando aquelas problemáticas praticas, de auto-construir o próprio-espaço, se abre a oportunidade de discussão das temáticas a diferentes escalas: urbana, arquitetônica, sociais, cívica. Um processo de elaboração de uma teoria da transgressão dos processos atualmente em ato na contemporaneidade, a de-construção da imagem da cidade, dos espaços residuais e das matérias.

Mobilidade Urbana e o Desenvolvimento Orientado ao Transporte Público.

2 Créditos

Professor(a): Maurício Couto Polidori (mauricio.polidori@gmail.com)

Ementa: A formação das cidades e a relação com as instalações de transporte. Os aspectos históricos e geopolíticos da introdução do automóvel como paradigma de projeto. A escala do automóvel e os agravos aos usuários vulneráveis no sistema de trânsito urbano. A segmentação das cidades, sua desumanização, e a mudança de paradigma para a reestruturação urbana por meio do transporte público de passageiros, mobilidade suave e o uso racional do solo.

Preservação de bens culturais: abordagens teóricas e metodológicas

2 Créditos

Professor(a): Ana Lúcia Costa de Oliveira (lucostoli@gmail.com)

Ementa: O campo disciplinar do restauro. A preservação de bens culturais. Abordagens teóricas e metodológicas da conservação e da restauração. Intervenções contemporâneas de restauro.

Análise e Representação de Superfícies Complexas da Arquitetura Contemporânea

4 Créditos

Professor(a): Adriane Borda Almeida (adribord@hotmail.com)

Ementa: A disciplina tem a proposta de desenvolver um estudo teórico e prático sobre a incidência de superfícies complexas na arquitetura contemporânea. Parte do reconhecimento dos seus atributos arquitetônicos e de seus processos de geração valendo-se da análise e da representação por meios digitais de projetos de referência. O estudo envolve o emprego de tecnologias de desenho paramétrico e fabricação digital. Promove a discussão sobre o emprego de superfícies complexas em processos projetuais de arquitetura nos últimos 20 anos e seus desdobramentos para o ensino de arquitetura.

Fundamentos para a docência de Representação Gráfica e Digital para arquitetura

2 Créditos

Professor(a): Adriane Borda Almeida (adribord@hotmail.com)

Ementa: Ementa: Estudo teórico e prático sobre o processo de ensino/aprendizagem de representação gráfica e digital. A partir de autores advindos da didática (Yves Chevallard), da psicologia (Jean Piaget), da comunicação (Vilém Flusser), da representação gráfica (Ching), de estudos sobre métodos digitais de projeto (Rivka Oxmann), da percepção (Evgen Bavcar), objetiva-se ainstrumentalização para a investigação sobre o processo formativo de desenho dirigido para a ação projetual de arquitetura.

Projeto com Técnicas Tradicionais

3 Créditos

Professor(a): Nirce Medvedovski (nirce.sul@terra.com.br)

Ementa: O objetivo básico do curso é desenvolver estratégias de projeto voltadas à utilização de técnicas construtivas tradicionais adaptadas às condições contemporâneas de produção da arquitetura. Pretende-se discutir as formas de projetar que são destrutivas e ineficientes do ponto de vista ambiental, ecológico e energético, buscando recuperar uma arquitetura natural, para a qual os componentes intangíveis, como vento, luz e energia solar e materiais naturais tornam-se arquitetura performante.

Translate »