Início do conteúdo

Aprendizagem: Circuito de Autorregulação para Aprender

A Faculdade de Educação em parceria com a PRAE está organizando para o segundo semestre deste ano o programa

Aprendizagem: Circuito de Autorregulação para Aprender

Aguarde o edital de inscrição!

Você poderá se inscrever em mais de uma oficina, conforme seu interesse e disponibilidade.

 

1- Nome da oficina – Ateliê (auto)formativo: os sentidos de estar na Universidade 

Nome do responsável – Júlia Guimarães Neves

Número de encontros – 4

Datas dos encontros  – 24/10; 31/10; 07/11; 14/11

Horário: das 13h às 17h

Ementa – Ao fazer parte do projeto de pesquisa intitulado: Dos significados à autorregulação: perspectivas de estudantes com trajetórias acadêmicas de insucesso, realizado junto a Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE/UFPel), o ateliê (auto)formativo: os sentidos de estar na Universidade se inscreve com a intenção de constituir-se espaço de reflexão, empreendido por estudantes de cursos de graduação da Universidade, em diálogo consigo e com os demais participantes, a fim de (re)construir e (re)significar os sentidos do Ensino Superior. Com este projeto, vislumbramos as possibilidades formativas do sujeito que se coloca em exercício reflexivo de pensar a sua trajetória enquanto estudante de graduação de um Universidade Pública, na produção dos sentidos a sua caminhada. 

Carga Horária – 20h (4h à distância)

MODALIDADES DE PARTICIPAÇÃO: Encontros Presenciais – Grupo fechado – 20 vagas

 

2- Nome da oficina: Oficinas de estratégias autorregulatórias para a resolução de problemas matemáticos contextualizados

Nome do responsável: Amanda Pranke

Número de encontros: 5

Datas dos encontros: 24/10; 31/10; 07/11; 14/11 e 21/11.

Horário: das 13:30h às 17:30h.

Ementa: O presente projeto objetiva construir um espaço de reflexão e aprendizagem de estratégias autorregulatórias para a resolução de problemas matemáticos contextualizados. Com este projeto, vislumbramos a possibilidade de superação das dificuldades encontradas pelos estudantes na disciplina de Cálculo, percebendo a aplicabilidade da Matemática e com isso aumentando a motivação para a conclusão do curso de graduação.

Carga Horária: 20

Modalidade de participação – grupo fechado – 25 alunos.

 

3- Nome da oficina: Autorregulaçãoemprol da Leitura e Escrita

Nome dos ministrantes: Rejane Flor Machado e Glediane Saldanha Goetzke da Rosa

Número de encontros: 5

Datas dos encontros: 04/10; 18/10; 25/10; 01/11; 08/11

Horário: das 8h30 às 12h

Ementa: Realização de atividades práticas em prol do desenvolvimento das habilidades da Leitura e da Escrita do estudante. Embasa-se o trabalho em diversas estratégias,ferramentas  e teorias voltadas para a autorregulação da leitura e da escrita.

Carga Horária: 30h (10h à distância)

Modalidade de participação – grupo fechado – 25 alunos.

 

4- Nome da oficina – Jogos reflexivos para aprender

Nome do responsável – Amanda de Almeida Schiavon e Thiago Pinto Moreira.

Número de encontros – 1

Datas dos encontros  – 24/10 ou 07/11 ou 21/11 ou 05/12

Horário: Das 8h às 12h

Ementa – O presente projeto propõe-se, tendo em vista que o indivíduo aprende nas interações com o outro, trabalhar com os jogos possibilitando a mediação necessária e promovendo uma troca entre os  estudantes, perpassando pelas três fases da autorregulação (antecipação, execução e autorreflexão). Busca-se, com este projeto, promover o exercício da reflexão na trajetória estudantil e na formação enquanto sujeito dentro e fora da Universidade.

Carga Horária Total – 4h

Modalidade de participação – Vagas (grupo aberto): 20

 

5- Nome da oficina – Estratégias de autorregulação da aprendizagem

Nome do responsável – Célia Artemisa Miranda e Amélia Rodrigues Nonticuri

Número de encontros – 1

Datas dos encontros  – 23/10 das 14:00 às 18:00 ou 26/10 das 8:30 às 12:00

Ementa – O objetivo desta oficina consiste em conhecer o ciclo da autorregulação da aprendizagem e as estratégias correspondentes a cada fase; conhecer as características do estudante autorregulado, elaboração do plano de estudos; o que é, como ocorre, como enfrentar o fenômeno da procrastinação do estudo acadêmico; técnicas que estimulem a atenção e concentração, bem como a gestão dos fatores internos e externos que causam a distração.

Carga Horária Total – 4h

Modalidade de participação – Vagas (grupo aberto): 20

 

6- Nome da oficina – Oficina Caixa de Pandora: Vamos falar das emoções?

Coordenadoras: Lisandra Osório e Simone Coelho

Sobre a oficina: A vida está constantemente nos transformando, produzindo em nós outros modos subjetivos de ser e estar no mundo. A vida na Universidade, as relações afetivas, as dificuldades que enfrentamos no dia-a-dia, vínculos e necessidades de inúmeras naturezas, desenham em nós linhas de fuga. Dessa forma, esta oficina visa desenvolver um diálogo sobre fatores de risco e de proteção que, envolvem a depressão e a ansiedade no ambiente acadêmico, com o objetivo de criar frestas de ar para pensarmos o bem viver.

Método: A oficina consiste em experimentações da arte, da filosofia e da ciência para a expressão de angústias, medos, mas também desejos e possibilidades de respirar aspectos que potencializem a VIDA.

Modalidade: dois encontros de 3 horas cada com grupo de 15 participantes.

Datas: 23/10 e 30/10 das 14:30 às 17:30

Serão disponibilizados certificados aos participantes com 75% de frequência. 

Coordenação:

FAE: Professora Dra. Lourdes Maria Bragagnolo Frison

PRAE: Assistente Social Amélia Rodrigues Nonticuri

 

Publicado em 18/09/2017, em Notícias.