Início do conteúdo

LEUR esteve no VI SEMPGEO

Nos dias 08, 09 e 10 de outubro os leurianos e leurianas marcaram presença no VI Seminário do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Pelotas. Estudantes (de graduação e pós-graduação) e professores dedicaram tempo e atenção às construções de trabalhos e discussões que envolveram a sexta edição do SEMPGeo.

Na tarde do primeiro dia de evento foi o momento de apresentação e discussões sobre o trabalho da leuriana Érica Insaurriaga Megiato, intitulado “Histórico dos processos de inundação no município de Pelotas no período de 1898 à 2015” sob a perspectiva da linha de Análise Ambiental do evento.

No segundo dia, o professor e leuriano, Tiaraju Salini Duarte esteve presente no CEHUS/UFPel para contribuir às pesquisas dos estudantes da linha de Ensino de Geografia que encaminharam seus trabalhos ao evento.

No terceiro e último dia do SEMPGeo, também durante o turno da tarde, os leurianos e leurianas da pós-graduação e da graduação em Geografia apresentaram, na linha de Análise Territorial, seus projetos de trabalho e suas considerações sobre as mais diversas temáticas que hoje são abordadas no espaço do LEUR.

A rodada de discussões que iniciou às 14h no CEHUS/UFPel teve ainda nos primeiros horários a apresentação da leuriana Nathália Bonow com o trabalho intitulado “O processo de emancipação político-administrativo do município de Arroio do Padre/RS”, em seguida, às 14h45min, Andressa Amaral dos Santos contemplou as perspectivas geográficas com seu escrito intitulado “Os territórios das mulheres nos romances Quarto de despejo e O Quinze: diálogos entre Geografia e Literatura”. Éverson Gabriel Mesquita da Martha deu continuidade de apresentações leurianas com o trabalho “Neoliberalismo e Globalização no futebol: uma análise desses novos modelos atrelados a esse esporte no Brasil”. Já Adriel Costa da Silva trouxe à discussão a pesquisa “Território e Identidade na região administrativa do São Gonçalo, Pelotas, RS”, seguido da também leuriana Marceli Teixeira dos Santos com o trabalho “(In)Visibilidade das religiões de matrizes africanistas em Pelotas/RS: considerações iniciais de Pesquisa”, que encerrou o bloco de apresentações dos atuais pós-graduandos do PPGeo/UFPel. A banca de avaliadores, neste dia, foi composta pelo coordenador do Laboratório de Estudos Urbanos e Regionais, professor Sidney Gonçalves Vieira e, pelo também leuriano e professor vinculado ao DeGeo, Robinson Pinheiro.

Durante o segundo bloco de apresentações, na mesma tarde, os leurianos graduandos em Geografia apresentaram aos avaliadores suas pesquisas e puderam ouvir os questionamentos e considerações do público presente no evento. Leonardo Kegles iniciou com o trabalho intitulado “Fronteiras discursivas na obra de Harry Potter e a Pedra Filosofal: a construção de fronteiras discursivas a partir do discurso totalitário”. O leuriano William Martins Lourenço deu segmento com sua pesquisa “O circuito espacial de produção e o círculo de cooperação no espaço: uma proposta metodológica para analisar a produção cervejeira”, e, foi encerrado o bloco de apresentações leurianas com o trabalho “A desindustrialização do município de Pelotas/RS: um estudo sobre os deslocamentos industriais no fim do século XX” de Eduardo Schumann.

Em breve todos os trabalhos mencionados estarão disponíveis ao acesso da comunidade nos Anais do VI SEMPGeo.

Importante salientar que em grande parte a construção de avaliadores de trabalhos do VI SEMPGeo teve atuação de leurianos e leurianas, a professora vinculada ao DeGeo Giovana Mendes de Oliveira também fez parte desse processo, contribuindo à constituição do evento.  Além disso, reiteramos a importância da parceria entre o SEMPGeo e o LEUR, fortalecendo a atuação e o desenvolvimento das pesquisas realizadas pelos/pelas estudantes dos cursos de graduação e pós-graduação em Geografia.

Avante, SEMPGeo.

Abaixo seguem alguns dos registros feitos durante o VI Seminário do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFPel.

Publicado em 12/10/2019, em Notícias.