Início do conteúdo

Visitação guiada ao interior do Castelo Simões Lopes

      

Semana passada, na segunda-feira 19/11, a turma de Teoria e História III – Arquitetura e Urbanismo Ecléticos e Pré-industriais, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, da UFPel realizou visitação guiada ao interior do Castelo Simões Lopes. Acompanhados da professora Luana Pavan Detoni, os alunos foram mediados pelo arquiteto e urbanista Guilherme Pinto de Almeida, que compartilhou as informações levantadas na pesquisa histórica e iconográfica de subsídio ao projeto de restauração arquitetônica, trabalho realizado junto ao escritório Perene Patrimônio Cultural.

Em dezembro de 2016, a Prefeitura Municipal de Pelotas, proprietária do imóvel, estabeleceu, através de Edital Público, uma parceria público-privada para Uso Criativo do Castelo, por 15 anos (renováveis por mais 15). O Instituto Eckart – entidade sem fins lucrativos com sede em Porto Alegre voltada para o Desenvolvimento Humano e Organizacional – habilitou-se como permissionário. Desde então vem realizando sua gestão e buscando viabilizar sua restauração arquitetônica e paisagística, contando, para tal, com o apoio técnico da empresa Surya Projetos – também sediada na capital gaúcha – para a captação de recursos.

O projeto de restauração arquitetônico e paisagístico e a responsabilidade pela execução da obra estão a cargo de uma equipe multidisciplinar, sob a coordenação do escritório pelotense Perene Patrimônio Cultural, da arquiteta e urbanista Simone Neutzling. Simone é formada na FAUrb- UFPel (1993-1998), mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural pela mesma universidade, com larga e reconhecida atuação em patrimônio cultural edificado no Rio Grande do Sul.

A proposta de intervenção tem como conceito principal o caráter conservativo, respeitando os valores culturais da edificação, procurando causar o mínimo de interferência na autenticidade estética e histórica, tanto dos materiais como dos processos construtivos; bem como da espacialidade e distribuição dos ambientes internos.

Atualmente está sendo executada uma etapa inicial do projeto de restauração, que contempla a garagem, um banheiro, o muro perimetral e instalações elétrica e de segurança. Desta forma, torna-se possível melhor desenvolver ações com finalidade agregativas para a comunidade e visitantes, procurando viabilizar autossustentabilidade deste patrimônio. Tais ações visam a integração com a comunidade e consistem no uso criativo das áreas externas com feiras de artes, artesanato, antiguidades, feiras de produtos de pequenos produtores da agricultura familiar, entre outras. Está em andamento também a captação de recursos para a restauração do jardim histórico do castelo, etapa subseqüente.

O Castelo Simões Lopes convida todos para a próxima edição do Domingo no Castelo, evento aberto à comunidade, a ser realizado no domingo dia 09 de dezembro.

 

Publicado em 26/11/2018, em Notícias.