Início do conteúdo
    Notícias
  • Relatório Preliminar do Edital nº 14/2018 Lista de Espera – Segunda Convocação COTAS ÉTNICO-RACIAIS

    O Núcleo de Ações Afirmativas e Diversidade divulga o Relatório Preliminar do Processo Seletivo SISU 2018/02- Lista de Espera- Segunda Convocação

    Se o seu nome consta no Relatório Preliminar do SISU 2018/2 como INDEFERIDO e você pretende entrar com Recurso, siga as diretrizes indicadas abaixo:

    Em caso de indeferimento o candidato(a) poderá apresentar recurso por escrito e encaminhá-lo à Comissão de Controle na Identificação do Componente Étnico-racial – CCICE – no prazo de até 72 horas, contadas a partir da divulgação do Relatório Preliminar (considerando-se apenas os dias úteis).

    O recurso poderá ser entregue pessoalmente no Núcleo de Ações Afirmativas e Diversidade – NUAAD ou enviado por SEDEX – com postagem até a data limite, de preferência contendo texto e fotografias atuais do candidato, de acordo com a Portaria Normativa Nº 4, de 6 de abril de 2018.  Ao final da análise dos Recursos será publicado o Relatório Definitivo nas páginas do SISU, CID e NUAAD.

    ATENÇÃO: O NUAAD NÃO RECEBERÁ RECURSOS VIA E-MAIL

    O NUAAD localiza-se à Rua Almirante Barroso 1734, sala 1,  CEP: 96010-280 Pelotas – Horário de Atendimento: entre 14h00min e 18h00min – Fone: (53)3284-4306 

    Outras informações:   e-mail – naaf.cid.ufpel@gmail.com

    relatório_parecer_cotas_Preliminar 2A CONVOCAÇÃO

  • COMUNICADO

    O Núcleo de Ações Afirmativas e Diversidade (NUAAD) informa que as entrevistas com a CCICE (Comissão de Controle e Identificação do Componente Étnico-Racial) modalidades L2, L6, L10 e L14 das matrículas para a Lista de Espera SISU 2018/2 e PAVE 2018/2 – Lista de Espera – 1ªconvocação, 2ª Convocação e 3ª Convocação serão realizadas nos dias 12 e 13 de julho, das 14 às 18 horas, de forma presencial, no prédio do Núcleo, localizado à Rua Almirante Barroso, 1734, sala 7.

  • Oficina de Promoção da Igualdade Racial e Enfrentamento ao Racismo

     

    Comissão Especial que analisa a veracidade do componente étnico-racial dos candidatos que se autodeclaram negros nos processos seletivos ou em concursos públicos para provimentos de cargos na Universidade Federal de Pelotas, em conjunto com a Coordenação de Inclusão e Diversidade promoveu na última sexta-feira, dia 18 de maio, oficina denominada “Promoção da Igualdade Racial e Enfrentamento ao Racismo, em um contexto étnico-racial e inclusivo”. O evento, que foi realizado no Auditório II do Centro de Artes, contou com a participação 66 (sessenta e seis), dos 90 (noventa) inscritos. Na ocasião estiveram presentes representações de segmentos variados, tais como: Movimentos Sociais Negros; Instituições locais e regionais, como IFSul, FURG, UNIPAMPA, Prefeitura; Representações de Comunidades Indígenas e Quilombolas, os quais enalteceram a iniciativa com suas falas aguerridas.

    Na oportunidade realizou-se uma reflexão acerca dos importantes temas trazidos pelos palestrantes, informando ao público  sobre o histórico da discussão racial no Brasil, a necessidade das ações afirmativas – AA, com enfoque especial na Universidade, e o papel desempenhado pelas comissões de heteroidentificação, responsáveis pela verificação complementar da autodeclaração étnico-racial prestada pelos candidatos a alunos e servidores que pretendem ocupar vagas destinadas ao acesso afirmativo na UFPel.

    Segundo destacaram as técnica-administrativas responsáveis pela organização, Adriana Gomes e Mara Beatriz Gomes, inicialmente a oficina foi pensada, em caráter de urgência, para atender à formalidade de capacitação dos membros das comissões de heteroidentificação trazida pela Portaria Normativa MPOG 04/2018, bem como para renovar e ampliar seus quadros, de modo que todos os responsáveis estejam compromissados e coesos em garantir o acesso efetivamente aos sujeitos dessa política. Porém, diante da relevância e diversidade do eixo temático relativo às AA’s, e especialmente pela demanda do público que se fez presente, a discussão continuará no decorrer do ano, através de novos encontros, dentro da estrutura de um projeto de extensão que visa fortalecer no ambiente universitário a cultura, identidade e a autoestima desses grupos étnico-raciais que ainda são discriminados nos espaços institucionais.

  • RESULTADO DA SELEÇÃO DE BOLSISTAS BOLSAS DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL – EDITAL PROPLAN Nº 1/2018

    COORDENAÇÃO DE INCLUSÃO E DIVERSIDADE – CID

    Bolsista: Karen Bilhalva Furtado – Engenharia Civil

    Suplente: Jenifer Vendrusculo – Ciências Sociais

     

    NÚCLEO DE GÊNERO – NUGEN

    Bolsistas: Aline Ramos – Psicologia

                  Valkíria Vieira – Design Gráfico

    Não houve suplentes.

     As candidatas selecionadas para as vagas da CID e do NUGEN deverão comparecer à Rua Almirante Barroso, 1202/110 – Campus II, na sexta-feira, dia 04/05, das 9h às 14h, apresentando cópia do CPF e cópia do comprovante de conta corrente (somente conta-corrente do próprio aluno – não pode ser conta de terceiros, conjunta ou conta poupança).

     

  • Agendamento de Entrevistas Edital PROPLAN nº 01/2018

    Informamos aos candidatos a Bolsa de Desenvolvimento Institucional – Edital PROPLAN nº 01/2018 ocorrerão dia 26/04/2018, no turno da tarde, conforme horários abaixo:

    Horário                  Nome
    13:30 Alice Pereira Lourenson
    13:45 Ana Hellen Quinteiros
    14:00 Dora Elisa Duarte da Rocha
    14:15 Erivelton de Lima da Cruz
    14:30 Felipi dos Santos Corrêa
    14:45 Francine Santos Fontoura
    15:00 Gabriel Zardo de Oliveira
    15:15 Jenifer Vendrusculo
    15:30 Joice Soares Rodrigues
    15:45 Julia Born Pureza
    16:15 Karen Bilhalva Furtado
    16:30 Letiele Gomes Domingues
    16:45 Lorena Freitas Moreyra
    17:00 Luana Durante Oliveira
    17:15 Luís Gustavo de Pinho Amaral
    17:30 Milena Elensina Fagundes de Assunção
    17:45 Nathalia Farias Borges
    18:00 Sérgio Augusto Esteves da Ávila Júnior
    18:15 Sinara Veiga Faustino
    18:30 Valéria Skupien Bianchini

     

  • Processo Seletivo de Ingresso na Graduação para Indígenas e Quilombolas

    Aberto o Processo Seletivo Especial de Ingresso na Graduação para Indígenas e Quilombolas.

    A Seleção será realizada para dez vagas previamente selecionadas pelas comunidades e representantes.

    Os cursos escolhidos pelas comunidades são:

    Indígenas: Medicina; Enfermagem; Odontologia; Educação Física Licenciatura; Pedagogia

    Quilombolas: Medicina, Odontologia; Psicologia; Agronomia;  Educação Física Licenciatura

    Edital 07/2018 – Processo Seletivo Específico para Comunidades Quilombolas e Povos Indigenas

     

  • Edital de Formação de Banca de avaliação no Processo Seletivo de Indígenas e Quilombolas 2018

    A Coordenação de Inclusão e Diversidade abre edital para escolha junto ao Corpo Docente da UFPEL e na Sociedade Civil Organizada de Pessoas do movimento Indígena e Quilombola para constituírem as bancas de avaliação dos candidatos Quilombolas e Indígenas em processo seletivo específico.

    Das Vagas:

    Banca de Redação: Dois professores da UFPel da área de Letras português.

    Banca de Seleção de indígenas aldeados: Dois docentes da UFPel com conhecimento sobre os aspectos culturais indígenas do Brasil e Um representante indígena ou de organização ligada aos indígenas brasileiros.

    Banca de Seleção de quilombolas: Dois Docentes da UFPel com conhecimento sobre a cultura dos quilombolas brasileiros e Um representante quilombola ou de organização ligada aos quilombolas brasileiros.

    EDITAL

    Ficha de inscrição

     

    RESULTADOS

    Somente se inscreveu pela sociedade civil organizada,  indígena Lucia Fernanda Inácio Belfort Sales (Terra indígena de Serrinha, Ronda Alta, RS), e sua inscrição foi homologada e está apta a participar do processo seletivo como avaliadora.

    Os outros participantes serão escolhidos pelo REITOR.