Introdução

A Universidade Federal de Pelotas – UFPel – tem por missão promover a formação integral e permanente do profissional construindo o conhecimento e a cultura, comprometidos com os valores da vida com a construção e o progresso da sociedade.

Consciente de sua responsabilidade social e política, a UFPel busca formar profissionais qualificados para o exercício pleno da cidadania. Isto significa explicitar seu compromisso frente a processos de formação alicerçados em conhecimentos cientificamente fundamentados e socialmente referenciados integrados a princípios éticos, estéticos e políticos comprometidos com o aprofundamento da democracia e justiça social em nosso país.
Com apenas 45 anos, a UFPel integra em sua estrutura acadêmica, unidades universitárias centenárias as quais serviram de matriz de formação para que, em 08 de agosto de 1969 , pelo Decreto-Lei No 750, se constituísse em universidade.

Sua trajetória histórica tem como gênese a fundação da Imperial Escola de Medicina Veterinária e de Agricultura Practica, em 1883. Quatro anos após (1887), ocorreu a fundação do Lyceu de Agronomia, Artes e Officios e, em 1889, denominada de Lyceu Rio-Grandense de Agronomia e Veterinária, passa efetivamente a curso superior. A partir de 1967, passou a chamar-se Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel.

No ano de 1969, em 16 de dezembro, além das unidades do núcleo formador, foram integradas à Universidade as seguintes unidades acadêmicas: Instituto de Biologia, Instituto de Ciências Humanas, Instituto de Química e Geociências, Instituto de Física e Matemática e Instituto de Artes. Também foram acrescidas à Universidade as seguintes instituições de ensino superior existentes na cidade: Escola de Belas Artes Dona Carmen Trápaga Simões, Faculdade de Medicina da Instituição Pró-Ensino Superior do Sul do Estado e Conservatório de Música de Pelotas.
Integrarama Universidade, como órgãos suplementares, a Estação Experimental de Piratini; o Centro de Treinamento e Informação do Sul; a Imprensa Universitária; a Biblioteca Central; o Museu e a Casa para Estudante e, como órgãos complementares, o Colégio Agrícola Visconde da Graça e o Colégio de Economia Doméstica Rural.

Na trajetória de 45 anos, a UFPEL constituiu 23 Unidades Acadêmicas, que desenvolvem atividades de ensino (graduação e de pós-graduação), pesquisa, extensão e prestação de serviços abrangendo cinco áreas fundamentais:
I – Ciências Agrárias: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, e Faculdade de Veterinária.
II – Ciências Biológicas: Instituto de Biologia, Faculdade de Nutrição, Faculdade de Enfermagem e Obstetrícia, Faculdade de Medicina, Escola Superior de Educação Física e Faculdade de Odontologia.
III – Ciências Exatas e Tecnologia: Instituto de Física e Matemática, Instituto de Química e Geociências, Faculdade de Meteorologia, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo; Centro das Engenharias e Centro de Desenvolvimento Tecnológico

IV – Ciências Humanas: Instituto de Filosofia,  Sociologia e Política, Instituto de Ciências Humanas, Faculdade de Educação, Faculdade de Administração e Turismo e Faculdade de Direito.
V – Letras e Artes: Instituto de Artes e Design, Faculdade de Letras e Conservatório de Música.

Ao longo de sua história, a UFPEL vivenciou uma significativa expansão no quantitativo de cursos de graduação por ela ofertados. Passou-se de um universo de 47 cursos de graduação oferecidos em 2006, para os atuais 98 cursos já disponibilizados por ocasião de nosso último processo seletivo de acesso a UFPEL. Nossa instituição possui também 41 programas de pós-graduação.

Igualmente significativo foi o aumento no quadro de servidores de nossa universidade: atualmente contamos na nossa comunidade universitária com 1313 docentes e 1364 técnicos administrativos fazem parte de nossa comunidade universitária, o que contribuiu para que hoje tivéssemos mais de 18000 alunos, 350 grupos de pesquisas certificados pelo CNPq, 5037 projetos de pesquisa e 585 bolsistas cadastrados na instituição.

A UFPEL se projeta com a visão de ser reconhecida como uma universidade de referência pelo comprometimento com a formação inovadora e empreendedora, capaz de prestar para a sociedade serviços de qualidade, com dinamismo e criatividade.