Início do conteúdo

Programas de assistência estudantil da UFPel receberão aumento

Beneficiários de três programas de assistência estudantil da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) receberão, a partir de agosto, aumento em seus subsídios. O montante necessário para cobrir os custos do acréscimo virá de uma requalificação da destinação de valores do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), por meio do trabalho da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis.

Os estudantes ligados ao Programa de Auxílio Moradia (PAM) e Programa de Auxílio Deslocamento (PAD) terão um incremento de 25% no valor recebido mensalmente. No caso do primeiro, o auxílio sairá de R$ 400,00 para R$ 500,00; o segundo terá sua quantia acrescida dependendo com a faixa de distância percorrida. Já os pais e mães favorecidos com o Programa de Auxílio Pré-Escolar (PAPE) passarão a ter seu benefício indexado ao salário mínimo, em uma proporção de 30%; o valor atual, que não tem o mínimo como referência, equivale a 26,5% deste.

Os programas de assistência estudantil em questão não recebem reajuste desde o ano de 2013, conforme explica a pró-reitora de Assuntos Estudantis, Rosane Brandão. A gestora argumenta que o aumento se faz necessário nesse momento de agravamento da crise social, iniciado pela pandemia de Covid-19, e será uma ferramenta para evitar a evasão dos estudantes da Universidade.

De acordo com Rosane, a partir de dados de uma pesquisa interna da PRAE com os alunos atendidos, aproximadamente 85% dos estudantes atendidos pelo PAM e pelo Programa de Moradia Estudantil (PME) tiveram algum familiar que perdeu o emprego nos últimos dois anos. “Antes as famílias até tinham alguma condição para ajudar na manutenção deles, mas agora não é mais possível”, explica.

Por isso, a pró-reitora afirma que não é possível que a Universidade não conceda esse aumento: “Se não, esses alunos não conseguirão voltar aos estudos após a pandemia”. Rosane ainda salienta que, mais uma vez, a UFPel colocará os alunos em vulnerabilidade socioeconômica como prioridade na distribuição de seus recursos. “Estamos sempre trabalhando para melhorar nosso atendimento pois vemos que o estudante precisa desse recurso para se manter”, finaliza.

 

Fonte: https://ccs2.ufpel.edu.br/wp/2022/05/20/programas-de-assistencia-estudantil-da-ufpel-receberao-aumento/

Publicado em 20/05/2022, em Notícias.