Esef realiza 2º Seminário Educação Física e Opressões

No dia 13 de maio, às 19h, no Auditório da Escola Superior de Educação Física (ESEF) da UFPel, será realizado o 2º Seminário Educação Física e Opressões. Esta edição terá como tema “Transformar a educação e o mundo para combater o racismo”. O objetivo é discutir as questões raciais que se apresentam como forma de opressão, discriminação e preconceito na sociedade e seus impactos na formação escolar e na Educação Física.

Este seminário é parte do projeto de extensão chamado Educação Física e Opressões, a Cultura Corporal no combate à discriminação, coordenado pelo professor Giovanni Frizzo. Em novembro de 2018, foi realizado o 1º Seminário que teve como tema as questões de gênero e a violência contra a mulher.

O evento é aberto e gratuito para participação, a quem desejar será emitido certificado de participação de três horas. Estão confirmados os palestrantes Edna Rocha (professora do IFRS), Eraldo Pinheiro (professor da ESEF/UFPel) e José Coutinho (mestrando da ESEF/UFPel). Mais informações em https://www.facebook.com/events/2110786485701879/ .

Seleção de Bolsista de Extensão

O Projeto de Extensão “Educação Física e Opressões: a Cultura Corporal no combate à discriminação”, coordenado pelo Prof. Dr Giovanni Frizzo está selecionando 1 bolsista de extensão (PREC) para o projeto.

A bolsa tem previsão de 7 meses (até dezembro de 2019) e é destinada à estudantes de graduação da UFPel regularmente matriculados  que: tenham disponibilidade de 20h semanais; não tenham nenhuma outra bolsa de programas oficiais, exceto os auxílios recebidos pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) e tenham atestado de vulnerabilidade social emitido pela PRAE.

As inscrições vão até dia 8 de maio e podem ser feitas na Portaria da ESEF UFPel através de preenchimento da Ficha inscrição. 

As entrevistas serão realizadas no dia 10 de maio. Mais informações podem ser acessadas no link: Edital Bolsista

1º Seminário Educação Física e Opressões abordará a violência contra a mulher

No dia 26 de novembro, às 14h, no Auditório da ESEF UFPel será realizado o 1º Seminário Educação Física e Opressões. Este é o primeiro seminário do projeto de extensão “Educação Física e Opressões: a Cultura Corporal no combate à discriminação”, no qual será tratado o tema da violência contra a mulher e o enfrentamento às opressões a partir das discussões sociais e as possibilidades da Educação Física contribuir para erradicar toda forma de opressão. O evento é aberto ao público externo e é gratuito. Para quem desejar, haverá certificado de 4h.

Confira a programação abaixo:
Tema: “Violência contra a mulher e a necessidade de enfrentar as opressões”

A opressão contra a mulher e a luta contra o machismo. Palestrante: Isabella Filippini (Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro)
Ações e direitos das mulheres. Palestrante: Roberta Mello (representante do Conselho Municipal da Mulher)
Questões de gênero na EF: desafios e possibilidades. Palestrante: Katarina Cechin (Projeto de Extensão Educação Física e Opressões)

Artigo sobre Avaliação em Educação Física é publicado na Revista Kinesis

Nesta semana, foi publicado um artigo produzido por integrantes do OTPEF que trata sobre o tema da avaliação em Educação Física na escola. A publicação é resultado da investigação desenvolvida por Ivan de Oliveira em sua dissertação de Mestrado apresentada no Programa de Pós-graduação em Educação Física da UFPel, em 2017, orientada pelo professor Giovanni Frizzo.

O objetivo deste estudo foi analisar de que forma os professores de Educação Física, em diferentes períodos de experiência profissional, utilizam o componente avaliação. Trata-se de um estudo de caso na RMEPEL, do qual participaram quatro professores tendo 1, 13, 21 e 31 anos de docência, respectivamente. Depreendemos que, no início da carreira, a avaliação parte de um plano mais informal, passando pela busca da ocorrência da apropriação do aprendizado pelo alunado, havendo, no fim da carreira, prevalência de aspectos formais na avaliação. A nota apresentou um “valor de troca” entre professorado e alunado, independentemente da experiência docente.

O artigo pode ser encontrado aqui, junto com outras publicações do Grupo de Pesquisa OTPEF

OTPEF participa de encontro de políticas educacionais

O Grupo de Pesquisa Organização do Trabalho Pedagógico da Educação Física (OTPEF), da ESEF/UFPel, participou no dia 27 de abril, no Auditório da Reitoria-Campus Anglo da UFPel do “Encontro de políticas educacionais: as parcerias público-privadas e as redes de políticas” com as professoras Vera Peroni (UFRGS), Eneida Shiroma (UFSC) e Fátima Cóssio (UFPel).

As palestras debateram sobre as parcerias público- privadas no contexto das transformações no papel do Estado; a governança e redes de política e os impactos na gestão democrática e seus efeitos no trabalho docente.

O vídeo completo do encontro pode ser acessado no link:

https://www.facebook.com/outrasvozes.com.br/videos/2095403480488174/

Participação em Congresso Internacional de Pesquisa em Cultura e Sociedade

Entre os dias 17 e 19 de abril de 2018, aconteceu no Instituto de Ciências Humanas da UFPEL, em Pelotas/RS, o 1º Congresso Internacional de Pesquisa em Cultura e Sociedade. Nosso grupo se fez presente nesse evento, que contou com diversos simpósios temáticos, dentre eles:

1. Educação e Cultura: construções sociais no ambiente educacional

2 Cultura Visual: o mundo social visualmente construído

3. Cultura Material e Patrimônio: estudos culturais

4. Fronteira e Cultura: especificidades das culturas fronteiriças

5. Mídia, cultura, movimentos sociais e redes comunicativas

6. Política, Cultura e Desenvolvimento

7. Diálogos Interdisciplinares: analisando a cultura por variados vieses

8. Literatura, Música e Festividades

9. Gênero e Sexualidade: construções na e pela Cultura

10. Iniciação Científica (Reservado aos alunos da Graduação)

Mais informações
Site do 1º CIPCS

Relatório do projeto sobre condições de trabalho e vida do professorado está disponível

Ao longo do ano de 2017, como desdobramento do projeto de pesquisa intitulado “Educação Física, Mudanças do Mundo do Trabalho e a Reforma Curricular do Ensino Médio” desenvolvido pelo OTPEF, investigou-se as condições de trabalho e vida do professorado de Educação Física na rede estadual de ensino de Pelotas-RS.

Através da criação do instrumento de coleta de informações “Enquete Docente”, o estudo obteve retorno de praticamente a totalidade de professores e professoras de EF da rede estadual de ensino que trabalham no Ensino Médio das escolas localizadas na zona urbana e rural de Pelotas-RS.

O relatório com a análise de resultados e conclusões está disponível no link abaixo. Confira!

Relatório Final