Início do conteúdo
CONHEÇA NOSSO PROJETO

O projeto será realizado nas cidades, em terrenos com espaço para organização de hortas, podendo ser elas suspensas ou não. O local para o o piloto será a UBS da General Osório. Os funcionários do posto e a equipe de saúde, junto com a UFPEL e Embrapa, irão organizar o projeto com a comunidade. Para isto, acontecerão reuniões preparatórias entre comunidade e equipe que envolverão:
-Geocinema- projeto já cadastrado na universidade no qual é exibido uma película e depois é discutido as impressões dos participantes.
-Oficinas- Serão realizadas oficinas para aprendizagem do plantio orgânico, uso de chás e culinária.
-Palestras- Serão feitas palestras sobre sustentabilidade que envolve: alimentação, saúde, a agricultura, a economia e a cidade.
-Feira Urbana – esse encontro propõe o intercâmbio de conhecimentos e sementes e mudas entre os moradores locais. Nesse momento, busca-se incentivar a comunidade para implantação de hortas urbanas domésticas, fortalecendo o consumo de alimentos agroecológicos e plantas medicinais.
Após o trabalho preparatório, será iniciado o plantio, cuidado e colheita. O aproveitamento dos produtos da colheita será discutido com o grupo de participante de todo o processo.
A extensão não se faz sem a pesquisa. Neste processo a equipe envolvida lançará mão de várias metodologias de pesquisa para desenvolver suas ações, mas sobretudo a pesquisa-ação é quem norteará esta pesquisa. Pois será realizado para cada projeto de hortas os seguintes passos: “Planeja-se, implementa-se, descreve-se e avalia-se uma mudança para a melhora de sua prática, aprendendo mais, no correr do processo, tanto a respeito da prática quanto da própria investigação”. (TRIPP,p. 445, 2015).

    Notícias
  • Início da construção da cisterna das hortas da Tablada

    No último sábado, 9 de novembro, foi realizado o início da construção da cisterna para reservar a água da chuva e assim, poder ser utilizada no decorrer da horta, economizando água tratada da própria associação de moradores, onde se encontra a horta, e também demonstrando para a comunidade pelotense que é possível obter alternativas sustentáveis da uso de água. Esta etapa foi possível graças ao pessoal da Engenharia Civil da Universidade Federal de Pelotas – UFPel, estando inclusa a bolsista e acadêmica da engenharia, Taiane Feijó. Nas próximas semanas teremos a conclusão da obra.

  • Fórum Social “Cidades e soluções sustentáveis” nas hortas da Tablada

    No dia 31 de outubro de 2019 foi realizado o Fórum Social  “Cidades e soluções sustentáveis” organizado pela Pró Reitoria de Extensão e Cultura (PREC) da Universidade Federal de Pelotas – UFPel com a comunidade da COHAB Tablada. Neste dia foi debatido a importância de se obter uma cidade sustentável, justa e igualitária, tendo como foco e exemplo de alternativa para obtenção da sustentabilidade o projeto “Hortas Urbanas: construindo uma cidade sustentável a partir de tecnologias sociais”. Estiveram presentes representantes da PREC, coordenadores do projeto hortas urbanas e moradores de diversas comunidades pelotenses.

  • Apresentação de Artigos V SIIEPE – UFPEL

    Foi realizado do dia 21 de outubro ao dia dia 25 de outubro a Semana Integrada de Inovação, Ensino, Pesquisa e Extensão (SIIEPE) na Universidade Federal de Pelotas, na qual contou com a presença dos bolsistas do projeto Hortas Urbanas. Os respectivos trabalhos apresentavam diferentes temáticas sobre o projeto, assim apresentando temáticas como:

    REPENSANDO A CIDADE A PARTIR DE HORTAS URBANAS

    Um trabalho que apresentava uma reflexão sobre a importância de um planejamento urbano que apresentasse uma busca por racionalidade ambiental (LEFF 1998), para se alcançar futuramente uma sustentabilidade urbana.

    REPENSANDO A CIDADE A PARTIR DE HORTAS URBANAS

    Um trabalho que buscava apresentar os respectivas ações educativas que ocorreram nas hortas urbanas em busca de se alcançar princípios de uma racionalidade ambiental (LEFF 1998), a partir de processos educativos. Demonstrando que o projeto Hortas Urbanas pode se constituir como um laboratório educativo que busca por uma alfabetização ecológica (CAPRA 2005), buscando o entendimento de como os ecossistemas acabam sustentando a rede da vida

     

     

  • Composteira do Py Crespo

    No dia 11 de outubro, sexta-feira, demos início ao processo de compostagem das hortas do Py Crespo. Construímos a estrutura necessária para o tipo de composteira que utilizamos, onde ela tem 1m³. Na semana que vem, dia 24 concluiremos com os resíduos orgânicos, a maravalha e o esterco.

  • Oficina de bolo de beterraba (red velvet) nas hortas da Tablada

    Na última quarta-feira, 25 de setembro, fizemos uma oficina de bolo de beterraba (red velvet) na Associação de Moradores da COHAB Tablada, com a bolsista da gastronomia Carol Porto, e tivemos também a participação da discente da nutrição Nathália nos informando o papel importante da beterraba na nossa alimentação. O bolo ficou uma delícia, além de muito nutritivo!

  • Participação no I Fórum Gaúcho de Agricultura Urbana e Periurbana Sustentável

    Em agosto o projeto “hortas urbanas” esteve presente participando do primeiro Fórum Gaúcho de Agricultura Urbana e Periurbana em Porto Alegre. Foi discutida a importância da agricultura urbana e perirubana na atualidade, sendo demonstrado exemplos de hortas pelo estado do Rio Grande do Sul. E também, em grande ênfase foi debatida a lei que auxilia este modelo de agricultura em âmbito estadual.

     

  • Convite para oficina de composteira

    Semana passada estivemos percorrendo o bairro Py Crespo para convidar a comunidade para participar da oficina de compostagem que será realizada no dia 04 de outubro, sexta-feira. Quem quiser comparecer para aprender a fazer a sua própria composteira  e também, nos ajudar levando resíduos orgânicos, estaremos na UBS do Py Crespo, na rua Marques de Olinda, n 1291, Três Vendas, a partir das 14h!

  • Hortas Urbanas no Py Crespo

    O projeto “hortas urbanas” está atuando em um novo espaço, localizado na Unidade Básica de Saúde do Py Crespo! A horta da UBS tem a união da comunidade local, dos profissionais da UBS e dos extensionistas do projeto. Atualmente já possuímos oito canteiros, onde estão plantadas mudas de verduras, legumes, frutos, chás e temperos. Caso queira participar, estamos nesta horta nas sextas-feiras, na Rua Marques de Olinda 1291 – Três Vendas.

  • Alimentação e nutrição: atualidades e sustentabilidade

    No dia 30 de agosto de 2019, das 13h às 18h, no auditório do Campus 2 do ICH, estará ocorrendo o evento Alimentação e nutrição: atualidades e sustentabilidade, realizado pelo projeto “Seminários sobre práticas alternativas em alimentação e nutrição” e pelo Diretório Acadêmico da Nutrição. Professores participantes das hortas urbanas estarão palestrando a respeito. Compareça! Até o dia 28 de agosto o valor será de R$ 10,00.