Início do conteúdo
Produções

Livro Pedagogias Populares e Epistemologias Femininas Latino-americanas

Livro Trabalho de Mulher?

Livro Mulheres Trabalhadoras

Livro Educação, Feminismos e Sexualidades

Produção Artesanal Com Mulheres Em Prisões: Reflexão e Criatividade Superando a Lógica Patriarcal

Carrinho (d)e boneca: práticas extensionistas e promoção da equidade de gênero – Revista da Extensão UFRGS, v. 1, p. 26-34, 2013

O QUE É JUSTIÇA? Diálogos com mulheres sobre a Lei Maria da Penha.

Amazonas: mulheres e formação docente no Parfor.

Inventabilidade, Tramas E Fios: A Formação De Tecelâs Mineiras

Educação Popular E Estudos Feministas: Contribuições Para A Linguagem Inclusiva.

Movimento Feminista No Brasil E América Latina: Reflexões Sobre Educação E Mulheres.

O Direito À Leitura Na Prisão: Uma Experiência Não Escolar Em Presídio Feminino No Brasil. 

Escola, trabalho e gênero: uma experiência da Educação de Jovens e Adultos na rede pública de ensino de Porto Alegre.

Contribuições Do Pensamento Freireano Para A Escolarização De Mulheres Trabalhadoras Na Educação De Jovens E Adultos.

Movimento de Mulheres Camponesas: 30 anos de história na construção de novas relações.

A constituição de identidades camponesa e feminista no Movimento de Mulheres Camponesas.

Saúde e Ambiente: a experiência no Movimento de Mulheres Camponesas. – Saúde e Ambiente para as populações do campo, da floresta e das águas. 1ed.Brasília: Ministério da Saúde, 2015, v. , p. 205-214.

Ainda Sobre A Contribuição De Argumentos Feministas E Suas Possibilidades Na Docência Da Pós-Graduação Em Educação.

Jean-Jacques Rousseau e a herança da naturalização da exclusão das mulheres na cidadania.

Women Weavers Recognizing Their Craftwork.

Uma oferenda: bordados brasileiros para Frida Kahlo.

Mulheres de povos tradicionais, mulheres negras e educação: diálogos e autorias.

Sistema de cuotas, fraudes e hiper-racismo en Brasil.

Alfabetização de adultos e idosos a partir de um lugarejo quilombola.

Nossos pretos velhos: famílias negras do extremo sul do Rio Grande do Sul.

Representações sociais como reprodutoras da exclusão social socioambiental histórica. – Anais do VII Encontro e Diálogos da Educação Ambiental, 2015. v. 1. p. 162.

Clubes Sociais negros e os espaços de negritude no Rio Grande do Sul.

Memórias, Histórias De Vidas E Trabalho Artesanal De Mulheres Quilombolas De São Lourenço Do Sul/Rs.

Epistemologias de “nosotras”: mulheres do campo, das águas e das florestas.

(RE) Pensando o feminismo de Nísia Floresta e a sua contribuição para a história e Literatura Brasileira.

Equidade De Gênero Em Nísia Floresta.

Trends in sexual orientation in Brazil.

Titulação Quilombola como instrumento de políticas públicas.

O mito da democracia racial e a relação entre raça e política no Brasil: reflexões a partir de Carlos Hasenbalg.

Trabalho, reconhecimento e moral – reflexões a partir da legalização do trabalho doméstico.

Apresentação Dossiê: A Dinâmica Das Relações Raciais: Dados, Abordagens E Intersecções.

Os Efeitos Da Discriminação Racial Na Mobilidade Social Do Negro Na Sociedade Gaúcha.

A mobilidade social dos arrumadores de Pelotas: a trajetória de uma categoria portuária negra.

Mídias digitais no contexto da formação de professores indígenas no curso de Pedagogia EaD-MT: problema a ser dialogado.

A corporeidade da mulher Xavante: um movimento da cosmogonia.

Fenomenologia merleau-pontyana: mulheres Xavante e os processos metodológicos da pesquisa.

Entrevista com Maria Aparecida Rezende.

Feminine Identity: The Representation Of The Uterus For Women Undergoing Hysterectomy.

Cancêr De Colo Uterino:Atenção Integral À Mulher Nos Serviços De Saúde.

Câncer de colo uterino: caracterização das mulheres em um município do sul do Brasil.

Pedagogia feminista: narrativas autobiográficas, saberes e fazeres de mulheres camponesas.

A incorporação da temática de gênero e diversidade na academia: por uma ecologia de saberes na universidade.

Pedagogia feminista na perspectiva da educação popular com mulheres assentadas do MST.

O artesanato como ferramenta metodológica na perspectiva dos estudos de gênero: articulando pesquisa, ensino e extensão universitária.

Abordagem sobre trabalho artesanal em histórias de vida de mulheres.

Soy pan, soy paz, soy más: trabalho doméstico e trabalho sexual de mulheres migrantes.

Tragédia e Farsa: fascismo e clericalismo no Brasil ? originais repetições no começo do século XX e no século XXI.

Teologia da Mulher.

Com a Virgem Maria na Porta dos Fundos das “aparições” marianas nas políticas de assistência e as possíveis tarefas de uma teologia queer-feminista.

Projeto Quilombo das Artes: entre o sonho e a desilusão.

A beleza ultrajada – Gênero e Diversidade: debatendo identidades. 2016. p. 173.

Gênero Em Livros Didáticos: Análise De Dois Livros Da EJA (Língua Portuguesa E Línguas Estrangeiras Modernas).

Beaten, Broken and Burnt-The Violence Against the Bodies of the Female Protagonist in Three 21st Century Bestsellers Written by Women.

Literatura, discurso e questões de gênero: considerações sobre dois best-sellers do século XXI, suas protagonistas e seus reflexos sobre as leitoras.

Éowyn, a Senhora de Rohan: uma análise linguístico-discursiva da personagem de Tolkien em O Senhor dos Anéis.

Polifonia X Plurivocidade: As ressoantes vozes de Bakhtin em As Brumas de Avalon.

Uniões homoafetivas face ao ordenamento jurídico brasileiro.

Ideologia de Gênero: uma ofensiva reacionária transnacional.

A invenção da ‘ideologia de gênero’: a emergência de um cenário político-discursivo e a elaboração de uma retórica reacionária antigênero.

A homofobia não é uma problema. Aqui não há gays nem lésbicas! Estratégias discursivas e estados de negação da discriminação por orientação sexual e identidade de gênero nas escolas.

Grupo de Puérperas: Uma Atuação Interdisciplinar. Revista do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 2008. v. 28. p. 320.

Cuidando De Mulheres Negras Vítimas De Violência: Um Estudo Sobre A Casa De Apoio Maria Mulher. Revista HCPA. PORTO ALEGRE: HCPA, 2006. v. 26. p. 41.

Bordando subalternidades: uma perspectiva feminista sobre representação.

Pesquisa biográfica com mulheres assentadas artesãs.

O Processo Político Pedagógico De Artesanar: O Feminismo E O Artesanato Dialogando Com A Proposta Freireana De Educação. Anais Do I Simpósio De Gênero E Diversidade: debatendo identidades. 2016. v. 1. p. 22

Problematizações Sobre O Binarismo Homem/Mulher, Masculino/Feminino E O Conceito Identidades De Gênero: Diálogos Com O Pensamento Crítico Descolonial.

Observatório De Gênero E Diversidade Da UFPel: Construindo O Trabalho Em Rede Em Pelotas E Região. Congresso De Extensão E Cultura Da Universidade Federal De Pelotas. 2016. v. 3. p. 346-349.

Colonialidade E Diversidade Humana: Reflexões Sobre A Subalternização De Gêneros, Sexualidades E Raça.

Mulheres adultas e suas expectativas ao ingressarem nos cursos técnicos/PRONATEC: sob a abordagem da categoria de gênero e histórias de vida. IV Simpósio Diálogos na Contemporaneidade: tecnociência, humanismo e sociedade. 2015. p. 321.

Transgressões Educacionais: O Existir Como Sinônimo De Violência, Punição E Castigo Na Escola. Revista Sociologia Jurídica, V. 24/25, P. 74-91, 2018.

Diversidade Sexual E Homofobia Na Escola: Posicionamentos De Professoras E Professores Do Ensino Básico.

Declaração De Amor Gay No Colégio: Os Comentários De Uma Postagem No Facebook.

Interferência da formação continuada para o posicionamento de docentes brasileiros sobre sexualidades e gênero.

Abordagem das desigualdades de gênero e diversidade sexual em sindicatos de trabalhadoras/es em educação: o caso da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).