Notícias
  • Educação a Distância da UFPel oferecerá novas vagas em 22 municípios

    Processo Seletivo UAB/UFPel 2017/1Novas turmas dos cursos de Licenciatura da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), na modalidade a Distância, serão ofertadas, no primeiro semestre letivo de 2017, em 22 municípios no Rio Grande do Sul. As novas vagas, anunciadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em 1º de dezembro, serão distribuídas, a critério das coordenações dos cursos, em três Licenciaturas a distância da UFPel: Letras – Espanhol (300 vagas, divididas em cinco polos); Filosofia (1.070 vagas, em 18 polos) e Matemática (60 vagas, em um polo). Atualmente, a EAD da UFPel possui mais de 1,3 mil estudantes matriculados, em cinco cursos de Licenciatura.

    >>Novas vagas são anunciadas para os cursos EAD da UFPel

    Conforme o coordenador institucional da UAB/UFPel, Keberson Bresolin, está em estudo a viabilidade, junto à Coordenação de Processos de Seleção e Ingresso (Cpsi), de realização de processo vestibular para ingresso nos três cursos a distância. A proposta é iniciar as atividades do semestre junto com o calendário acadêmico da UFPel, que será reformulado após a suspensão do movimento de greve de docentes, técnico-administrativos e discentes da Instituição. Em 2016/2, a seleção para o cursos EAD da UFPel utilizou as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015, 2014 ou 2013.

    >>UFPel suspende Calendário Acadêmico 

    Vagas e polos

    Os polos com novas vagas do curso de Licenciatura em Filosofia serão Agudo, Arroio dos Ratos, Balneário Pinhal, Cachoeira do Sul, Esteio, Hulha Negra, Imbé, Jaguarão, Novo Hamburgo, Santana do Livramento, Santa Vitória do Palmar, Santo Antônio da Patrulha, São Francisco de Paula, São José do Norte, São Lourenço do Sul, São Sepé, Sapiranga e Sapucaia do Sul. À exceção de Jaguarão, com 50 vagas, os demais polos poderão ter turmas de até 60 novos estudantes. O total será de 1.070 oportunidades de ingresso.

    O curso de Letras – Espanhol contará com 300 novas vagas, distribuídas, 50 em cada, nos polos de Santana do Livramento, Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Herval, Panambi e Rosário do Sul. Já os interessados no curso de Licenciatura em Matemática poderão concorrer a 60 vagas no polo de Santana do Livramento.

     


    Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    Arte: José Oxlei – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

  • Pedagogia a Distância discute sobre formação de professores

    Fórum de Discussões em Hulha Negra

    A trajetória de formação de educadores da Licenciatura em Pedagogia a Distância (CLPD) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) está em debate, na forma de projeto de extensão, nas comunidades atendidas pelo curso. O CLPD propõe espaços de interação com a rede pública de ensino; promove curricularmente a aproximação, a aprendizagem e a intervenção dos estudantes nas escolas desde os primeiros semestres de curso. Com o objetivo de refletir e socializar a proposta pedagógica, o projeto de extensão “As Trajetórias de Formação Docente na Pedagogia a Distância” realiza o 4º Fórum de Discussões, na terça-feira (06), manhã e tarde, no polo de apoio presencial de Cachoeira do Sul.

    A coordenadora do CLPD, Lilian Lorenzato, explica que, com o encerramento da turma do quinto ingresso pelo Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), percebeu-se a necessidade de promover a reflexão com a comunidade sobre o itinerário formativo do curso e compartilhar experiências. O projeto de extensão, iniciado em agosto de 2016, já promoveu edições do Fórum em Novo Hamburgo (21 e 22/10), Arroio dos Ratos (12/11) e Hulha Negra (26/11). O Fórum de Discussões é integrado por professores do CLPD; estudantes; egressos; equipes das escolas parceiras e dos polos de apoio presencial; e os bolsistas do Programa de Educação Tutorial – Grupo de Ação e Pesquisa em Educação Popular (PET-Gape).

    >>Projetos de EAD integram a Semana do Folclore da UFPel

    A proposta formativa do CLPD, compartilhada também com o curso de Licenciatura em Educação do Campo a Distância da UFPel, oportuniza, como base curricular, a participação constante dos estudantes nas escolas. Normalmente, os cursos de Licenciatura limitam-se a períodos curtos de intervenção comunitária, na forma de estágios. A aposta do CLPD é de que o contato durante os quatro anos de formação é mais significativo às Instituições e aos acadêmicos. “Os estudantes começam a fazer parte da escola. Conseguem entender os processos e possuem mais condições de levar elementos para a sua formação. É o diálogo permanente entre reflexão e ação”, defende.

    >>Curso de Licenciatura em Educação do Campo compartilha experiências em EAD

    Em funcionamento desde 2008, o CLPD já foi ofertado Sistema UAB em 25 municípios, no Rio Grande do Sul e Paraná. É responsável pela formação 756 educadores. Atualmente em cinco municípios, a expectativa é de que mais 111 acadêmicos concluam a Licenciatura em 2016.

     


    Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    Foto: Camila Schierholt – PET/Gape
    eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

  • Novas vagas são anunciadas para os cursos EAD da UFPel

    Visita técnica da Capes à UFPel

    Os cursos de Educação a Distância da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), vinculados ao sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), receberam, de 30 de novembro a 1º de dezembro, visita de rotina da equipe técnica da Diretoria de Educação a Distância (DED), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão do Ministério da Educação (MEC) responsável pela gestão do programa no País. Após reunião com a administração central da UFPel, na tarde de quinta-feira (1º), foram anunciadas pela DED/Capes até 2570 novas vagas para a Educação a Distância da UFPel, com ingresso previsto para o primeiro semestre de 2017.

    O montante de vagas anunciado será dividido entre os cursos de Licenciatura em Letras-Espanhol (até 300 vagas), Filosofia (até 1070) e Matemática (até 1200). Para a confirmação do quantitativo a ser ofertado pela UFPel em 2017/1, será realizado, junto aos Departamentos de Filosofia, Matemática e Letras, estudo das demandas regionais e dos recursos humanos disponíveis para viabilização das atividades. Atualmente, a UFPel possui 1.368 estudantes EAD, matriculados em cinco cursos de Licenciatura (Filosofia, Matemática, Letras, Pedagogia e Educação do Campo), em 19 municípios no Rio Grande do Sul. A UFPel participa do sistema UAB desde a criação do programa, em 2006.

    Participaram da visita técnica, pela Capes, o coordenador geral de programas e cursos, Luiz Lira, o coordenador geral de supervisão e fomento, Henni Coelho, e a coordenadora de articulação acadêmica, Simone Gama. O grupo da Capes realizou reuniões com o titular da Coordenação de Programas de Educação a Distância (Cped) da UFPel, Keberson Bresolin, os coordenadores de curso e com a atual e a nova gestão da Universidade. “A Capes realiza visitas de rotinas, para perceber como está funcionando o sistema UAB e identificar as várias realidades do País. Cada região tem a sua peculiaridade de cursos. A intenção é perceber como ocorre o processo de democratização e interiorização do Ensino Superior no Sul do Rio Grande do Sul“, explica Bresolin.

    >>UFPel participa do 9º Fórum Nacional de Coordenadores do sistema UAB

    Normativa para Bolsistas

    Durante a visita técnica, a equipe da DED/Capes reforçou que será publicada brevemente  normativa para esclarecer sobre os novos requisitos para o credenciamento de bolsistas no sistema UAB (professores formadores, conteudistas, tutores e assistentes de ensino, entre outros profissionais), inseridos na Portaria da Capes nº 183/2016, de 24 de outubro de 2016. A principal mudança é alteração nos requisitos para participação do programa: a necessidade de comprovação de experiência no magistério.


    Texto e Foto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

  • Laboratório Multilinguagens realiza 1ª Mostra de Trabalhos

    dsc00775Conteúdos escolares podem ser trabalhados de forma contextual à realidade dos estudantes e com aplicações práticas. A proposta é incentivada pelo Laboratório Multilinguagens (LAM) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), projeto que recebe a colaboração dos cursos de Licenciatura a Distância da UFPel, vinculados ao sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). Com essa perspectiva, as ações desenvolvidas ao longo do ano pela equipe do LAM, pensadas para promover a significação da aprendizagem, foram compartilhadas na tarde de quarta-feira (23), durante a 1ª Mostra de Trabalhos do LAM, na sala do Laboratório, junto à Coordenação de Programas de Educação a Distância (CPed).

    1MostraLamVídeos, oficinas, website, jogos matemáticos e demais materiais e processos promovidos pelo LAM buscam colaborar para a formação de professores, com difusão de estratégias pedagógicas acessíveis à realidade escolar e significativas para a aprendizagem. Dessa forma, a percepção sobre temas abstratos, como trigonometria e operações matemáticas com denominadores diferentes, é capaz de ser desenvolvida de forma mais relevante à aprendizagem, por meio de oficinas, jogos e problemas matemáticos. “Os estudantes ficam mais motivados para apreender, pois eles podem construir a própria aprendizagem, pelo manuseio de jogos e com conversas com seus pares”, explica a coordenadora do LAM, Rita Ramos.

    Os materiais pedagógicos produzidos são elaborados com recursos que estão à disposição da comunidade escolar. Com sucata, podem ser construídos produtos pedagógicos como quebra-cabeças, para o trabalho com de formas geométricas; e roletas, para aprendizagem de multiplicação. “O papel, por exemplo, é um dos maiores recursos que temos na escola e que não sabemos aproveitar”, ensina a professora do curso de Licenciatura em Educação do Campo a Distância Rose Miranda.

    >>Oficinas do Projeto Multilinguagens serão ministradas em cinco municípios

    Instrumentalização para a Docência

    dsc00771O Laboratório Multilinguagens integra o Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (Life), programa do Ministério da Educação (MEC), via Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Super (Capes). O objetivo do Life é formar professores, por meio de práticas pedagógicas inovadoras, da interdisciplinaridade e das tecnologias de comunicação e informação. Para 2017, o objetivo do LAM/Life é permanecer com os projetos de instrumentalização para o magistério e transformação da realidade escolar: produzir 40 materiais pedagógicos, vídeos de divulgação; e ofertar oficinas internas e externas à UFPel para professores da Rede Básica de Ensino e estudantes de Licenciatura.

    >>Projetos de EAD integram a Semana do Folclore da UFPel

    Em funcionamento desde 2012, o LAM/Life recebe a colaboração dos cursos de Licenciatura a Distância em Matemática, Educação do Campo, Letras, Pedagogia e das Licenciaturas presenciais em História e Filosofia da UFPel. Projetos como o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid),  o Programa de Educação Tutorial – Grupo de Ação e Pesquisa em Educação Popular (PET-Gape)  e Núcleo de Folclore (Nufolk) também são parceiros do Laboratório.

     


    Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    Fotos: Lidiane Pereira – LAM/Life
    Arte: José Oxlei – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

  • Curso de Licenciatura em Educação do Campo compartilha experiências em EAD

    Professora Sheila Rocha (E), da UFRR, e professoras do Clec/UFPel, Rose Miranda e Vânia Thies

    A experiência metodológica do curso de Licenciatura em Educação do Campo (Clec) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), ofertado desde 2009 na modalidade a distância pelo sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), servirá como modelo para a Educação Superior voltada às características das comunidades tradicionais. De 22 a 24 de novembro, o Clec recebe visita técnica da professora da Universidade Federal de Roraima (UFRR) Sheila Rocha. O objetivo da aproximação institucional é coletar informações organizacionais e metodológicas do curso de Licenciatura em Educação do Campo da UFPel, o único no País na modalidade EAD, para reestudar o formato das graduações correlatas oferecidas pela UFRR.

    Demais Instituições que integram o Programa de Apoio à Formação Superior em Licenciatura em Educação do Campo (Procampo), do Ministério da Educação (MEC), estruturam os cursos em regime de alternância entre o presencial e o período em comunidade. Para a professora da UFRR, o modelo da UFPel é referência metodológica: a modalidade a distância evita uma série de dificuldades aos sujeitos do campo, sem incorrer em perda de qualidade na formação. Com a alternância, para cumprir com as obrigações do curso, os estudantes precisam arcar com despesas de hospedagem, transporte e alimentação; e lidar com o ônus dos dias em que não estão disponíveis para o trabalho em suas comunidades. “A alternância gera um custo bastante alto para os estudantes. A forma que a UFPel trabalha é bastante interessante pra nós. As atividades são muito bem acompanhadas; trabalhadas de uma forma que você não perde a qualidade”, avalia.


    >>Educação do Campo promove Feira de Ciências e Tecnologias


    Novas Perspectivas

    Integrante das políticas públicas voltadas às comunidades tradicionais e à democratização do acesso ao Ensino Superior, a Licenciatura em Educação do Campo da UFPel está em fase de encerramento de suas atividades. Até o final do período letivo de 2016, quando o curso será concluído, a expectativa é de que mais de 520 educadores estajam habilitados para atuarem em escolas do campo, com base em seu lugar de fala e em suas demais características culturais. A proposta é de que a UFPel passe a oferecer cursos de aperfeiçoamento e pós-graduação lato e stricto sensu sobre a temática.

     


    Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    Foto: Felipe Pizzio – LAM/Life
    eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

  • Oficinas do Projeto Multilinguagens serão ministradas em cinco municípios

    dsc00538Cerca de 150 professores e estudantes de licenciatura participarão das oficinas oferecidas em novembro, em cinco municípios, pelo Laboratório Multilinguagens (LAM) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), um dos projetos vinculados aos cursos de Licenciatura a Distância da UFPel, como parte das políticas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) para a formação de professores. A principal proposta das atividades, ministradas por acadêmicos-bolsistas do LAM sob a supervisão de professores da UFPel, é de que os participantes das oficinas disseminem as práticas pedagógicas, voltadas à significação da aprendizagem, na rede básica de ensino.

    Atividades sobre técnicas de redação, sistema monetário, construção do número, estruturas aditivas e multiplicativas e jogos diversificados são desenvolvidas pela equipe do Laboratório Multilinguagens (LAM) desde maio, duas vezes por semana, em oficinas internas e externas à UFPel; nos polos de apoio presencial e em instituições parceiras. Em novembro, serão realizadas cinco oficinas externas sobre frações e geometria, em Caçapava (09/11), em parceria com a Universidade Federal do Pampa (Unipampa); Hulha Negra (03/11); Santana do Livramento (10/11); São José do Norte (17/11); e Sobradinho (24/11).

    Conforme a coordenadora do LAM/Life, Rita Ramos, o objetivo do Projeto Oficinas Multilinguagens é contruir coletivamente, com a colaboração de vários professores e estudantes, uma melhor prática pedagógica. “A aprendizagem torna-se mais significativa quando as pessoas conhecem os motivos, os porquês dos problemas dos conceitos trabalhados”, explica.

    A preocupação da equipe de LAM é evitar a aversão à Matemática, percebida na etapas escolares em que os conceitos trabalhados afastam-se da realidade perceptível pelos estudantes. A proposta, assim, é adotar estratégias de significação e contextualização dos conteúdos discutidos em sala de aula. “Muitos estudantes deixam de gostar de Matemática quando os problemas que passam a ser resolvidos não fazem mais sentido para eles”, relata. A soma de frações com denominadores diferentes, exemplifica, é um dos conteúdos que podem ser visualizados, em aplicações práticas, por meio de jogos matemáticos.

    Acompanhamento

    Os interessados em participar das atividades podem acompanhar a programação de oficinas e solicitar a sua inscrição pelo site http://wp.ufpel.edu.br/LVM. As atividades internas, realizadas na sede do LAM, localizada no Campus Porto – Centro de Engenharias, junto à Coordenação de Programas de Educação a Distância (CPed), estão suspensas em decorrência da greve deflagrada em outubro por técnico-administrativos, discentes e docentes da Instituição. Para facilitar o acompanhamento das atividades, em novembro será lançado o novo site do LAM.

    O LAM é um dos subprojetos vinculado ao  Laboratório Virtual Multilinguagens (LVM). É integrante do Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (Life), programa governamental que objetiva a promoção de cursos de formação de professores, com ênfase em inovação pedagógica e interdisciplinaridade; elaboração de materiais didáticos; e a utilização de tecnologias de comunicação e informação na Educação.

     

    Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    Foto: Rita Ramos – UAB/UFPel
    eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

  • UFPel participa do 9º Fórum Nacional de Coordenadores do sistema UAB

    img-20160929-wa0006Em comemoração aos dez anos do sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), política pública voltada à democratização e interiorização do acesso ao Ensino Superior, gestores institucionais participaram, em 27 e 28 de setembro, do 9º Fórum Nacional de Coordenadores do sistema UAB, na sede da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC), em Brasília. A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) esteve representada no evento pelo titular da Coordenação de Programas de Educação a Distância (CPed), Keberson Bresolin.

    Uma das principais expectativas do 9º Fórum Nacional foi a socialização das novas diretrizes para a Educação a Distância, após a alteração no comando do Ministério da Educação (MEC) e seus órgãos vinculados, especialmente a Capes e a Diretoria de Educação a Distância (DED). A perspectiva apontada durante o Fórum pelo presidente da Capes, Abilio Neves, é para o fortalecimento da Educação a Distância e expansão do sistema UAB.

    O sistema UAB conta, atualmente, com a participação de 106 instituições, atendendo 130 mil estudantes, em cerca de 600 polos de apoio presencial. Na UFPel, há previsão de ampliação das vagas para os cursos EAD em 2017. A Universidade oferece os cursos de Licenciatura em Pedagogia, Matemática, Filosofia, Educação do Campo e Letras – Espanhol em 19 municípios do interior do Rio Grande do Sul.

     

    Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    Foto: Keberson Bresolin – UFPel/UAB
    eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

  • Resultados parciais para ingresso em 2016/2 como portador de diploma são homologados

    resultado_parcial_portador_tituloead2016_2fOs candidatos deferidos no Edital de ingresso de portador de diploma de Ensino Superior nos cursos de Licenciatura em Matemática e Filosofia a Distância da Universidade Federal de Pelotas (UFPel/UAB), no 2º semestre de 2016, já podem participar das atividades acadêmicas. As matrículas serão disponibilizadas a partir de quarta-feira (05) pelas coordenações de curso, via sistema Cobalto. Os resultados parciais estão publicados no site da Coordenação de Registros Acadêmicos (CRA). A lista final será homologada em 10 de outubro, após a avaliação dos colegiados de curso.

    Os recursos aos resultados do processo seletivo serão recebidos até sexta-feira (07), das 14h às 20h, diretamente nos polos de apoio presencial. Os documentos devem ser digitalizados pelas secretarias dos polos e enviados por e-mail à CRA para a avaliação dos pedidos. O modelo de preenchimento dos recursos está disponível no Anexo 2

    Resultados Parciais: Edital 021/2016 (Portador de Diploma)

     

    Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    Arte: José Oxlei – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

  • UFPel é representada em Congressos de Educação a Distância

    img-20160921-wa0005

    A Coordenação de Programas de Educação a Distância (CPed) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) tem integrado as discussões nacionais para o fortalecimento da modalidade no País. Para construção de uma pauta em comum com as demais Instituições Públicas de Ensino Superior (Ipes) que atuam na área, o coordenador da CPed, Keberson Bresolin, participou d0 13º Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância (Esud) e do  Congresso Internacional de Educação Superior a Distância (Ciesud). Com o tema, “Humanismo, Tecnologias e Políticas em EAD”, os eventos, promovidos pelo consório Associação Universidade em Rede (Unirede), foram realizados de 12 a 15 de setembro na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).

    Ao final das atividades, os participantes reiteraram, com a Carta de São João del-Rei, as pautas defendidas no Manifesto de Salvador, em dezembro de 2015, durante o 12º Esud. Dentre as diversas demandas, as instituições mobilizam-se por mecanismos para a expansão e democratização do acesso à Educação a Distância; inclusão da EAD na matriz orçamentária e na oferta regular das instituições; criação de cargos que atendam às especificidades da EAD; e ampliação das políticas de assistência estudantil.

     

    Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
    Foto: Keberson Bresolin – UFPel/UAB
    eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

  • Licenciaturas EAD da UFPel recebem inscrições de portadores de diploma de Ensino Superior

    ead_portador_titulo20161Os cursos de Licenciatura em Filosofia e Matemática da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), na modalidade a distância, oferecem oportunidades de ingresso, no segundo semestre de 2006, para portadores de diploma de Ensino Superior. São 187 vagas pelo sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), distribuídas em sete municípios. O período de inscrição será em 22 e 23 de setembro, das 14h às 20h, nos polos de apoio presencial.

    Para participar do processo seletivo, o candidato deverá apresentar a ficha de inscrição, disponível no sistema Cobalto, e cópias autenticas dos documentos previstos no Edital. O critério de seleção será a média aritmética obtida no curso de Ensino Superior em que possui diplomação.

    Edital CRA/UFPel 021/2016 – Portador de Diploma – Ingresso UAB 2016/2