Início do conteúdo
    Notícias
  • Dia internacional e meninas na ciência

     

    O Dia internacional e meninas na ciência, foi instituído em 2015 pela Assembleia das Nações Unidas e passou a integrar o calendário de eventos da Fundação em 2019. E esse dia tem como objetivo de dar visibilidade ao papel e ás contribuições fundamentais das mulheres nas áreas de pesquisa científica e tecnológica.

    Segundo a ONU um em cada três pesquisadores das áreas de ciência e engenharia no mundo é mulher, essa desigualdade está privando o nosso mundo de enormes talentos e de inovação que estão por explorar. Precisamos das perspectivas das mulheres para garantir que a ciência e a tecnologia funcionam para todos.

    E para o dia de hoje a equipe do LabPan deixa um pedido, que todos criem um ambiente onde as mulheres possam realizar o seu verdadeiro potencial e as meninas de hoje se tornem as principais cientistas de amanhã.

     

  • 10 de Fevereiro – Dia mundial das leguminosas

     

    Decretado pela ONU (Organização das Nações Unidas) desde 2018, o Dia Mundial das Leguminosas é celebrado no dia 10 de fevereiro e tem como finalidade, incentivar o consumo dos grãos e alertar a população sobre sua importância em uma alimentação saudável.

    Por serem excelentes fontes de proteínas, ferro e fibras, as leguminosas fazem parte de uma dieta balanceada, sendo uma opção com excelente valor nutritivo para populações com acesso reduzido aos derivados de leite e carne.

    Além disso, os grãos contribuem para uma agricultura sustentável e promovem a biodiversidade do solo, aumentando a produtividade das terras agrícolas devido sua grande concentração de nitrogênio, afastando pragas e doenças das produções.

    O que são leguminosas?

    As leguminosas são frutos e sementes da família das Fabaceae, por serem ricas em proteínas estão presentes na dieta de veganas e vegetarianas.

    Presentes na alimentação base dos brasileiros, leguminosas como feijão, grão de bico, lentilha e amendoim são considerados indispensáveis para compor uma dieta rica em proteínas, fibras e minerais.

    Quais os tipos de leguminosas mais consumidos no Brasil?

    O Brasil é referência na produção de diferentes leguminosas, como a soja, o feijão, o grão-de-bico, e tantos outros grãos consumidos diariamente em diversos países. No entanto, há alguns alimentos que são mais difundidos na cultura alimentar brasileira.

    Feijão

    A clássica mistura de feijão com arroz é um dos pratos mais populares e presentes na alimentação básica dos brasileiros.

    Excelente fonte de proteína vegetal, o consumo do alimento varia de acordo com a região do país, que se divide entre os tipos de feijões disponíveis e sua forma de preparo.

    O feijão carioca – Phaseolus vulgaris – é o mais comum e conta com ampla aceitação nacional. Já o feijão preto, está mais presente nas refeições dos cariocas e sulistas, enquanto o feijão de corda, faz parte do dia a dia dos nordestinos.

    Soja

    A soja é a leguminosa mais produzida no mundo e é utilizada tanto para consumo humano, quanto para consumo animal. Assim como o feijão, é uma das principais fontes de proteína, além de ser rica em fósforo, manganês e cobre.

    Muito presente na alimentação de veganos e vegetarianos, auxilia na prevenção de doenças cardíacas, reduzindo as inflamações nos vasos sanguíneos e aumentando sua elasticidade.

    Lentilha

    Embora seja um alimento altamente nutritivo e com inúmeros benefícios à saúde, o consumo de lentilha pelos brasileiros ainda se limita às ocasiões especiais como o Ano Novo.

    No entanto, introduzi-la na alimentação diária apresenta uma melhora significativa no funcionamento do intestino, fortalecimento dos ossos, diminuição na absorção de gorduras, melhora na imunidade e prevenção de doenças cardíacas.

    Amendoim

    Rico em proteínas e gorduras monoinsaturadas, o amendoim é consumido pelos brasileiros como forma de petisco ou lanche e, apesar de ser um alimento popular, há quem ainda não conheça seus benefícios.

    Além de diminuir as inflamações no corpo, o alimento é uma fonte saudável de energia, auxilia no aumento do colesterol bom, combate o envelhecimento precoce e previne doenças como a anemia e diabetes.

    Referências:

    https://news.un.org/pt/story/2021/02/1741072

    https://alimentesebem.sesisp.org.br/arquivos/noticia/dia-mundial-das-leguminosas

    https://www.fsp.usp.br/sustentarea/2021/02/10/dia-mundial-das-leguminosas-10-de-fevereiro/

    https://alimentacaoemfoco.org.br/como-diferenciar-fome-ou-vontade-de-comer/

    https://institutoagro.com.br/leguminosas/