Anais da III edição do EPMU

A publicação dos anais da III edição do Encontro de Pesquisa em Música da UFPEL está disponível para download.

Chegando, em 2018, à sua terceira edição consecutiva, o Encontro de Pesquisa em Música da UFPEL vem se consolidando como um espaço aberto para a divulgação e debate do quanto se faz em pesquisa em música na UFPel e em outras instituições. Na primeira edição, em 2016, foram apresentados dezesseis trabalhos; já na segunda edição em 2017, dezoito trabalhos foram aceitos; e em 2018 o evento alcançou a marca de vinte e sete trabalhos inscritos.

Desde o início, a proposta do Encontro de Pesquisa em Música da UFPel tem sido a de acolher trabalhos dentro das mais diferentes temáticas, da forma mais abrangente possível e de modo a contemplar os diversos níveis, da graduação à pós-graduação. Acreditamos que esta diversidade tem um efeito positivo, tanto na ampla socialização quanto na geração de interesse e motivação para a pesquisa, principalmente para aqueles que iniciam sua vida acadêmica como estudantes de música, seja de bacharelado ou licenciatura. Um rápido exame do Sumário permitirá ao leitor ter uma ideia da multiplicidade de temas contemplados,  por áreas como etnomusicologia; musicologia histórica; estudos de performance, didática e técnica instrumental; educação musical; análise e arranjo musical.

Sendo esta a primeira edição em que houve a chamada de textos completos para os anais, é importante destacar que todos os vinte trabalhos recebidos dentro do prazo foram aceitos e publicados. Deste modo, os esforços de pesquisa de estudantes em diferentes momentos de suas trajetórias acadêmicas estão representados: desde pesquisas avançadas, a nível de mestrado e doutorado, até trabalhos onde se ensaiam os passos iniciais – e igualmente importantes – da pesquisa em nível superior, como o recorte e problematização do tema, estudo da bibliografia e adequação à normas acadêmicas. Para organização dos anais, optamos por dividir os textos em quatro partes:

• Pós-graduação: comunicações relacionadas a pesquisas de mestrado, doutorado ou pós-doutorado.

• Projetos de pesquisa: comunicações relacionadas a projetos de pesquisa formalmente cadastrados.

• Trabalhos de conclusão de curso: comunicações oriundas de trabalhos de conclusão de curso de graduação.

• Pesquisas iniciais: propostas iniciais de pesquisa, relacionadas a trabalhos para disciplinas de graduação ou explorações iniciais de temas para desenvolvimento futuro em trabalhos de conclusão.

Para a apresentação das comunicações no evento, os resumos submetidos e aceitos foram organizados por temática e distribuídos em oito Sessões de Comunicações mediadas pelos docentes Luís Fernando Hering Coelho, Mario de Souza Maia, Rafael Henrique Soares Velloso, Rafael da Silva Noleto e Werner Ewald, que compõem a Comissão Científica do Encontro.

O Encontro alcançou um novo patamar em termos de qualidade acadêmica ao associar o código ISSN às suas publicações. O ISSN identifica as publicações seriadas editadas a partir das comunicações apresentadas nas edições do Encontro, como os Anais e Cadernos de Resumos, o que oportuniza aos comunicadores e colaboradores a validação da atividade no evento por meio do cadastramento do código ISSN em seus currículos na plataforma Lattes. O Volume dos Anais do III EPMU está registrado no CBISSN/IBICT sob o código ISSN 2595-2765.

Faça download do Anais do III EPMU ou acesse o acervo de publicações no sítio oficial do Encontro em wp.ufpel.edu.br/epmu.

Publicado em Manchetes, Notícias.