Projetos em desenvolvimento:

Projeto de Ensino: “Para além das Fronteiras: Videoconferências em RI” (Cod. 2212)

“Para além das Fronteiras: videoconferências em RI” é um projeto por meio de parcerias com grandes centros de estudos nacionais e internacionais e com o auxílio de recursos de comunicação digitais, oferece videoconferências com pesquisadores renomados acerca de temas ligados as relações internacionais. Aberto a toda a comunidade acadêmica e da região.

Tem com objetivo apresentar e debater pesquisas altamente qualificadas na área de Relações
Internacionais promovendo o diálogo e intercâmbio com grandes centros de estudos nacionais e
internacionais.

Para mais informações acesse: https://wp.ufpel.edu.br/epdi/para-alem-das-fronteiras-videoconferencias-em-ri/

Projeto de Pesquisa: “Estado, Mercado, Desigualdade: um debate acerca do desenvolvimento internacional” (Cod. 3678)

O Estado, além do seu território, povo e instituições, detêm poder e riqueza. O Mercado, espaço donde os fluxos financeiros e comerciais são transacionados, também pode ser considerado detentor de poder e riqueza. Todavia, poder e riqueza são mensurados a partir de parâmetros nem sempre claros. Estes, por vezes, conformam-se na desigualdade. O dabate acerca do desenvolvimento internacional exige, pois, um esforço analítico que abarca as interações entre Estado e Mercado permeados por padrões de desigualdade. O desenvolvimento internacional é, portanto, reflexo de um conjunto de ações e estratégias, exitosas ou não, aplicadas ao longo do tempo por diferentes atores imersos num sistema internacional em constante transformação.

Como objetivo geral têm-se a analise das relações de poder e riqueza permeadas por padrões de desigualdade entre os diferentes atores internacionais e seu impacto no desenvolvimento internacional contemporâneo.

A Economia Política Internacional oferece um instrumental teórico-conceitual pertinente assim como é complementado pela discussão estabelecida em Política Internacional Contemporânea. O uso, portanto, desse arcabouço exigirá sobretudo tendo em vista o objetivo da pesquisa de analisar as relações de poder e riqueza e seu impacto no desenvolvimento internacional de metodologia em que se associe métodos qualitativos e quantitativos. Desse modo, têm-se como métodos principais para o desenvolvimento dessa pesquisa: revisão bibliográfica, análise documental, análise de conteúdo. Como ferramentas metodológicas complementares, o uso de softwares livres para o trato do grande volume textual tais como AntConc e VOSviewer.