Oficinas do Projeto Multilinguagens serão ministradas em cinco municípios

dsc00538Cerca de 150 professores e estudantes de licenciatura participarão das oficinas oferecidas em novembro, em cinco municípios, pelo Laboratório Multilinguagens (LAM) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), um dos projetos vinculados aos cursos de Licenciatura a Distância da UFPel, como parte das políticas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) para a formação de professores. A principal proposta das atividades, ministradas por acadêmicos-bolsistas do LAM sob a supervisão de professores da UFPel, é de que os participantes das oficinas disseminem as práticas pedagógicas, voltadas à significação da aprendizagem, na rede básica de ensino.

Atividades sobre técnicas de redação, sistema monetário, construção do número, estruturas aditivas e multiplicativas e jogos diversificados são desenvolvidas pela equipe do Laboratório Multilinguagens (LAM) desde maio, duas vezes por semana, em oficinas internas e externas à UFPel; nos polos de apoio presencial e em instituições parceiras. Em novembro, serão realizadas cinco oficinas externas sobre frações e geometria, em Caçapava (09/11), em parceria com a Universidade Federal do Pampa (Unipampa); Hulha Negra (03/11); Santana do Livramento (10/11); São José do Norte (17/11); e Sobradinho (24/11).

Conforme a coordenadora do LAM/Life, Rita Ramos, o objetivo do Projeto Oficinas Multilinguagens é contruir coletivamente, com a colaboração de vários professores e estudantes, uma melhor prática pedagógica. “A aprendizagem torna-se mais significativa quando as pessoas conhecem os motivos, os porquês dos problemas dos conceitos trabalhados”, explica.

A preocupação da equipe de LAM é evitar a aversão à Matemática, percebida na etapas escolares em que os conceitos trabalhados afastam-se da realidade perceptível pelos estudantes. A proposta, assim, é adotar estratégias de significação e contextualização dos conteúdos discutidos em sala de aula. “Muitos estudantes deixam de gostar de Matemática quando os problemas que passam a ser resolvidos não fazem mais sentido para eles”, relata. A soma de frações com denominadores diferentes, exemplifica, é um dos conteúdos que podem ser visualizados, em aplicações práticas, por meio de jogos matemáticos.

Acompanhamento

Os interessados em participar das atividades podem acompanhar a programação de oficinas e solicitar a sua inscrição pelo site http://wp.ufpel.edu.br/LVM. As atividades internas, realizadas na sede do LAM, localizada no Campus Porto – Centro de Engenharias, junto à Coordenação de Programas de Educação a Distância (CPed), estão suspensas em decorrência da greve deflagrada em outubro por técnico-administrativos, discentes e docentes da Instituição. Para facilitar o acompanhamento das atividades, em novembro será lançado o novo site do LAM.

O LAM é um dos subprojetos vinculado ao  Laboratório Virtual Multilinguagens (LVM). É integrante do Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (Life), programa governamental que objetiva a promoção de cursos de formação de professores, com ênfase em inovação pedagógica e interdisciplinaridade; elaboração de materiais didáticos; e a utilização de tecnologias de comunicação e informação na Educação.

 

Texto: Jandré Batista – Equipe Multidisciplinar UAB/UFPel
Foto: Rita Ramos – UAB/UFPel
eadmultidisciplinar@ufpel.edu.br

Publicado em 05/11/2016, em Eventos.