FIVRS

A Videodança é uma arte híbrida que imbrica as linguagens das artes do vídeo,
da dança, do corpo e do movimento em um amplo espectro de conformações
que, em sintonia com as transformações tecnológicas, socioculturais e
artísticas, está em constante devir, expandindo-se e ressignificando-se em
diferentes ambientes e plataformas, e, pouco a pouco, definindo seu espaço no
campo das artes nacional e internacional. Com uma mirada que emerge do sul
do Brasil, o FIVRS tem com desejo promover e visibilizar reflexões e debates
acerca da videodança e de suas mutantes e mutáveis conformações.

O 1º Festival Internacional de Videodança do Rio Grande do Sul – FIVRS
nasce como uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação Mestrado em Artes
Visuais e do Curso de Dança da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), em
parceria com a Fundação Ecarta, por meio da difusão de uma convocatória
internacional (de março a abril de 2020) a artistas e realizadores. A seleção dos
trabalhos ficou a cargo do comitê de avaliadores convidados, formado por
Ximena Monroy Rocha, diretora e curadora do festival Agite y Sirva – Festival
Itinerante de Videodanza, do México; Ladys Gonzales, diretora do
Corporalidad expandida, Argentina; Paulo Caudas, diretor artístico e curador do
Dança em Foco, Brasil; e Ana Sedeño Valdellós, criadora audiovisual e
professora da Universidad de Malaga, Espanha.

O 1 o . FIVRS recebeu trabalhos oriundos de 15 estados do Brasil – Rio Grande
do Norte, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Ceará, São Paulo, Pernambuco,
Paraná, Sergipe, Amapá, Pará, Goiás, Paraíba, Santa Catarina, Distrito Federal
e Rio de Janeiro – e países da Europa, América do Norte e do Sul – Argentina,
Bolívia, Chile, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, México e Portugal.

11 de agosto – abertura remota da Exposição Virtual FIVRS 2020

Contato
Email: fivrs.videodanca@gmail.com