• radar-banner
Início do conteúdo

Estudantes conhecem a Federal FM através de projeto da UFPel

Em meio a olhares curiosos e anotações apressadas, um grupo de 20 alunos do Ensino Médio da Escola Estadual Osmar da Rocha Grafulha visitou na manhã desta quarta-feira (05) os estúdios da Rádio Federal FM. O grupo foi guiado pelos acadêmicos do Bacharelado em Turismo da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e tem como destino um percurso de valorização dos prédios do Centro Histórico da cidade.

O projeto de Visitas monitoradas pelos prédios da Universidade e o projeto de Visitas Pedagógicas coordenam o percurso de conhecimentos da história pelotense. Além de contar a história dos prédios e valorizar o patrimônio, os projetos tem como objetivo trabalhar questões de cidadania, racismo, bullying e respeito por meio das contextualizações dos espaços. Também, as acadêmicas que guiam as visitas conversam com os alunos sobre as profissões. Na Rádio Federal FM, a profissão de jornalista e técnico de sonoplastia foram exaltadas. “Após as visitas, os alunos constroem relatos e seminários para apresentação na escola”, afirma Helena de Jesus Almeida.

O percurso de visitações tem como objetivo valorizar e divulgar as edificações que compõem o Centro Histórico de Pelotas, visando o conjunto de prédios que compõe o patrimônio cultural edificado da UFPel. Além do espaço da Rádio Federal FM, os alunos também tem como destino o prédio do Mercosul, Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo (MALG), Grande Hotel e a Biblioteca do Lyceu Rio-grandense. Ainda, as visitas englobam o patrimônio histórico da cidade, como a Bibliotheca Pública Pelotense, Mercado Público Central,  Prefeitura, Theatro Guarany, Casarão 2 (prédio da Secretaria de Cultura) e o chafariz Fonte das Nereidas.

A Escola Estadual Osmar da Rocha Grafulha, localizada no bairro Fragata, conta com a participação de seis turmas. Na quinta-feira (06), outra turma de Ensino Médio realiza o percurso. Já no mês de outubro, a Escola Estadual de Ensino Médio Adolfo Fetter participa do percurso.

Comments

comments

Publicado em 05/09/2018, em Sem categoria.