Início do conteúdo

Palestrantes convidados ao Simpósio Internacional Alberto Nepomuceno

O Simpósio Internacional Alberto Nepomuceno está chegando! Após a divulgação das comunicações aceitas, chegou a vez de divulgarmos nossos convidados.

Lutero Rodrigues estudou no Brasil e Alemanha. Tem Mestrado (UNESP) e Doutorado (USP) em Musicologia. Atuou como Regente de diversas orquestras brasileiras, tendo sido também convidado a reger no exterior: Alemanha, Costa Rica, México, Espanha, Dinamarca e Colômbia. Dando ênfase ao repertório brasileiro, dirigiu mais de uma centena de estreias mundiais. Paralelamente, dedicou-se à pesquisa em Musicologia, resultando em inúmeras publicações.
Em 2002, foi eleito membro da Academia Brasileira de Música e, em 2010, tornou-se Professor do Departamento de Música do Instituto de Artes da UNESP, em São Paulo, onde é Professor de Regência, História da Música no Brasil e também Professor da Pós-Graduação, na área de Musicologia Histórica.

Norton Eloy Dudeque possui mestrado em Performance musical – University of Western Ontario (1991), mestrado em Musicologia pela Universidade de São Paulo (1997), doutorado em Música (Ph.D.) – University of Reading (2002). Realizou estágio pós-doutoral no Kings College em Londres (2912). Atualmente é professor associado aposentado da Universidade Federal do Paraná e atua no Programa de Pós-Graduação em Música da UFPR. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Teoria e análise musical, atuando principalmente nos seguintes temas: análise musical, musicologia, teoria musical, música brasileira dos séculos XIX e XX.

Carlos Alberto Figueiredo é professor nos Programas de Pós-graduação em Música da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ). É Doutor em Música pela UNIRIO e realizou seu estágio pós-doutoral, no CESEM da Universidade Nova de Lisboa, sob a orientação de David Cranmer. Participou de vários projetos editorias brasileiros de relevo, com destaque para Acervo e Difusão de Partituras, onde atuou como coordenador editorial, e Patrimônio Arquivístico-Musical Mineiro. É autor do Catálogo de Publicações de Música Sacra e Religiosa Brasileira – obras dos séculos XVIII e XIX, publicado on-line, em 2010; do livro Música Sacra e Religiosa Brasileira dos séculos XVIII e XIX – teorias e práticas editoriais, com primeira edição impressa em 2014 e segunda edição como e-book, em 2017; do livro Os Responsórios do Sábado Santo de David Perez, publicado como e-book, em 2017; e do livro Três Estudos sobre a Recepção da Antífona Salve Regina de Lobo de Mesquita: Edições, Análises e Gravações, publicado também como e-book, em 2020. Estudou Regência Coral com Frans Moonen, no Conservatório Real de Haia, Holanda. Fez cursos complementares com Jan Elkema e Rainer Wakelkamp, na Fundação Kurt Thomas da Holanda, com Helmuth Rilling. na Bachakademie de Stuttgart, e repertório barroco com Philippe Caillard, em Paris. É regente do Coro de Câmera Pro-Arte e tem atuado como regente convidado dos coros da OSESP, Camerata Antiqua de Curitiba, Polifonia Carioca e Fundador, de Puebla México. Lançou, em 2017, o CD digital José Maurício Nunes Garcia – 250 anos com o coro da OSESP.

Rodolfo Coelho de Souza é professor titular do Departamento de Música da Universidade de São Paulo, onde coordena o LATEAM – Laboratório de Teoria e Análise Musical. É o atual presidente da TeMA – Associação Brasileira de Teoria e Análise Musica, e anteriormente, editor do periódico Musica Theorica da TeMA. Desenvolve pesquisa sobre a obra de Alberto Nepomuceno desde 1986, tendo publicado mais de dez artigos relativos a essas pesquisas, além de orientar quatro teses acadêmicas e orquestrar doze das canções de Nepomuceno em língua estrangeira.

 

Em breve divulgaremos o programa e a plataforma onde ocorrerão as comunicações e vídeo-palestras.

Publicado em 01/10/2020, em Notícias.
%d blogueiros gostam disto: