• radar-banner
Início do conteúdo

Votação do pacote de Sartori na Assembleia ficará para março

A retomada da votação do pacote de cortes enviado pelo governador Sartori à Assembleia Legislativa vai ocorrer apenas em março. Até lá, acordos entre o Executivo e a base aliada irão suspender as votações, que sempre ocorrem às terças-feiras.

No encontro desta terça (7) e no da próxima semana, os trabalhos contarão apenas com homenagens e discursos. No dia 21 de fevereiro, um novo acerto será buscado ou haverá a retirada de quórum. As informações são do blog Acerto de Contas da Rádio Gaúcha.

As votações que ocorreram ontem teriam que, obrigatoriamente, começar por projetos que compõem o pacote, já que foram protocolados em regime de urgência e estão trancando a pauta. Entre os textos, estão os que alteram os estatutos da Brigada Militar e da Susepe. Nesses casos, por se tratarem de projetos de lei complementar, a aprovação depende de 28 votos favoráveis.

Até a votação do restante do pacote, o Piratini vai trabalhar nos bastidores para obter os votos necessários para aprovar, entre outras medidas, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que libera a privatização ou federalização da CEEE, CRM e Sulgas sem plebiscito. Junto à população, o mote do governo será ligar a aprovação do texto à retomada do pagamento dos salários em dia. Esse tipo de matéria precisa de 33 votos para ser aprovada.

Comments

comments

Publicado em 08/02/2017, em Notícias.