Início do conteúdo

Falta de quórum tranca trabalhos da Constituinte

DSC_08602DSC_08632A falta de quórum está trancando, já há duas reuniões, os trabalhos da Comissão de Sistematização (CS) da Constituinte Universitária da UFPel. Na reunião do dia 28 de abril, que foi extraordinária, ocorreu a ausência de representantes dos três segmentos. Já no encontro desta quarta-feira (13) pela manhã, não foi possível instalar oficialmente a reunião por falta de representações dos estudantes. As reuniões têm ocorrido nos auditórios do Campus Porto (Anglo).

Em função do problema, a Comissão Executiva da CS está oficiando a Comissão de Acompanhamento (CA) para informar a frequência dos encontros, solicitar as medidas que a CA julgue cabíveis para a situação e pedir uma reunião formal entre as duas Comissões, para avaliar o andamento dos trabalhos até aqui.

Conforme o Regimento Interno da Comissão de Sistematização, a perda do mandato de constituinte pode ocorrer nos casos de três faltas consecutivas ou cinco alternadas do titular e do suplente.

Ao mesmo tempo em que está sendo enviado o ofício à Comissão de Acompanhamento, a Executiva da CS buscará conversar com o segmento estudantil, na busca de averiguar o que está ocorrendo com as representações e solucionar o problema.

Mesmo não sendo as reuniões instaladas oficialmente, os constituintes têm aproveitado o tempo e o encontro para debaterem a pauta, que neste momento gira em torno dos princípios e fins da UFPel e a organização de Grupos de Trabalho (GTs).

Conforme o cronograma de trabalho já estabelecido, a próxima reunião ordinária ocorre no dia 25 de maio.

Apoio

A Comissão de Sistematização passará a contar com um estagiário, designado pela Comissão de Acompanhamento, para apoiar as atividades de sistematização.

Publicado em 13/05/2015, em Sem categoria.