Histórico do Evento

V Congresso Internacional de Filosofia Moral e Política
Agência, Deliberação e Motivação

          »  Histórico do Evento
O Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal de Pelotas teve início em março de 2008 e constatou, ao longo dos anos, a necessidade de estabelecer contatos com professores/pesquisadores de outras instituições. Diante disse, surgiu a ideia de organizar bianualmente um evento que possibilitasse este contato com pesquisadores em ética e filosofia política, área de concentração de nosso programa, denominado Congresso Internacional de Filosofia Moral e Política. Este evento, cujo início data o ano de 2009, realiza-se sempre nos anos ímpares e discute sempre um tema específico de ética e/ou filosofia política em cada edição.
O “I Congresso Internacional de Filosofia Moral e Política” teve por tema inaugural a reflexão sobre Virtudes, Direitos e Democracia, propiciando um lugar convergente para a divulgação de trabalhos de pesquisadores brasileiros e estrangeiros, bem como oportunizando a discussão no meio acadêmico da pós-graduação e realizou-se em Pelotas, de 09 a 12 de novembro de 2009, no Auditório das Ciências Sociais – ISP – UFPel. Nossa intenção primordial foi investigar sobre a legitimidade e justificação da democracia contemporânea, seja através da vinculação a uma tradição da ética das virtudes, seja a partir da proximidade à um modelo principialístico que toma como critério os direitos e a justiça. Ao invés da habitual oposição, propomos uma alternativa de inclusividade ao atual debate em ética e filosofia política. O evento foi organizado da seguinte maneira: 6 conferências na parte da noite: Pierre-Marie Morel (Ecole Normale Supérieure de Lettres et de Sciences Humaines – Lyon), Pablo da Silveira (Universidad Católica del Uruguay), Pierre Guenancia (Université de Bourgogne), Ives Zarka (Université Paris Descartes/Sorbonne), Marco Zingano (USP), Gustavo Pereira (Universidad de la Republica del Uruguay); 5 mesas temáticas na parte da tarde: Filosofia Política e Relações Internacionais (João Carlos Brum Torres – UFRGS, Douglas Ferreira – PUC-Campinas), Teorias da Justiça e Direitos Humanos (Nythamar F. de Oliveira- PUCRS, Delamar V. Dutra – UFSC, Luiz Bernardo de Araújo – UERJ), Democracia e Globalização (Nelson Boeira – UFRGS, Álvaro de Vita -USP), Fundamentos da Ética (Noeli Rossato – UFSM, Juliette Lemaire – Centre Léon Robin – Paris IV), Temas de Metaética (Nelson Gomes – UnB, Darlei Dall’Agnol – UFSC, Adriano Naves Brito – UNISINOS); 1 mini-curso ministrado por Alfredo Storck (UFRGS) na parte da manhã sobre o direito natural e comunicações de professores e alunos da pós-graduação na parte da manhã(final) e tarde (início). Contamos com apoio da CAPES e Fundação Simon Bolívar. O textos das conferências e mesas temáticas foram publicados em livro intitulado Virtudes, Direitos e Democracia e as comunicações em disponibilizadas em CD. Com isto, alcançamos o fortalecimento do PPG Filosofia por causa do contato com Professores/Pesquisadores de outras Instituições Internacionais e Nacionais, especificamente estabelecendo vínculos sólidos com as instituições francesas, uruguaias e argentinas, bem como com PPGs nacionais consolidados.
O “II Congresso Internacional de Filosofia Moral e Política” teve por tema central o problema moral da Ação, Justificação e Legitimidade e ocorreu em Pelotas, de 07 a 10 de novembro de 2011, no Auditório das Ciências Sociais – ISP – UFPel. O evento é uma promoção do Programa de Pós-Graduação de Filosofia da UFPel. A intenção primordial foi investigar sobre a capacidade da ação humana em possibilitar a justificação da norma moral, bem como possibilitar a legitimidade política no contexto contemporâneo. Nosso objetivo foi estabelecer relações entre as teorias da ação humana com o problema da justificação epistêmica da regra moral e com a questão da legitimidade política. Ao invés da habitual oposição, procuramos uma interpretação inclusivista ao debate em ética e filosofia política. O evento contou com cinco conferências seguidas de debate na parte da noite: Catherine Audard (London School of Economics and Political Science), Todd Hedrick (Michigan State University), Jean-Christophe Merle (Universität des Saarlandes in Saarbrüchen), Oswaldo Giacóia Júnior (Unicamp) e Rodrigo Guerizoli (UFRJ); 3 mesas temáticas: Teorias da Ação: Helder Buenos Aires de Carvalho (UFPI), Marisa Divenosa (Universidad de Buenos Aires), Ulysses Pinheiro (UFRJ); Justificação da Norma: Ricardo Navia (Universidad de la Republica del Uruguay), João Carlos Salles (UFBA), Ricardo Bins di Napoli (UFSM); Legitimidade Política: Marcelo Araújo (UERJ/UFRJ), Denilson Werle (UFSC), Vladimir Lisboa (UFRGS); um mini-curso sobre a filosofia prática de Kant ministrado por Vinícius Figueiredo (UFPR) e comunicações de professores e alunos de pós-graduação. As comunicações foram publicadas em CD e os textos das conferências e mesas temáticas foram publicados em livro intitulado Ação, Justificação e Legitimidade.
O “III Congresso Internacional de Filosofia Moral e Política” tratou da questão da Responsbilidade, em seus diferentes aspectos, e contou com a presença de John Dudley (Katholieke Universiteit Leuven), Marcelo Boeri (Universidad Alberto Hurtado), Roberto Bolzani (USP), Inara Zanuzzi (UFRGS), Andrew Eshleman (University of Portland), Wilson Mendonça (UFRJ), Cinara Nahra (UFRN), Denis Coitinho Silveira (UNISINOS), Javier Echeñique (PUC – Chile/Oxford University), Francisco Bertelloni (Universidad de Buenos Aires), Carlos Ferraz (UFPel). Como resultado, tivemos a publicação de um livro intitulado Sobre Responsabilidade com as conferências e mesas temáticas, bem como a publicações dos Anais de Comunicação (link).
O “IV Congresso Internacional de Filosofia Moral e Política” teve como tema “Normatividade e Racionalidade Prática”. Novamente, o evento contou com a participação de influentes pesquisadores, cujos trabalhos e considerações aproximam teorias clássicas e recentes da Filosofia Moral e Política de problemas atuais. Nesse sentido, a exemplo do que ocorreu nas edições anteriores, o evento contou com conferências proferidas por pesquisadores brasileiros e estrangeiros, bem como com minicursos, mesas redondas e comunicações, atividades que promoverão a reflexão e a discussão especialmente sobre o tema da normatividade e racionalidade prática. Contamos, nesta oportunidade, com as contribuições para as conferências de Cristoph Horn (Universität Bonn), Roberto Pich (PUCRS), Giuseppe Lorini (Universitá degli Studi di Cagliari, Itália) e Heiner Klemme (MLU Halle-Wittenberg). As mesas-redondas contaram com a participação de Juvenal Savian (UNIFESP), Alfredo Culleton (UNISINOS), Denilson Werle (UFSC), Christian Hamm (UFSM), Robinson dos Santos (UFPel) e Konrad Utz (UFC), além de um mini-curso sobre a concepção de pessoa nos diferentes contextos normativos ministrado por Walter Valdevino Oliveira Silva (UFRRJ) e comunicações de professores e alunos de pós-graduação. O textos das conferências e mesas temáticas foram publicados em livro intitulado Normatividade e Racionalidade Prática, assim como as comunicações disponibilizadas em Anais de Comunicação (link).