Cidades-Irmãs

Os acordos de cidades-irmãs são uma das possibilidades que os municípios possuem de promover suas relações internacionais. Geralmente, a iniciativa surge de contatos – culturais, sociais, econômicos, políticos, esportivos, entre outros – que os governos locais formalizam por meio da assinatura de um documento. Um documento de cidades-irmãs não segue um padrão quanto à forma e ao conteúdo. Ao redor do mundo, estes instrumentos abrangem a promoção das relações de cooperação, amizade e paz entre as partes envolvidas e as sociedades.

No campo das Relações Internacionais, esse instrumento de política pública internacional é discutido no contexto da diplomacia subnacional, também conhecida como Paradiplomacia. A Paradiplomacia caracteriza-se pelo envolvimento dos governos subnacionais (estados federados ou municípios) na formulação de objetivos e metas de política externa próprios, em compatibilidade com os objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil elencados na Constituição Federal de 1988. 

Exemplos de ações típicas da Paradiplomacia são: estabelecimento de secretarias para assuntos internacionais, estabelecimento de escritórios no exterior, assinatura de acordos e convênios com outros atores internacionais, cooperação internacional, participação municipal ou estadual em feiras e eventos internacionais de negócios, captação de recursos de estrangeiros, estabelecimento de vínculos com cidades-irmãs, intercâmbio de “boas práticas” de políticas públicas, entre outros. 

O contexto da globalização promoveu mudanças em quase todos os países do cenário global, tornando os fluxos políticos, sociais e econômicos cada vez mais intensos. Esse contexto abre oportunidades para que estados federados e municípios também internacionalizem suas atividades, por meio das ações paradiplomáticas. 

O projeto de extensão Cidades-Irmãs, vinculado ao Curso de Bacharelado em Relações Internacionais da Universidade Federal de Pelotas, está comprometido com o município de Pelotas-RS, focando nas suas cidades-irmãs. Por meio das suas atividades, contribui para reforçar fundamentos da gestão pública internacional profissionalizada, bem como, difundir informações sobre as cidades-irmãs. 

Observação

No Brasil, cidades-irmãs e cidades-gêmeas não são sinônimos. A definição de cidades-gêmeas consta da Portaria do Ministério do Desenvolvimento Regional No. 2.507 de 05 de Outubro de 2021:  https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-2.507-de-5-de-outubro-de-2021-350617155

 

Apoio do Consulado Geral do Uruguai em Porto Alegre

A Equipe do projeto de extensão Cidades-Irmãs conta com o apoio do Consulado Geral do Uruguai em Porto Alegre, para a divulgação da cidade-irmã Colônia do Sacramento. A Sra. Liliana Buonomo, Cônsul Geral do Uruguay no Rio Grande do Sul, facilitou a informação das atividades do projeto junto ao Diretor de Turismo da Intendência de …

Leia mais

Oportunidades de bolsas de estudo no Japão

O projeto de extensão Cidades-Irmãs, realizou no dia 27/10/22 reunião aberta no Auditório 309 Campus II. A conversa contou com a presença da Profa. Renata Peil. Formada em Arte Educação pela Universidade Federal de Pelotas. Formada em curso de treinamento como bolsista do Ministério da Educação do Japão com pesquisa em Arte Educação Japonesa na Universidade Gakugei Tóquio. …

Leia mais

Projeto de Extensão Cidades-Irmãs se reúne com o Presidente da Câmara Municipal de Pelotas

Na manhã do dia 16 de setembro de 2022, a Profa. Silvana Schimanski coordenadora do projeto de extensão cidades-irmãs, acompanhada das colaboradoras Ana Lucia Capelari, Rafaella Gonçalves Santos e Ana Carolina Rodrigues se reuniram com o Vereador Marcos Ferreira, atual Presidente da Câmara Municipal de Pelotas, para apresentar os objetivos e metas do projeto e discutir …

Leia mais

Acervo japonês no museu do Colégio Municipal Pelotense, com a Profa. Mariza Dias da Rosa

Na tarde do dia 01 de setembro de 2022 o projeto de extensão Cidades-Irmãs contou com a presença da Professora Mariza Dias da Rosa no mini auditório do CEHUS da Universidade Federal de Pelotas. Na ocasião, a Professora nos contou sobre a sua trajetória como fundadora e coordenadora do Museu do Colégio Municipal Pelotense (de …

Leia mais

Projeto Cidades-Irmãs presente na 28° Fenadoce

O projeto Cidades-Irmãs esteve presente no estande da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) na 28° Feira Nacional do Doce (Fenadoce) na manhã de  19 de junho, representado pelos membros: Amanda Cristina Silva Pinheiro, Ana Carolina Rodrigues, Ana Helena Gerevini Avila, Daniel da Rosa Eslabão e Rafaella Gonçalves Santos. Os objetivos da participação foram: apresentar material …

Leia mais

Fenadoce 2022

O projeto de extensão Cidades-Irmãs, do curso de Relações Internacionais da Universidade Federal de Pelotas, estará presente no evento Fenadoce no dia 19/06/2022 (domingo) das 10h às 12h,  no stand da UFPEL. No dia estaremos apresentando nosso projeto à comunidade e conversando sobre nossas atividades. Convidamos a todos a prestigiarem nosso trabalho e a conhecer …

Leia mais

Translate »