Zilda Arns

A humanidade perdeu, recentemente, um ícone do altruísmo, da ética, da moral e da decência em um trágico designo da natureza que foi o terremoto catastrófico do Haiti que vitimou, dentre milhares de pessoas, Zilda Arns, que como guerreira do humanitarismo, faleceu, dignamente, durante uma de suas batalhas, dentro de uma igreja cercada de sacerdotes.

Zilda Arns

Zilda Arns (Fonte: Pastoral de Criança)

Zilda Arns Neumann, Irmã de Dom Paulo Evaristo Arns, fundou e atuava como coordenadora internacional da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa, organismos de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
A obra de Zilda Arns tinha como objetivo a inclusão social das pessoas menos favorecidas em termos de saúde, alimentação e dignidade humana. Tudo isso, sobre a égide da educação como mola precursora da autonomia dos acolhidos em alcançarem, por si só, esses objetivos de forma auto-sustentável.
O trecho do seu último discurso representa, muito bem, seu idealismo humanitário como pode ser visto a seguir.

Trechos do último discurso de Zilda Arns:
“(…) Sabemos que a força propulsora da transformação social está na prática do maior de todos os mandamentos da Lei de Deus: o Amor, expressado na solidariedade fraterna, capaz de mover montanhas.”Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos” significa trabalhar pela inclusão social, fruto da Justiça; significa não ter preconceitos, aplicar nossos melhores talentos em favor da vida plena, prioritariamente daqueles que mais necessitam. Somar esforços para alcançar os objetivos, servir com humildade e misericórdia, sem perder a própria identidade.
Cremos que esta transformação social exige um investimento máximo de esforços para o desenvolvimento integral das crianças. Este desenvolvimento começa quanto a criança se encontra ainda no ventre sagrado da sua mãe. As crianças, quando estão bem cuidadas, são sementes de paz e esperança. Não existe ser humano mais perfeito, mais justo, mais solidário e sem preconceitos que as crianças. Como os pássaros, que cuidam de seus filhos ao fazer um ninho no alto das árvores e nas montanhas, longe de predadores, ameaças e perigos, e mais perto de Deus, devemos cuidar de nossos filhos como um bem sagrado, promover o respeito a seus direitos e protegê-los.”
Discurso de Zilda Arns (
Haiti, 12 de janeiro de 2010).
Veja mais sobre o último discurso.

A Universidade, no seu papel de difusão e fomento da educação, deve inspirar-se na obra de Zilda Arns e manter vivo o espírito de humanitarismo, ética, inclusão, acolhimento e educação como agente multiplicador da obra dessa grandiosa mulher.

Bibliografia

Pastoral da Criança: Trechos do último discurso de Zilda Arns e Discurso da Doutora Zilda Arns Neumann proferido no Haiti no dia 12 de janeiro de 2010.
Wikipedia – a enciclopédia livre: Zilda Arns.

Ligações Externar

CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).
Pastoral da Criança.
Pastoral da Pessoa Idosa.

Dos Editores.

Publicado em 26/01/2010, em Notícias.