Sobre a graduação

O curso de graduação em Antropologia, criado em 2008, faz parte do Departamento de Antropologia e Arqueologia do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Pelotas. Está inserido em um movimento de (re) aproximação estratégica, oportuna e inovadora entre a Antropologia Social e Cultural e a Arqueologia no país.
Trata-se de um bacharelado voltado para uma formação holística, de caráter inter, multi e transdisciplinar, aliando saberes técnico-científicos com compromissos éticos e sociais inerentes aos ofícios de antropólogo sociocultural e arqueólogo. Esta perspectiva profissional também vai ao encontro de demandas da sociedade e do mercado de trabalho: prefeituras municipais, governos estaduais, FUNAI, INCRA, MPF, empresas de consultoria científica, ONGs, educação superior etc.

Para tanto, a graduação conta com técnicos capacitados e com um corpo docente experiente e qualificado nas melhores universidades do país e do exterior. Também funciona com o apoio de laboratórios, grupos de pesquisa e núcleos de estudo, nos quais são desenvolvidas atividades de ensino, pesquisa e extensão, orientadas pela busca de um equilíbrio entre teoria e prática.

Em 2014 o curso foi avaliado pelo MEC, recebendo nota 4 (sendo 5 a nota máxima).

Projeto Pedagógico