Início

O encontro internacional ‘Máquinas, Corpos e Grafias: Mediações Antropológicas sobre IA, Tecnopoéticas e Sensorialidades’ será realizado em formato híbrido, presencial e online, entre os dias 25 e 27 de setembro de 2024, com sede virtual em PelotasRS e organização do Laboratório de Ensino, Pesquisa e Produção em Antropologia da Imagem e do Som da Universidade Federal de Pelotas (LEPPAIS/UFPel), em comemoração ao seu 16º aniversário.
O evento visa integrar a comunidade que trabalha sobre relações entre seres humanos e seres-não-humanos maquínicos, cultura digital e interface entre criatividade e tecnologias, sobretudo aquelas relacionadas às Inteligências Artificiais (IAs), robótica, processos poéticos e suas interações com a antropologia visual e multimodal em diálogo com outras áreas do conhecimento (Computação, Artes, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia, Enfermagem, Letras, Psicanálise), proporcionando espaço para debate, troca de experiências acadêmicas e incentivo a abordagens inovadoras em pesquisas de campo e restituição social de seus resultados.
Busca-se estabelecer conexões com instituições de ensino nacionais, incluindo universidades e institutos federais, bem como com a comunidade em geral, investindo também na internacionalização da rede de pesquisa relacionada ao tema.

Programação

Quarta-feira
(25/09)
Quinta-feira
(26/09)
Sexta-feira
(27/09)
9h30- 11h30 Mesa Redonda Grupos de Trabalho Mesa Redonda
14h- 16h Oficina 1: IA
generativa
Oficina 2: Interfaces Tangíveis e Interação
Multimodal
Oficina 3: Tambores de candombe
16h30-17h30 Abertura de
exposição
Lançamento de dossier e conversa com autoras/es Mostra (audio)visual e musical
19h Conferência de
abertura
Mostra (audio)visual Conferência de encerramento

 

Organização

Cláudia Turra Magni
Daniele Borges Bezerra
Deivid Garcia Viegas
Frederico Dal Soglio Reckziegel
Guilherme Corrêa
Hamilton Bittencourt
Lisandro Moura
Isabel Ferreira Vargas
Reginaldo Tavares
Guillermo Gómez
Vinicius Teixeira
Vitoria de Lima

 

REALIZAÇÃO

 

FINANCIAMENTO

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico- CNPq
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul – FAPERGS