Apresentação

A pesquisa intitulada “Conhecimento sobre alimentação saudável e adequação às recomendações alimentares e nutricionais brasileiras: indissociabilidade entre a pesquisa epidemiológica, ensino e extensão na atenção nutricional no âmbito do SUS”, tem por objetivo desenvolver atividades de pesquisa, ensino e extensão, de forma indissociável, relacionadas com a atenção nutricional para o enfrentamento e controle da obesidade junto aos municípios das três Coordenadorias Regionais de Saúde, do Estado do Rio Grande do Sul.

Este projeto foi selecionado e está sendo financiado com recursos da Chamada Pública:  CNPq/Ministério da Saúde/Secretaria de Atenção à Saúde/Departamento de Atenção Básica/Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição No26/2018 – ENFRENTAMENTO E CONTROLE DA OBESIDADE NO ÂMBITO DO SUS. Trata-se de um estudo nacional, que será realizado em 22 estados do país

A Coordenação do Projeto está sob a responsabilidade da Universidade Federal de Pelotas, em colaboração com a Universidade de Passo Fundo, Universidade de Santa Maria, Universidade Federal da Fronteira Sul, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, e anuência da Secretária Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul e das 3a, 6ª e 15ª Coordenadorias Regionais de Saúde.

OBJETIVO: 

Pretende-se avaliar o conhecimento sobre alimentação saudável, bem como identificar fatores associados e, verificar se o mesmo está em consonância com as recomendações alimentares e nutricionais oficiais brasileiras, encontradas no Guia Alimentar ou em materiais e diretrizes da Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN), Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) e Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS), do Ministério da Saúde, por meio de um estudo transversal que tem como população alvo gestores, profissionais da atenção básica e uma amostra representativa da população atendida nesses serviços, em municípios que constituem as 3a, 6ª e 15ª Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS) do Estado do Rio Grande do Sul.

Pretende-se ainda, avaliar o estado nutricional população alvo, visando identificar prevalências de sobrepeso e de obesidade para diagnóstico pré-intervenção e posterior avaliação de possíveis mudanças.