Convite – Defesa de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do aluno Everaldo Antonio Goi

Nós, da comissão de TCC do CSTTT, queremos convidá-los para a defesa de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do aluno Everaldo Antonio Goi, sob a orientação da professora Clara Natalia Steigleder, com o trabalho intitulado Educação para o Trânsito no ensino médio: Um Estudo sobre a percepção dos alunos.
 
Dia: 24 de junho de 2021
Horário: às 19h
Banca avaliadora: 
– banca externa: professor Júlio Almeida (EPTC)
– banca CSTTT: professora Raquel da Fonseca Holz
– Orientadora CSTTT: professora Clara Natalia Steigleder
.
Link para a sala online enviada por e-mail.
.
Esperamos a todos!

Orientações quanto ao começo do semestre 2020/2

Prezados(as), alunos(as)
.
Disponibilizo vídeo com orientações da Universidade sobre o começo do semestre letivo e o formulário a ser preenchido pelos alunos que não puderem realizar matrícula. O formulário deve ser entregue ao Colegiado do CSTTT, por meio do e-mail secretaria.csttt@gmail.com, até dia 26/03.
.
.

Todas as informações sobre datas e sobre o começo do semestre estão contidas no vídeo

.
Att,
A Secretaria
.

Cocepe aprova Calendário Acadêmico 2020 com Ensino Remoto Emergencial

Prezados(as),

O Conselho Coordenador do Ensino da Pesquisa e da Extensão (COCEPE) aprovou Calendário Acadêmico 2020 com Ensino Remoto Emergencial no contexto da Pandemia do COVID-19.

Confira os documentos na íntegra:

Portaria nº 1447/2020, referente ao Calendário Acadêmico 2020 – Portaria 1447.2020 – Cal. AcadSEI_23110.023032_2020_93

Parecer Normativo nº 20/2020, que aprova Calendário Acadêmico com Ensino Remoto Emergencial no contexto da Pandemia do COVID-19, na Universidade Federal de Pelotas – Parecer Normativo nº 20.2020 SEI_23110.023032_2020_93 (1)

http://ccs2.ufpel.edu.br/wp/2020/09/17/cocepe-aprova-calendario-academico-2020-com-ensino-remoto-emergencial/

Att,

A Secretaria

Pesquisadores do Curso de Transporte Terrestre, da UFPel, coordenam pesquisa sobre impactos do COVID-19 nos deslocamentos de alunos

​Pesquisadores do Curso de Transporte Terrestre resolveram somar-se aos esforços já realizados pela Universidade em pesquisas sobre o COVID-19 e propor uma investigação conjunta com outras Instituições de Ensino sobre o impacto das medidas adotadas para deter a contaminação pelo Covid-19 na vida dos estudantes universitários do Rio Grande do Sul. O objetivo é saber a percepção dos alunos quanto aos seus “novos” deslocamentos em relação aos deslocamentos anteriores, como as mudanças impostas para deter a contaminação estão alterando as escolhas realizadas na área de transportes e impactando na mobilidade das cidades.

O estudo é coordenado pelas profas. Raquel da Fonseca Holz e Clara Natalia Steigleder, e conta com a participação de aproximadamente 40 pesquisadores entre docentes e alunos das 20 Instituições de Ensino envolvidas. “Considera-se que o estudo trará benefícios à sociedade como um todo, pois o conhecimento produzido com esta pesquisa, depois de publicado, poderá vir a contribuir com os gestores públicos e privados na área de transportes e mobilidade” afirma a profa. Raquel Holz.

Além disso, o estudo pode contribuir para definir políticas de acesso à universidade no tocante aos transportes, especialmente para aqueles estudantes que são hipossuficientes e muitas vezes não possuem recursos para custear seu deslocamento para estudo. As informações coletadas na pesquisa poderão servir aos dirigentes das Instituições de Ensino (IE) para planejar a volta às atividades presenciais após a pandemia, além de entender as condições dos seus alunos durante este período, em relação a sua mobilidade.

O projeto está sendo submetido à Plataforma Brasil e, depois de aprovado, passará pelos Comitês de Ética em Pesquisa de cada IE, para depois ser realizado o levantamento em si.

Nota do Colegiado do CSTTT sobre a impossibilidade de oferecimento de disciplinas durante a vigência do calendário alternativo

          Diante da situação de pandemia a qual estamos todos vivenciando, e levando-se em consideração a suspensão do calendário acadêmico 2020 e, por consequência, das aulas presenciais, a UFPel, por meio do Comitê Interno para Acompanhamento da Pandemia, estuda e  busca alternativas para oferecimento de aulas e atividades não presenciais. Nesse contexto, surgiu o calendário alternativo da Universidade, que buscou dirimir algumas das principais demandas discentes. Entretanto, na situação circunscrita ao CSTTT, diante da orientação da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (SERES/MEC) às Universidades e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, atividades que tenham caráter e/ou carreguem em suas nomenclaturas o termo “prático”, não poderão ser oferecidas no contexto do calendário alternativo da UFPel. Diante desse quadro, todas as disciplinas do CSTTT, de acordo com o seu Plano Pedagógico do Curso (PPC), têm distribuídas em suas cargas horárias atividades práticas. Portanto, de acordo com a orientação da SERES/MEC, considerando o caráter da distribuição da carga horária do curso, está vedado o oferecimento de disciplinas pelo CSTTT nesse momento. O Colegiado do curso recebeu com surpresa e consternação essa informação, mas entendendo a situação dos nossos alunos e alunas, que vislumbram a volta do oferecimento de disciplinas e de alguma normalidade acadêmica, o Colegiado buscará dirimir parcialmente esses anseios por meio de atividades permitidas pelo MEC, tais como as de pesquisa, ensino e extensão que possam ser realizadas de maneira remota.

Em anexo, PARECER NORMATIVO Nº 12, DE 28 DE MAIO DE 2020, da UFPel, PORTARIA Nº 343, DE 17 DE MARÇO DE 2020, do MEC, Comunicado da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (SERES/MEC) e PARECER NORMATIVO Nº 13, DE 28 DE MAIO DE 2020, da UFPel.

Parecer_Nornativo_n__12_de_28.05.2020___SEI_23110.013013_2020_59

Portaria 343 MEC_DOU

Comunicado SERES_Aulas práticas Port 343 MEC

Parecer_Nornativo_n__12_de_28.05.2020___SEI_23110.013013_2020_59

 

Att,

O Colegiado