Início do conteúdo
    Notícias
  • EDITAL PARA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA DE PESQUISA, EXTENSÃO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

    PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE

    BOLSISTA DE PESQUISA, EXTENSÃO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

    CONVÊNIO 02/2020 SICONV Nº 902365/2020, PROJETO AÇÕES E METAS DE ESTUDOS, INVENTÁRIO E DIAGNÓSTICO DO DISTRITO DE IRRIGAÇÃO DO CHASQUEIRO (DIC), LOCALIZADO EM ARROIO GRANDE/RS

    O Diretor Financeiro da Fundação Delfim Mendes Silveira, Prof. Sergio da Silva Cava, no uso de suas atribuições estatutárias, torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para contratação de bolsistas de pesquisa e extensão: 4 (quatro) bolsistas, com cadastro de reserva, pelo período de 6 (seis) meses, nos termos da Lei 8.958/1994, Lei 10.973/2014, Decreto 7.423/2014, Lei 13.243/2016 e Resolução CONSUN/UFPel n° 58/2021 para o Projeto “AÇÕES E METAS DE ESTUDOS, INVENTÁRIO E DIAGNÓSTICO DO DISTRITO DE IRRIGAÇÃO DO CHASQUEIRO (DIC), LOCALIZADO EM ARROIO GRANDE/RS”, com vistas ao Convênio 02/2020 celebrado entre a Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e a Fundação Delfim Mendes Silveira (FDMS).

    EDITAL-No-09-DE-27-DE-SETEMBRO-DE-2021

    RESULTADO-DA-PRIMEIRA-ETAPA

    RESULTADO-DA-SEGUNDA-ETAPA

  • Evento sobre Capacidades Governativas

         A ALM participará de evento para a discussão sobre Capacidades Governativas de municípios brasileiros em diferentes contextos e escalas regionais.

         Desde o ano de 2020, a ALM vem construindo relevante parceria com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para realização de um estudo-diagnóstico junto aos gestores municipais de cidades da Bacia Hidrográfica Mirim-São Gonçalo.

         A partir das percepções do próprio território, o estudo terá por objetivo identificar as oportunidades e desafios em termos de políticas públicas relacionadas a temas como faixa de fronteira, cidades-gêmeas e à própria bacia hidrográfica transfronteiriça

    Sobre o evento:

     

         A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em parceria com a Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano (SMDRU-MDR), realizará no dia 20 de setembro de 2021 (segunda-feira), das 14h às 16h30, o evento “Capacidades Governativas de municípios brasileiros em diferentes contextos e escalas regionais”. A ocasião visa divulgar os projetos de pesquisa sobre o fortalecimento das capacidades governativas dos entes subnacionais desenvolvidos por universidades de diferentes regiões brasileiras.

     

        O Seminário terá caráter aberto e será divulgado nos canais institucionais das universidades através do link: https://www.youtube.com/watch?v=EdKJZjGditA. Entre os objetivos do evento, estão: o estímulo de parcerias institucionais que colaborem na disseminação de conteúdo técnico e acadêmico sobre as capacidades governativas dos entes subnacionais; a promoção de troca de conhecimentos sobre os diferentes contextos e escalas regionais das pesquisas e o apoio institucional na divulgação dos instrumentos da Portaria n° 2.652, de 11 de Novembro de 2019, que estabelece o Programa de Fortalecimento das Capacidades Governativas dos Entes Subnacionais no âmbito do MDR.

     

    Confira a programação do evento:

     

    • 14h: Abertura do Seminário;
    • 14h20: UFRN – Capacidades governativas de municípios do Rio Grande do Norte com até 50 mil habitantes;
    • 14h40: UFCA – Diagnóstico da governança interfederativa nos municípios da Região Metropolitana do Cariri;
    • 15h: UFOPA – Diagnóstico de gestão territorial dos municípios lindeiros à BR-163/PA;
    • 15h20: UFVJM – Fortalecimento de Capacidades Governativas em Municípios do Médio e Baixo Jequitinhonha e do Vale do Mucuri – MG;
    • 15h40: UFPel – Diagnóstico das Oportunidades e dos Desafios para os municípios da Bacia Hidrográfica Mirim São Gonçalo na Faixa de Fronteira;
    • 16h: Debates e questões;
    • 16h30: Encerramento.

  • I Jornada Integrada de Pesquisa e Extensão da Agência de Desenvolvimento da Lagoa Mirim

              A Agência de Desenvolvimento da Lagoa Mirim (ALM) promove, entre os dias 8 e 9 de julho de 2021, a 1ª Jornada Integrada de Pesquisa e Extensão (JIPE). O Evento realizado de forma online, visa compartilhar, desenvolver, e fomentar atividades no âmbito da bacia hidrográfica Mirim-São Gonçalo (BHMSG), em consonância com os objetivos da ALM, em especial no campo da pesquisa e extensão, resultados que potencializam o desenvolvimento regional no território. O evento contará com a participação de alunos de graduação, pós-graduação, professores, e técnicos administrativos que atuam em projetos coordenados pela ALM nas mais variadas áreas de interesse para as políticas de gestão e manejo do território e das águas transfronteiriças da BHMSG.

     

    Para assistir, basta acessar a sala virtual.

     

    Cronograma JIPE_2021

  • Instalação de Estação de Monitoramento Hidrometeorológico no Rio Jaguarão

         Com essa bela vista do Rio Jaguarão, o grupo de pesquisas NEPE-HidroSedi, da Universidade Federal de Pelotas, em parceria com Agência de Desenvolvimento da Lagoa Mirim-ALM, iniciaram nesta terça-feira (25/05/2021), o monitoramento de variáveis hidrológicas neste curso d’água.
         Na ocasião, foi instalada uma estação hidrometeorológica no Iate Club de Jaguarão, na margem esquerda do Rio Jaguarão, divisa com a cidade uruguaia de Rio Branco. A estação instalada realizará a obtenção de dados de nível d’água, precipitação, temperatura e umidade relativa do ar, direção e velocidade dos ventos, transmitindo, por telemetria os dados em tempo real, capaz de auxiliar no monitoramento ambiental da bacia hidrográfica Mirim-São Gonçalo. Associado a essa estação está uma seção de réguas linmétricas para validar os sensores de níveis para manter os dados obtidos consolidados no tempo.
         Essa iniciativa permitirá a constituição de uma série história de dados que auxiliem em estudos ambientais, modelagem hidrológica no âmbito da Bacia Hidrográfica Mirim-São Gonçalo, permitindo avanços na gestão de águas da região e aportando informações capazes de permitir o desenvolvimento regional sustentável.
         O grupo NEPE-HidroSedi, junto à ALM, espera contribuir com a comunidade local de Jaguarão, assim como a comunidade científica na produção de materiais técnico-científicos acerca de temáticas que estejam próximas dos anseios e avanços necessários para que os atores do território sejam protagonistas das necessárias transformações para o bem-estar de sua gente e dos seus espaços.

     

  • A eclusa do São Gonçalo retoma operação nesse sábado (27)

    A contar de sábado, dia 27 de março, a eclusa do São Gonçalo operará nos seus horários habituais: 09, 11, 14 e 17 horas, permitindo o trânsito de embarcação em ambos os sentidos do Canal São Gonçalo.

    A Agência de Desenvolvimento da Lagoa Mirim (ALM) da Universidade Federal de Pelotas, desde o dia ontem dia 09 de fevereiro, terça-feira, por conta de rompimento de cabo de içamento de uma comporta da câmara de eclusagem, estava com suas operações canceladas.

    Com esforço institucional, foram concluídas as tarefas necessárias à recuperação da estrutura hidráulica, com troca de cabo de inox, pinos e ajustes no sistema eletromecânico do sistema, responsável pela eclusagem da comporta de montante. Para tanto foram empregadas estratégias que exigiram atividades de mergulhadores e demais operações técnicas para retirada e recolocação dos cabos e estruturas de apoio.

    Essa é foi uma ação corretiva necessária e, para os próximos meses, a ALM projeta, apoiada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, realizar tarefas de manutenção preventivas que permitam segurança aos usuários desse sistema.

    Estrutura vital para a região

    A estrutura da barragem-eclusa chegou a 44 anos de funcionamento nesse mês de março, que permite segurança hídrica aos usuários desse sistema regional. Desde a década de 1990, após a extinção da Superintendência de Desenvolvimento do Sul (SUDESUL), a UFPel recebeu a estrutura administrativa da ALM que é responsável pela sua manutenção e operação.

    A barragem e eclusa são estruturas hidráulicas, dispostas no Canal São Gonçalo, construídas entre 1974 e 1977, nas quais foram investidos recursos de mais de 50 milhões de dólares à época. Sua construção e estabelecimento teve a intenção de impedir a intrusão salina das águas do mar, através da Lagoa dos Patos e Canal São Gonçalo para a Lagoa Mirim. Elas são estruturas indispensáveis ao desenvolvimento regional, que também garantem atividades consolidadas na região, tais como captação de água doce para consumo humano e uso desse recurso para a irrigação, importante no cenário econômico regional.

  • Interrupção temporária das operações da eclusagem na Eclusa do São Gonçalo

    A ALM informa que as operações de eclusagem no Canal São Gonçalo estão temporariamente interrompidas, sem data para retorno.
    A causa dessa interrupção  se deve a dano causado durante uma manobra na comporta de montante da câmara de eclusagem, ontem dia 09, terça-feira, no final da tarde, com rompimento de cabo de içamento.
    Já foi agendada com equipe de mergulho as necessárias averiguações, in loco, para que medidas emergenciais sejam tomadas e as necessárias correções e consigamos retomar a operação.
    Pedimos a compreensão dis usuários e apontamos que a equipe da ALM-UFPel não está medindo esforços para que se restabeleça a normalidade.