Coredesul e Núcleo de Desenvolvimento Sustentável visitam a Reitoria

O reitor da UFPel, Pedro Hallal, recebeu, nesta segunda-feira (13), visita dos representantes do Conselho Regional de Desenvolvimento da Região Sul (Coredesul) e do Núcleo Regional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (PNUD) da ONU. Na oportunidade, acompanhado do assessor da Reitoria, Gilberto Loguercio Collares, do pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento, Otávio Peres,  e do diretor da Agência de Desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim (ALM), Bruno Vieira, o reitor reafirmou os compromissos e o papel estratégico da UFPel para o desenvolvimento regional do extremo sul do Brasil.

A presidente do Coredesul, Roselani Silva, destacou as atribuições e desafios do Conselho, além da necessária presença e articulação das ações entre as instituições. Roselani também ressaltou a forma responsável com a qual a equipe do professor Hallal desenvolveu e participou da elaboração das propostas da Instituição, inseridas no processo de atualização do Plano de Desenvolvimento da Região Sul (2017-2030), tais como a reforma do Grande Hotel, os blocos 2 e 3 do Hospital-Escola, Parque Urbano UFPel-Anglo, o Mercosul Multicultural (espaço de eventos da UFPel) nas antigas instalações da Brahma, Planetário da UFPel, a Casa dos Museus, nas antigas instalações da Laneira, e o projeto de um Sistema de Mobilidade Interuniversitária UFPel Anglo-Centro/Pelotas-Capão do Leão.

Dos representantes do Núcleo Regional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (PNUD) da ONU, Suzana Neves, João Francisco Neves e Maurício Pinto da Silva (UFPel), o reitor e equipe conheceram as principais ações e projetos já desenvolvidos, ouviram o destaque da importância da Universidade e o reforço da necessidade da conjugação de esforços para uma agenda comum, com a participação de professores, técnicos e alunos de diversos cursos, em diferentes frentes para o estabelecimento de ações para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (2016-2030).

De acordo com o professor Maurício, o desafio do Núcleo Regional é viabilizar a participação da sociedade e das diversas Instituições no processo de municipalização, potencializando o atingimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável na área de abrangência do Coredesul em áreas como a erradicação da pobreza, segurança alimentar e agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento econômico inclusivo, infraestrutura e industrialização, governança.

De acordo com Suzana Neves, o Núcleo Regional dos ODS, estabelecido desde dezembro de 2014, tendo como Instituição ancora o Coredesul, buscará alcançar todos os municípios da zona sul do Estado, sendo a cooperação da UFPel e da Agência de Desenvolvimento da Lagoa Mirim fundamental, para viabilizar ações e projetos relacionados, agora, aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), emanados desde a Conferência Rio+20.

Publicado em 16/03/2017, em Sem categoria.