Necropsias

Requisição de Necropsias

cãoPor: Luisa Mariano

Evelyn Anne de Oliveira

A necropsia é um exame externo e interno, feito no animal pós-óbito, com o objetivo de identificar a causa da morte e/ou de lesões por meio de uma avaliação completa e sistêmica dos órgão, tecidos e cavidades.

Este exame exige um alto grau de conhecimento. Recomenda-se que a necropsia seja executada, sempre que possível, por um patologista veterinário, já que este possui familiaridade com as diferentes lesões determinadas por agentes infecciosos ou processos metabólicos das diferentes espécies.

Na necropsia também é possível que se recolha material para exames complementares como histopatológico ou toxicológico.

Em medicina veterinária este procedimento é de suma importância, pois além de ajudar o tutor no fechamento do ciclo com seu animal, pode o ajudar a prevenir e/ou tratar doenças infecciosas no caso deste possuir outros animais. Em casos de animais de rebanho, pode-se prevenir surtos, e dessa forma evitar também uma perda econômica significativa ao proprietário, devido à óbitos e gastos com tratamentos.

Existem doenças que também podem possuir caráter zoonótico, ou seja, podem ser transmitidas aos seres humanos. Nestes casos o proprietário ou tutor deve receber orientação sobre exames preventivos e testes diagnósticos, além de orientação de higienização correta do local que o animal habitava.

É importante que o cadáver esteja em boas condições para a realização da necropsia e coleta de material viável para o processamento. Dessa forma, deve ser realizada o mais rápido possível após o óbito do animal, a fim de evitar qualquer alteração no exame

Este exame pode ser o único a dar o diagnóstico preciso da causa morte do animal em casos de doenças superagudas e assintomáticas, e informar ao clínico veterinário a extensão e a gravidade de determinada condição patológica, tal como metástases e outros. É o melhor meio de comparação dos sinais clínicos do animal enfermo, com lesões que não eram visíveis ou aparentes durante a vida, permitindo que o veterinário venha fazer identificação de casos semelhantes no futuro, com mais rapidez e precisão.

Por vezes, a necropsia é o único meio para diagnóstico de certas doenças, já que somente a necropsia permite o acesso a alguns órgãos, imprescindíveis ao diagnóstico de doenças que acometem animais de companhia, de produção ou silvestres.