Início do conteúdo

Estão abertas as inscrições de pedidos de bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal de Pelotas está divulgando, através do Departamento de Pesquisa e Iniciação Científica, os editais 2014/2015 dos programas de bolsas de iniciação científica e tecnológica.

Os editais deste ano contêm novidades e, por isso, a PRPPG estimula fortemente uma leitura detalhada neste material para dirimir eventuais dúvidas e evitar erros que acabem por prejudicar a competitividade dos pedidos.

A primeira novidade é a concorrência dentro das áreas de avaliação das grandes áreas. Esta mudança procura dar condições de equidade quanto à avaliação do CV Lattes dos pesquisadores para que não haja assimetrias muito grandes quanto a pontuação do CV Lattes.

A segunda mudança é a modificação do formulário de envio das propostas. Neste ano existem duas possibilidades de envio: iniciação científica (4 editais) e iniciação tecnológica (2 editais). Neste formulário deverão ser anexados projeto, plano de trabalho, ficha de avaliação e CV Lattes em PDF.

Uma terceira modificação é quanto à participação dos pesquisadores nas áreas de avaliação. Um pesquisador somente poderá participar em uma área de avaliação, mesmo que faça mais de uma solicitação em editais distintos.

O plano de atividades apresentado no edital para bolsas PBIP pode ser o mesmo que foi apresentado no PBIC, PROBIC ou PBIP_AF.

Para concorrer as bolsas, o projeto deverá estar cadastrado no COBALTO ou ter passado e sido aprovado em todas as instâncias de suas unidades acadêmicas chegando até o dia 26 de maio na PRPPG. Estes servirão como base de consulta ao Plano de Atividades e deverão ter vigência, de pelo menos o prazo da bolsa de iniciação científica e/ou tecnológica que será 31 de julho de 2015.

A distribuição de bolsas por área também foi modificada. Neste ano, todas as propostas submetidas e que estejam de acordo com as exigências de cada edital irão contabilizar para esta distribuição, que será proporcional a demanda qualificada de cada área de avaliação, baseando-se em 50% da MEDIANA do número de solicitação para cada edital.

A planilha de pontuação também sofreu modificações para se adequar a ordem do CV Lattes e também para incluir especificidades de grandes áreas e de áreas de avaliação.

Por fim, diminuímos a porcentagem de adição de pontos dos pesquisadores que são bolsistas PQ de 20% para 15 da pontuação total e incluímos uma adição de 5% da pontuação total para os coordenadores de projetos de pesquisa com financiamento que tenham demonstrado isso na Matriz Docente.

Ressaltamos que as inscrições irão até o dia 26 de maio de 2014.

Publicado em 15/05/2014, em Notícias.