Início do conteúdo
    Notícias
  • Seleção de posdoc na área de Física Estatística

    O Programa de Pós-Graduação em Física da UFPel está selecionando 1 (um) bolsista recém-doutor PNPD/CAPES, para atuar na área de Física Estatística – Modelagem Computacional de Macromoléculas. A seleção está aberta de 10/01/14 a 31/01/14.

    O edital completo pode ser encontrado aqui.

  • Aluno do PPG-Física é premiado no ENPOS 2013

    O discente Rafael Uarth Fassbender do PPG-Física foi premiado no último XV ENPOS 2013 da UFPel, com o trabalho “Crescimento de Cristais nano e meso estruturados de BaHfZrO3 via micro-ondas”. Este trabalho rendeu ao estudante a terceira posição na área de Ciências Exatas. O estudante Rafael desenvolve o seu projeto de Mestrado sob a orientação do Prof. Mario Lucio Moreira.

    O Zirconato de Bário (BaZrO3), é um óxido cerâmico que pertence ao grupo funcional das peroveskitas. Quando dopado com Háfnio (Hf) em solução sólida pelo método hidrotérmico assistido por micro-ondas (HAM), potencializa suas propriedades radioluminescentes. O método hidrotérmico assistido por micro-ondas (HAM), baseia-se no acoplamento diretoda radiação eletromagnética com as moléculas de água, ocorrendo na região das micro-ondas de 2,45 GHz. Esse método de síntese, permite obter o Zirconato de Bário à temperatura da ordem de 140ºC e tempo de patamar de 160 minutos, muito inferiores aos reportados por outras rotas sintéticas. A escolha do Háfnio como um dopante está na sua semelhança química com o Zircônio (Zr), além de apresentar características luminescentes intrínseca, o que acaba influenciando as propriedades radioluminescentes do Zirconato de Bário. Em geral, materiais radioluminescentes possuem elevada densidade e uma alta massa atômica, facilitando assim a absorção de radiação ionizante para convertê-la em luz visível. Essa característica é fortemente dependente da morfologia e principalmente da estrutura eletrônica do BaZrO3. O Zirconato de Bário, na sua forma pura ou dopado com Háfnio, é a única peroveskita que possui intensa emissão radioluminescente à temperatura ambiente, propriedade esta relacionada diretamente com o método de síntese empregado. O interesse nesses materiais encontra-se no cerne da tecnologia moderna, podendo assim ter um potencial de aplicações na área da ótica, eletrônica e aeroespacial.

  • PPG-Física no I ENFISUL

    O Programa de Pós-Graduação em Física (PPG-Física) da UFPel esteve representado no I Encontro de Físicos do Sul (I ENFISUL), realizado em Curitiba de 24 a 26 de Novembro de 2013. A delegação, formada por estudantes e professores do Curso de Mestrado, apresentou os projetos desenvolvidos em Pelotas, tanto na forma oral como de pôsteres. O evento, com quase 250 participantes, reuniu pesquisadores e estudantes dos 3 estados da região sul do Brasil, com atuação nas diversas áreas da pesquisa em física e ensino de física. Os objetivos deste evento englobam a organização de redes de colaboração científica nos 3 estados, organização política dos Programas de Pós-Graduação e mobilidade de estudantes. Um dos principais resultados do I ENFISUL foi a definição da continuidade do evento, uma vez que em 2015 será realizado o II ENFISUL no Rio Grande do Sul, com o PPG-Física na organização geral do evento.

  • Seminários de acompanhento do Curso de Mestrado

    Definido o calendário dos seminários de acompanhamento do Curso de Mestrado:

    1. Seminários de 12 meses (ingressantes em 04/2013): 09/04/2014
    2. Seminários de 18 meses (ingressantes em 08/2012): 11 e 12/02/2014
    • Texto de pré-dissertação: entrega até o dia 31/01/2014

    As orientações para os seminários, elaboração do texto de pré-dissertação e composição das bancas estão disponíveis no link documentos.

  • PPG-Física recebe pesquisador espanhol no dia 06/11/2013

    Na próxima quarta-feira, 06/11/2013, o PPG-Física receberá o pesquisador espanhol Prof. Dr. José Jurado Egea. Com graduação e doutorado pela Universidad Complutense de Madrid, o Professor Egea atua em diversas linhas de pesquisa, dentre as quais a síntese e preparação de materiais cerâmicos e vítreos, micro e nanoestruturados, propriedades elétricas e eletroquímicas de materiais e espectroscopia de impedância complexa. No momento o professor Egea é bolsista PVE-CAPES da UFPel e UFRGS. Durante sua visita, o professor Egea apresentará o seminário Condutores ionicos e mistos, electrides, e polarons para aplicaciones especiais”, as 14:00 horas do dia 06/11/2013 (quarta-feira) na sala 416 do prédio 13 do DF. Abaixo um resumo deste seminário.

    Los cambios en el modelo energético mundial, que demandan las sociedades estan abriéndose camino. La transición hacia las Energias Renovables ya es un hecho, que es aceptado por todos los paises. Además de la crisis del sistema energético se da paralelamenta también la cris de los materiales, especialmente los metales y los polimeros. Los óxidos y los residuos son una fuente renovable e inagotable de materias primas para fabricar componentes con aplicaciones especiales  Los materiales oxidicos tienen propiedades, comportamientos y versatilidades funcionales insólitas, que son utilizados en dispositivos tan importantes como las Células de Combustibles, las Celulas Fotfvoltaicas Nanocristalinas etc. La futura  ingenieria del oxigeno hace posible variar las propiedades electrónicas de los óxidos, produciendo materiales con polarones, o cementos electrides y/o conductores ónicos o ionicos-electronicos mistos. La irrupción del uso racional de los residuos para ser reutilizados y/o reciclados acompañan a los óxidos en la finalidad de optimizar la fabricación de dispositivos cada vez mas esenciales para una vida futura sostenible en nuestro planeta.

  • Seminário do PPG-Física no dia 23/10/2013

    Dando continuidade aos seminários do Programa de Pós-Graduação em Física (PPG-Física), receberemos de 23 a 24 de Outubro a professora Marina Nielsen da Universidade de São Paulo (USP). A professora ministrará o seminário Novidades sobre os estados exóticos do charmonium e bottomoniumpara a comunidade do PPG-Física no dia 24/10/2013, as 10:00 horas, na sala 416 do prédio 13 do IFM, Campus Capão do Leão.

    A professora Marina possui graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1976), mestrado em Física pela Universidade de São Paulo (1981) e doutorado em Física pela Universidade de São Paulo (1988), com estágio pós-doutoral pela Universidade de Maryland (USA) entre 1992-1994. É professora titular da Universidade de São Paulo e bolsista de produtividade em pesquisadora 1B do CNPq. Tem experiência na área de Física Nuclear, com ênfase em Física de Hádrons, atuando principalmente nos seguintes temas: regras de soma da QCD, cálculo de fatores de forma hadrônicos, estados exóticos, uso de métodos não perturbativos, colisão de íons pesados relativísticos. 

    Abaixo apresentamos o título e resumo do seminário que será ministrado.

    Título: Novidades sobre os estados exóticos do charmonium e bottomonium

    As ressonâncias do tipo do charmonium, X, Y e Z, observadas nos últimos anos pelas colaborações Belle e BaBar, e as ressonâncias Xb e Yb, do tipo do bottomonium, também observadas recentemente pela Belle, fornecem um desafio ao nosso entendimento da QCD. Todas essas ressonâncias decaem em estados finais que contem um par c cbar ou b bbar. Portanto elas possuem esses pares como seus quarks constituintes. Entretanto, suas massas e larguras de decaimento não estão de acordo com as predições, baseadas em modelos de quarks, para os estados do charmonium e bottomonium. Assim, essas ressonâncias se apresentam como candidatas a estados exóticos. Eu discuto alguns resultados recentes na espectroscopia desses estados, e algumas interpretações teóricas para eles.