• Bacharelados em Musica
Início do conteúdo
Início

Rematrículas 2019/2 não serão feitas no Cobalto

 

Para 2019/2, o Bacharelado em Música está utilizando um sistema diferente para a solicitação de matrículas.
Ao invés do Cobalto, a solicitação será feita no seguinte formulário:

 

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdBEUrUIGA1mFFxsVGk1VSLEjQy6g7PL9DsDCTFsUCcsnxetA/viewform

A informação foi enviada previamente a TODOS os e-mails dos alunos matriculados, e postada no Facebook do curso.
Esta mudança foi implementada porque o curso tem especificidades que não funcionam bem no sistema de matrículas da UFPel.
Mesmo enviando uma planilha aos alunos com número das turmas, grande parte das matrículas era solicitada em turmas erradas, gerando uma série de inconvenientes.

Citamos a seguir algumas diferenças entre as solicitações pelo Cobalto e as solicitações por formulário:
No Cobalto, as solicitações são armazenadas até o final do prazo, sem matricular ninguém. Após esta data o sistema ranqueia os alunos com uma ferramenta chamada “Ordem de matrícula” (ver Regulamento da UFPel) e matricula alunos até o limite das vagas. A partir daí, os alunos ou são matriculados automaticamente, ou encontram a mensagem “não há vagas disponíveis”.
Na solicitação por formulário, faremos as matrículas em duas etapas:
– Disciplinas obrigatórias: vamos matricular todos assim que recebermos os formulários. Assim, a matrícula em obrigatórias será mais rápida do que era via Cobalto.
– Disciplinas optativas: até o dia 30 ninguém será matriculado, vamos criar uma lista de espera. No dia 01.08, os alunos serão ranqueados pela “Ordem de matrícula” (ferramenta do Cobalto), e nesta ordem serão matriculados até o limite das vagas.
Quando essa fase for concluida, avisaremos aos alunos para que consultem o resultado final das matrículas e possam planejar suas correções.
Portanto, nesse período (26 a 30.07) não faz diferença mandar o formulário antes, ao contrário do que ocorre nas correções, que são feitas por ordem de chegada.

Obs.: há algumas turmas de optativas, especialmente Projeto Especial e Instrumento Complementar, que serão preenchidas com alunos indicados pelos professores, conforme consta na tabela enviada por e-mail, campo “alunos” e/ou “observações”.

Avisos importantes:
– O formulário pede código E nome da disciplina, não é “OU”, são as duas informações; e também pede o número da turma (consta na planilha). Se não identificar esse número, informar ao menos nome do professor.
– Observar que no dia 30 o formulário será encerrado às 12h, para que tenhamos tempo para processamento;
– Evitar mandar e-mails comuns ou mensagens para tratar de matrículas; usar sempre o formulário, utilizando o campo “observações” à vontade para explicações detalhadas, para que tenhamos melhor controle e organização das solicitações;
– Por tratar-se de experiência nova, faremos tudo para cumprir os prazos previstos no calendário da UFPel, mas ainda não temos ideia da velocidade de processamento que será possível.
Sugerimos olhar diariamente o e-mail para possíveis orientações sobre alterações de datas, horários e procedimentos referentes às matrículas.
– Solicitamos aos alunos que se abstenham de procurar presencialmente a Secretaria no período de matrículas, a fim de que possamos atender às solicitações dentro do prazo.
– É bastante provável que haja redução no horário de atendimento presencial no período.

 

Dúvidas podem ser sanadas através dos canais:

E-mail: colegiado.bacharelado.ufpel@gmail.com

Facebook https://www.facebook.com/ufpelmusicabach

 

 

Bacharelados em Música

No ano de 1918, foi fundado o Conservatório de Música na cidade de Pelotas.
O prédio cedido para a instalação, um sobrado situado na esquina da Rua Felix da Cunha com a Rua Sete de Setembro, foi construído entre 1880 e 1881. Nos primeiros anos foi administrado por uma diretoria cujo primeiro presidente era Dr. Francisco Simões e o diretor técnico Professor Antônio Leal de Sá Pereira.

Em 1937, o Conservatório foi municipalizado e a partir de 1970, teve seu Curso de Graduação em Canto e Instrumentos reconhecido pelo Governo Federal.

No ano da fundação da Universidade Federal de Pelotas, em 1969, o Conservatório tornou-se unidade agregada, permanecendo até 1983, quando foi definitivamente incorporado como unidade universitária.

Em 2010 o Conservatório de Música passou a fazer parte do Centro de Artes da UFPel, são oferecidos hoje os cursos de Bacharelado em: Canto, Flauta, Piano, Violão, Violino, Composição, Ciências Musicais e Música Popular.

O turno dos cursos é diurno, com ingresso no primeiro semestre.