Início do conteúdo

Defesa de Tatiana dos Santos Duarte

A exposição as coisas não ditas é um ponto de parada no percurso da artista visual e performer Tatiana Duarte. Convidando-nos a entrar na intimidade de uma ancestralidade apagada, hibridiza nas mais diversas formas e expressão da arte contemporânea o quanto um corpo pode suportar. Nos limiares da fabulação, constrói um espaço-corpo: forma de referência, resistência e estética relacional.
Os afetos que vibram do trabalho, dão vazão à uma poética que desenterra, desamontoa e desemaranha as histórias com sua avó. Memórias são construídas e oxigenadas com lufada performáticas, buscando nas ações encontros de potência infra-ordinária.
Nas palavras da artista, “a terra cobre as histórias, é a resistência perante a vida. As coisas não ditas dizem muito sobre minha avó”. Assumindo um caráter de desapropriação da hegemonia falocentrista, convoca um corpo que reúne fragilidades e sutilezas construtivas de expressões. Posto em ação, o espectador é visto como parte de “um ritual de passagem que encontra as pistas”.
Portanto, o pensamento contemporâneo é posto em evidência e marcado pelas fragmentações descobertas pela poética da artista. A exposição é um abraço contra a banalização das violências e agressões dos povos vulneráveis e apagados. Assim, manifestar como o tempo não é um diluidor de forças, e sim um potencializador de vida.

Exposição as coisas não ditas da artista Tatiana Duarte
Curadoria e texto de apresentação de Thiago Rodeghiero

Abertura da exposição “as coisas não ditas” dia 23 de agosto às 18 horas e banca de defesa de dissertação: “A performance artística a partir das relações com as coisas-memória: artes visuais, afectos e corpo”, dia 27 de agosto às 14 horas na SALA do Centro de Artes da UFPel.

Pesquisa sob orientação da Prof.a Dr.a Eduarda Azevedo Gonçalves – PPGAV / UFPel

Banca examinadora:
Prof.a Dr.a Gisela Reis Biancalana – PPGART / UFSM
Prof.a Dr.a Helene Gomes Sacco – PPGAV / UFPel
Prof.a M.a Alexandra Gonçalves Dias – CEARTE / UFPel

Esta exposição faz parte da pesquisa em artes visuais feita no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais do Centro de Artes/UFPEL com Bolsa de pesquisa Capes.

Publicado em 19/08/2019, em Sem categoria.