Guia do Aluno – Perguntas Frequentes

Passarei a trabalhar na formulação deste guia a fim de auxiliar aos alunos nas dúvidas  mais recorrentes.

Inicio do processo de formulação: 17 de abril de 2014 (guia elaborado com base na orientação atual, caso haja mudanças assim que possível será atualizado).

 

1  – Matrícula dos alunos ingressantes:

Primeiramente, você fará a matrícula diretamente com o departamento de registros acadêmicos (DRA), no qual eles recolherão seus documentos, conferirá sua documentação e dirá que está tudo OK ou que terás que trazer o(s) documento(s) faltante(s) até o dia X. Esse documento deverá ser entregue diretamente no DRA (campus porto – End: Gomes Carneiro nº1).

Caso não tenha faltado nada, o DRA lhe informará que você terá que fazer a confirmação de matrícula no colegiado.

2 – Confirmação de matrícula:

A confirmação de matrícula é destinada somente aos alunos ingressantes (sisu e pave). Alunos que já estão no curso ou vieram por reopção, reingresso e transferência NÃO necessitam fazer a confirmação. O período de confirmação de matrícula está descrito no calendário acadêmico. Chegado o período de confirmação de matrículas, você (ingressante, ressalto) virá até o colegiado assinar uma ata. Feito isso, sua matrícula está correta.

3 – Matrícula de não ingressantes:

A matrícula de alunos que já são do curso é feita totalmente pelo cobalto. Caso você tenha passado agora para o segundo semestre e ainda não acessou, este é o link para o cobalto. Caso você não tenha a senha de acesso, digita seu CPF no campo “esqueceu sua senha” que a mesma será enviada para seu e-mail, cadastrado no período de matrícula. Se o e-mail cadastrado não é mais ativo, você terá que ir ao DRA alterar seu e-mail cadastrado.

Para solicitar a matrícula, depois de logado no cobalto: dentro do prazo, você vai nas abas “aluno “, depois “cadastro” e posterior “solicitação de matrícula”. Passado o período, seguindo o calendário acadêmico, deverá confirmar se as solicitações feitas foram atendidas. Tem como motivo de não atendimento: “falta de vagas” (não há o que fazer), “débito com o DRA” (vá até o DRA resolver a pendência urgentemente) e “quebra de pré-requisito” (você não fez a disciplina que é pré-requisito OU o professor ainda não enviou a nota, se for o primeiro caso não há o que fazer, se for o segundo, dirija-se ao colegiado para tentarmos resolver).

4 – Correção de matrícula:

Caso tenha ficado alguma pendência, há um prazo para correção de matrícula no calendário acadêmico. Para a correção é necessário que seja preenchido este formulário de  correcao matriculas e levado até o colegiado. Se o sistema colaborar (às vezes há instabilidade), tal correção é feita na mesma hora.

5 – Matrícula especial:

Passado o período de correção de matrículas, há o período de matrícula especial, informado também no calendário acadêmico. Esse período serve para que os alunos consigam se matricular em disciplinas de outros cursos.

Caso algum aluno da geografia tenha interesse em se matricular em disciplinas de outros cursos (que não na geografia) é necessário que esta autorizacao de matricula especial  seja trazida preenchida ao colegiado para que seja assinado e carimbado, porém mais importante que a autorização é ir previamente no colegiado do curso alvo verificar se há vagas nas disciplinas de interesse.

Caso o interesse do aluno da geografia seja por disciplinas do outro curso (licenciatura->bacharelado ou bacharelado ->licenciatura) tal autorização não é necessária, necessitando apenas o comparecimento no colegiado dentro do prazo estipulado.

Caso seja aluno de outro curso, pretendendo vagas em disciplinas dos cursos de geografia, informo que sairá (no dia anterior ou no mesmo dia, 1 hora antes do período formal, uma relação com as disciplinas com vaga, o número de vagas e o pré-requisito necessário para matricular em tal disciplina. Cabe aos professores do curso de geografia ministrantes da disciplina informarem se exigirão algum conhecimento prévio, o que geralmente acontece.

6 – Trancamento de disciplinas:

O período de trancamento de disciplinas é aproximadamente 1 mês após o inicio das aulas, determinado também no  calendário acadêmico. A regra para trancamento de disciplinas é que o aluno permaneça com no mínimo 8 créditos (equivalente a 2 turnos inteiros) em disciplinas de seu currículo original (portanto não pode trancar todas as disciplinas do seu currículo e ficar cursando somente as disciplinas em matrícula especial). Para realizar o trancamento basta comparecer ao colegiado, dentro do prazo, com o formulário de  trancamento de disciplina preenchido. Se o sistema colaborar (às vezes há instabilidade), tal trancamento é feito na mesma hora.

7 – Aproveitamento de disciplinas:

Alunos que já cursaram (em todo ou em parte) outra graduação, seja na própria UFPel, seja em outra instituição, poderão solicitar o aproveitamento de disciplinas cursadas. Tal solicitação não tem um período pré-estipulado, porém como o procedimento exige uma série de passos, é interessante que tal solicitação seja feita o quanto antes. Para proceder com tal solicitação, é necessário diferentes processos caso a disciplina cursada seja na UFPel ou em outra instituição:

Na UFPel: preencher este formulário de  aproveitamento,  1 para cada disciplina que irá tentar aproveitar, anexar o histórico (podendo ser o emitido pelo cobalto ou próprio do DRA) e entregar no colegiado.

Em outra instituição: preencher o formulário de aproveitamento, 1 para cada disciplina que irá aproveitar, anexar histórico original, assinado e carimbado, e as ementas das disciplinas que estará utilizando para o aproveitamento, todas assinadas e carimbadas pela instituição de origem, posteriormente entregar no colegiado.