Pelotas na Bienal do livro de São Paulo

O jornalista e escritor Luiz Carlos Freitas será o primeiro autor pelotense a participar da Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Foto: Lucian Brum

Por Lucian Brum

A literatura pelotense vai circular na terceira maior feira literária do mundo. Nos dias 4 e 5 de Agosto, o escritor Luiz Carlos Freitas estará conversando com leitores e autografando os romances Homo Perturbatus (2016) e Amáveis Inimigos Íntimos (2017), no espaço da Editora Selo Jovem na 25º Bienal do Livro de São Paulo.

Aos 63 anos, Luiz Carlos Freitas mantém a escrita como prioridade. Após ter vencido um câncer, o escritor voltou para casa e escreveu compulsivamente. Desde 2015, produz, no mínimo, um romance por ano. No jornalismo, opina na coluna política, Entrelinhas, publicada três vezes por semana no Diário Popular.

O primeiro livro publicado pelo autor (O Espião de Almas, 1993), reunia contos e crônicas. Em 1998 lançou A Revolta Dos Agachados, seu primeiro romance, gênero que iria se especializar. Até então já lançou oito romances, dois em formato digital. Se tornando o autor pelotense com maior número de livros publicados.

A obra de Freitas pode ser rotulada no que se chama de Romance Social. O autor escreve histórias propondo ao leitor refletir sobre as desigualdades no relacionamento humano. Expondo as fraquezas, os vícios e a ganância que compõe a moral e a ética na competição social. “Eu tento fazer uma literatura de engajamento, de militância; não de política partidária, mas no sentido de que as pessoas e as instituições, melhorem”, afirma o escritor.

Luiz Carlos Feitas é um escritor que não procura se espelhar em outros autores. Faz a sua arte de maneira autoral. Vem mantendo viva a tradição de lançamento e de difusão da literatura em Pelotas. Irá para a Bienal de São Paulo com o objetivo de promover seus livros para o mercado internacional. Junto com seus livros, a cultura pelotense.

Comentários

comments

Em Pauta

Agência de notícias do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Pelotas. Formato colaborativo e cem por cento virtual.

Você pode gostar...