Estudo da economicidade dos sistemas de exploração agrosilvopastoril da Zona Sul do Estado do Rio Grande do Sul

Estudo da economicidade dos sistemas de exploração agrosilvopastoril da Zona Sul do Estado do Rio Grande do Sul. (Atividade de Pesquisa – COCEPE 5.02.02.002). Período: 2010-2020.

Coordenação: Prof. Rigatto

O projeto se propõem a avaliar a economicidade dos sistemas de introdução de florestas renováveis, no sul do estado do Rio Grande do Sul em sistemas integrados de produção agrosilvopastoris. Dada a importância e dimensão dos investimentos que estão sendo realizados na região sul do Estado do Rio Grande do Sul, com a implantação de florestas renováveis, e investimentos em plantas industriais de processamento de parte desta produção.O fato é que esse avanço no plantio vem ocorrendo mais intensamente de forma tradicional, ou seja, em áreas com florestas contiguas. Principalmente, naquelas de produtores parceiros, pois a principal empresa investidora na região vem inovando em algumas de suas áreas com a exploração consorciada da floresta com outras atividades econômicas e tradicionais na região. Este projeto tem por objetivo central, conhecer, estudar e divulgar o potencial produtivo e econômico da implantação destas florestas renováveis de forma integrada as atividades já existentes nas propriedades com aptidão para o florestamento na região.

Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Comments

comments