Início do conteúdo
Principais Informações

Calendário Acadêmico

O Calendário Acadêmico é proposto anualmente pela Pró-Reitoria de Ensino, através da Coordenação de Registros Acadêmicos, ao Conselho Coordenador de Ensino Pesquisa e Extensão (COCEPE), que precisa aprová-lo para sua a implantação. A sua observância é fundamental, pois neste documento estão fixadas as datas e os prazos envolvem, entre outros processos, os de atribuição da Coordenação de Registros Acadêmicos e dos coordenadores de curso. O Calendário serve de base para o planejamento da coordenação de curso, estando organizado em dois semestres letivos de 100 dias cada, ou 18 semanas.

 

Solicitação de Oferta de Disciplinas

Ao final de cada período letivo, em data prevista no Calendário Acadêmico, devem ser elaboradas as listas de oferta de disciplinas de cada curso. Cabe ao coordenador do curso solicitar, aos respectivos departamentos/Câmaras de Ensino, a confirmação da oferta da oferta solicitada, sendo que é tarefa do Colegiado a digitação das ofertas de disciplinas no sistema acadêmico. O coordenador deve acompanhar o processo de oferta de disciplinas para certificar-se que não houve alterações do departamento/Câmera de Ensino no período destinado a confirmação das ofertas.

 

A matrícula dos ingressantes

A CRA recebe a documentação para ingresso na universidade e é a responsável pela inclusão dos novos estudantes no sistema acadêmico. A matrícula em disciplinas deverá ser realizada pelo colegiado do respectivo curso, sendo que os ingressantes SISU e PAVE deverão ser matriculados em todas as disciplinas do primeiro semestre do curso, procedimento que pode ser realizado assim que disponibilizado o relatório de ingressantes do período no sistema acadêmico, não sendo necessária a presença do estudante, podendo este procurar o colegiado para ajustes na matrícula. Os ingressantes por transferência, reopção, reingresso, e portador de diploma têm sua matrícula prevista no calendário acadêmico e deve ser realizada na semana de correção prevendo que lhe seja dada uma orientação para a matrícula.

 

Rematrícula

A matrícula é obrigatória em cada período letivo previsto para o funcionamento do curso, de acordo com o calendário acadêmico, sendo que a ausência de matrícula em um período letivo poderá implicar no desligamento do aluno por abandono de curso. O discente poderá realizar qualquer atividade curricular em seu curso de origem, ressalvados os pré-requisitos constantes nos projetos pedagógicos, desde que haja disponibilidade de vaga e que não haja colisão total ou parcial de horários.

A rematrícula se dá da seguinte forma:

 O aluno faz uma solicitação de matrícula on-line;

 O sistema ordena os acadêmicos conforme regulamento de ensino da graduação;

 A matrícula é processada;

 O acadêmico consulta sua solicitação para confirmar se conseguiu vaga nas disciplinas solicitadas;

 Se a solicitação foi plenamente contemplada o estudante deve aguardar o início das aulas;

 Caso a solicitação do estudante não tenha sido contemplada ou se este desejar incluir ou excluir disciplinas da sua matrícula, deverá procurar o Colegiado o no período estipulado no calendário acadêmico para correção de matrícula, sendo de responsabilidade do colegiado o registro das alterações de matrícula no sistema acadêmico.

O estudante deverá ficar matriculado no mínimo em 8 créditos, com exceção do curso de Medicina Veterinária que prevê o mínimo de 14 créditos. (A regra não se aplica aos formandos)

Atenção: O curso pode estabelecer cronograma próprio para atendimento na semana de correção de matrícula.

 

Matrícula Especial

No período estabelecido no calendário acadêmico para realização de matrícula especial o estudante pode solicitar matrícula em até duas disciplinas de outro curso, desde que o curso pretendido tenha disponibilidade de vaga.

Para realizar a matrícula especial o estudante deve procurar o colegiado do curso onde a disciplina pretendida esta sendo ofertada portando uma autorização por escrito do coordenador de seu curso para realizar a matricula e deve comprovar ter os pré-requisitos exigidos para matrícula naquele curso, cabendo ao colegiado receptor a fiscalização quanto ao cumprimento dos requisitos.

Para poder realizar a matrícula especial o estudante deve estar matriculado no mínimo de créditos previstos para o seu curso, com exceção dos prováveis formando, sendo que a solicitação destes deverá ser encaminhada à CRA. Alunos ingressantes também podem realizar matrícula especial.

 

Trancamento de matrícula

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/trancamentos/

 

Cancelamento de matrícula

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/cancelamento-de-matricula/

 

Avaliação de segunda chamada

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/avaliacao-segunda-chamada/

 

Revisão do desempenho

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/revisao-de-desempenho/

 

Exercícios domiciliares

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/exercicios-domiciliares/

 

Colação de Grau

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/colacao-de-grau/

 

Migração de alunos entre diferentes currículos do mesmo curso

Para um aluno migrar de uma versão de currículo para outra, o Coordenador deverá encaminhar, à CRA/PRE, um memorando solicitando a respectiva migração. O documento deve ser encaminhado no período que se estende do final do semestre à dez dias antes da data prevista para solicitação de matrícula on-line. A alteração é realizada pela CRA no cadastro do aluno no sistema acadêmico, sendo esta ação fundamental para realização da futura matrícula do aluno.

 

Reopção de Curso

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/reopcao/

 

Aproveitamento de estudos

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/aproveitamento-de-disciplina/

 

Aproveitamento de disciplinas como optativas

No caso do aluno solicitar aproveitamento de disciplina como optativa, realizada em outro curso da UFPel mas com a mesma matrícula do curso para o qual se solicita aproveitamento (disciplina realizada através de matrícula especial), basta o colegiado encaminhar Memorando solicitando que a disciplina seja contada como optativa de acordo com a Resolução 02/2002 do COCEPE. Quando a disciplina foi cursada em matrícula diferente é necessário que o aluno faço o pedido de aproveitamento, através de formulário específico para este fim.

Quando o aluno solicitar o aproveitamento de disciplina (realizada em outra Instituição de Ensino Superior) como optativa deve sempre pedir aproveitamento (através de formulário específico), indicando uma disciplina do rol de optativas de seu curso para ser dispensada. Caso não tenha uma disciplina equivalente no currículo do curso o aluno poderá indicar disciplina de outro curso da UFPel, mas somente se no PPC estiver previsto o aproveitamento de disciplinas cursadas em outros cursos como optativas.

Se o aluno solicitar o aproveitamento de disciplina para formação livre, o colegiado deverá indicar a disciplina através de memorando:

– Se a disciplina foi cursada na mesma matrícula, basta indicar através do memorando;

– Se foi cursada em matrícula diferente, mas na UFPel, deve anexar histórico ou informar nome, carga horária e período em que cursou;

– Caso a disciplina tenha sido cursada em outra Instituição, basta informar o nome da atividade, carga horária, período em que cursou e o nome da Instituição.

 

Transferência Voluntária

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/transferencia-voluntaria/

 

Ingresso como Portador de Diploma de Curso Superior

Acesse informações na página: https://wp.ufpel.edu.br/cra/portador-de-diploma/

 

Revalidação de Diplomas

A UFPel não possui regulamentação interna sobre revalidação de diplomas. A CRA publica um comunicado abrindo o período para recebimento das inscrições para revalidação de diplomas e as solicitações são encaminhadas ao Colegiado do Curso que deverá nomear uma comissão para avaliar o currículo cumprido pelo solicitante, julgando sua equivalência ou não com o curso ministrado. Em caso de haver dúvidas quanto aos conhecimentos do solicitante, a comissão poderá aplicar um exame de verificação dos conhecimentos do solicitante ou condicionar a aprovação ao cumprimento de um ou mais componentes curriculares na modalidade de atividades isoladas. O Colegiado do Curso deverá deliberar com base no parecer da comissão sobre o aproveitamento e remeter o processo ao COCEPE, para deliberação final. A única exceção é o curso de MEDICINA que tem o processo realizado através do programa REVALIDA (MEC/INEP), sendo todo trâmite realizado nos órgãos competentes.

 

Formulário Padronizado Para Informação de Notas

Caso o professor queira corrigir alguma nota ou situação final de um aluno em uma disciplina após o encerramento da turma no sistema registrar o FPIN no COBALTO. As orientações para informar a correção de notas estão disponíveis neste link