Voltar para Ações

Cadernos do Choro de Pelotas

O Clube do Choro de Pelotas foi criado em 2015 em homenagem a Avendano Júnior, desde então o grupo promove encontros que objetivam valorizar a prática de músicos locais, a produção de conhecimento técnico, artístico e científico sobre o choro como gênero e identidade regional, valorizar o fazer musical e a interação social. Desde março de 2016 o clube iniciou uma parceria com o projeto de extensão Encontros de Música Popular da UFPEL, integrado por professores e alunos do bacharelado em Música, visando a ampliação dos encontros semanais para o estudo e a prática do choro que vinham sendo promovidos pelos integrantes do clube desde sua fundação.

Além desses encontros o clube encontrou um novo local para as rodas quinzenais: o Mercado Público Municipal, espaço gerido pela prefeitura e pela iniciativa privada onde o grupo conquistou a admiração do público ao promover o choro pelotense em um ambiente democrático que reúne músicos experientes e iniciantes – e onde, anualmente, é celebrado com uma grande roda em 23 de abril o Dia Nacional do Choro.

Após dois anos de atividades o Clube do Choro, em parceria com o Laboratório de Etnomusicologia e o Núcleo de Música Popular da UFPEL, preparou uma publicação que tem como objetivo divulgar as composições dos chorões pelotenses. O caderno reúne onze composições de músicos da nova e velha guarda do choro de Pelotas que tiveram contato direto e indireto com o Regional Avendano Jr.; além das partituras foram também incluídas histórias e narrativas musicais que contextualizam essas músicas e seus autores.

Cadernos do Choro de Pelotas

 

O objetivo deste caderno é de registrar na pauta musical as composições dos chorões pelotenses e compartilhar com um público amplo as histórias, narrativas musicais e extramusicais de parte dos músicos de Choro de Pelotas. Além das transcrições, o caderno conta com um rico material gráfico, formado por fotos, registros editados e manuscritos recuperados dos acervos particulares que foram doados pelos amigos e familiares dos músicos.

Além das transcrições das composições feitas de forma colaborativa foi feito um mini documentário sobre o choro de pelotas,  narrado pelos próprios compositores que apresentam as suas histórias de vida e práticas musicais, intercaladas com as apresentações musicais promovidas pelo Clube durante seus quatro anos de atuação na cidade de Pleotas.

 

Lançamento do Caderno Feira do Livro de Pelotas

Material musical extra do livro Cadernos do Choro de Pelotas

As transcrições presentes no caderno respeitaram a tonalidade, forma e arranjo originais feitas para os respectivos instrumentos dos compositores; cavaquinho, violão, bandolim, flauta e saxofone. As duas músicas a segui, compostas pelo multi-instrumentista Possidônio Tavares Foram originalmente escritas para o saxofone Tenor em Bb. A fim de facilitar a sus exceussão apresentamos a seguir dois links para as versões para o acompanhamento já transpostas:

Tempo-de-Gafieira (para instrumentos em C)

Vivendo-e-Aprendendo(para instrumentos em C)

Não deixe de comentar e de se inscrever no nosso cadastro recebendo assim as atualizações deste material bem como a mala direta com todos as ações do NuMP através do email: bachpopmus@gmail.com