Sobre

contronic

A presente proposta de Arranjo Produtivo Local (APL) – Complexo Industrial da Saúde (CIS) foi elaborada pela cooperação entre ICTs (Instituições Científica e Tecnológicas), empresas produtoras de materiais médico-hospitalares localizadas na região de abrangência do COREDE SUL e lideranças de associações de classes também localizadas na mesma região. Entre as instituições de ensino, ciência e tecnologia empenharam-se na proposta o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense (IFSul), a Universidade Católica de Pelotas (UCPel), a Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e a Universidade Federal do Rio Grande (FURG) – representadas pelos seus respectivos Reitores. As empresas privadas que foram atores principais na elaboração do plano de desenvolvimento do APL são a Amplivox, a Contronic, a Freedom e a Lifemed. Atualmente,alem destas o APL conta com outras quatro empresas participantes: Laboratório Antonello, Detecta DNA, O.S. Systems e Yller. As lideranças regionais das entidades AZONASUL (Associação dos Municípios da Zona Sul), COREDE SUL, CIPEL (Centro das Indústrias de Pelotas), Associação Comercial de Pelotas, Associação Brasileira das Indústrias e Revendedores de Produtos e Serviços para Pessoas com Deficiência e a liderança nacional da ABIMO (Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios) também são responsáveis e comprometidos com o plano de desenvolvimento do APL – Complexo Industrial da Saúde.

Saúde é área altamente prioritária para a população e fator estruturante do bem-estar social. Como os problemas relacionados à saúde são de natureza complexa, as soluções são sempre altamente demandantes da capacidade empreendedora e de “espíritos” criativos capazes de inspirarem, mas também de revolucionarem os padrões tecnológicos existentes. Assim, este setor, por razões vitais, é aquele que atualmente mais recebe investimentos em PD&I no mundo e é indutor da geração de inovação com intensidade de conhecimento em ciência e tecnologia.

O Complexo Industrial da Saúde (CIS), da Região Sul do Rio Grande do Sul, é um dos eixos da atuação do programa Mais Saúde do Governo Federal. O CIS engloba os setores da indústria de base química e biotecnológica (medicamentos, fármacos, vacinas, hemoderivados, soros e toxinas, reagentes para diagnóstico), da indústria de base mecânica, eletrônica e de materiais (equipamentos mecânicos e eletrônicos, prótese e órteses, materiais diversos) e de serviços de saúde (hospitais, ambulatórios e serviços de diagnóstico).

O segmento é tão relevante para o país que o Ministério da Saúde possui na sua estrutura o Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde, com o objetivo de impulsionar a indústria farmacêutica nacional e de equipamentos da saúde, visando diminuir a dependência do país a esses produtos. O déficit na balança comercial anual está no patamar superior a 10 bilhões de dólares.

Associado ao déficit do setor está o crescente aumento da demanda interna, em função dos programas governamentais visando sustentar o sistema universal de saúde (SUS), da redução da desigualdade social, do aumento da expectativa de vida (envelhecimento), do aumento das doenças cardiovasculares, degenerativas, oncológicas, diabetes, obesidade, entre outras, o que exigirá uma mudança no perfil para os cuidados da saúde. Neste sentido, visando apoiar as empresas brasileiras no desenvolvimento e domínio tecnológico deste setor, foi publicado no dia 11/04/2013 o Edital de Seleção Pública Conjunta FINEP / MCTI / MS/ CNPq de apoio a Inovação Tecnologia no Setor de Saúde – INOVA SAÚDE (Equipamentos Médicos) – 02/2013  – e o Edital – INOVA SAÚDE (Biofármacos, Farmoquímicos e Medicamentos) – 03/2013.

Para produzir produtos para a saúde com maior densidade tecnológica, principalmente para atender a crescente demanda do SUS, é fundamental, entre outros, uma base sólida de recursos humanos, pesquisa e empresas inovadoras. Estes são exatamente os principais diferenciais existentes na região de abrangência do APL – Complexo Industrial da Saúde, cujos objetivos e planos de ação ajudarão a impulsionar o Programa Setorial – Saúde Avançada e Medicamentos 2012 – 2014 do Governo do Estado de Rio Grande do Sul.

Translate »