Início do conteúdo
Rede de Monitoramento Hidrometeorológico

A Rede de Monitoramento Hidrológica e Hidrométrica é composta por uma malha amostral, espacialmente identificada, onde pontos de coleta de dados nos afluentes da Lagoa Mirim e Canal São Gonçalo e nas margens e corpo da Lagoa Mirim, todos circunscritos na Bacia Hidrográfica, buscam, associadas as ações desenvolvidas pelo Laboratório de Águas e Efluentes da ALM, descrever e diagnosticar a situação ambiental da bacia para que os múltiplos usos da água sejam possíveis com base na sustentabilidade, perseguindo os interesse já descritos na missão da ALM.

As atividades se baseiam em campanhas mensais de medição e amostragens realizadas em doze localidades definidas com base em características e propriedades impostas por sua expressão na configuração espacial e ambiental.

A Agência dispõe de estações hidrometeorológicas e hidrométricas na bacia e, em especial, nas localidades de Santa Isabel, em Arroio Grande (P1), Porto de Santa Vitória do Palmar (P12, Distrito de Irrigação e Barragem do Arroio Chasqueiro, em Arroio Grande (P4) e Barragem-Eclusa do São Gonçalo, em Capão do Leão (P2). As ações que atualmente se desenvolvem estão apoiadas nas atividades de monitoramento do Laboratório de Hidrossedimentologia e Sedimentologia para o Manejo de Bacias Hidrográficas – HidroSedi, do Curso de Engenharia Hídrica do Centro de Desenvolvimento Tecnológico da UFPel (http://www.hidrosedi.com/).

Estação de monitoramento de Santa Isabel