Início do conteúdo

Monitoramento da Bacia da Lagoa Mirim é discutido em reunião de Grupo Técnico da Comissão Mista Brasileiro-Uruguaia para o Desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia 19 de setembro de 2019, ocorreu na Sociedad Rural de Rio Branco, na cidade uruguaia de Rio Branco, a primeira reunião técnica do GT de Qualidade e Quantidade de Água da Comissão Mista Brasileiro-Uruguaia para o Desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim.

As atividades tiveram início às 10h da manhã, estendendo-se ao longo do dia com diversos assuntos relacionados ao monitoramento da qualidade e da quantidade de água na bacia da Lagoa Mirim, em especial no corpo da Lagoa.

O encontro teve como objetivo principal nivelar o conhecimento e opiniões de todos os atores envolvidos com o tema para o estabelecimento de um Plano de Monitoramento, com a intenção de que os protocolos, amostragens, procedimentos e análises dos resultados obtidos sejam harmonizados.

Contando com a participação de mais de 60 técnicos dos dois países, questões específicas como a caracterização da Bacia, a situação da qualidade da água, hidrologia do sistema, os fluxos ambientais e análise de cenários, foram amplamente discutidos e apontados caminhos para ações conjuntas e comuns.

Dentre os participantes, estavam representantes da Dirección Nacional de Aguas-DINAMA e Dirección Nacional de Medio Ambiente-DINAMA, ambos do Ministerio de Vivienda, Ordenamiento Territorial y Medio Ambiente-MVOTMA do Uruguay e representantes e Coordenador da Comisión de la Laguna Merín-CLM. Pelo lado brasileiro, esteve presente o coordenador da Agência de Desenvolvimento da Lagoa Mirim, secretário executivo Seção Brasileira na CLM, juntamente com o corpo técnico de apoio da ALM, professores e técnicos da Universidade Federal de Pelotas, além da responsável pelo Laboratório de Águas e Efluentes da ALM.

Publicado em 14/10/2019, em Sem categoria.