Notícias
  • Horário das entrevistas dos candidatos a Bolsa de Iniciação ao Trabalho na PRPPG

    Estamos divulgando os horários das entrevistas dos candidatos homologados, que irá ocorrer dia 23/5 (terça-feira).

    CANDIDATO HORÁRIO
    Adrielle Nunes Torma 8h
    Douglas Gadelha Sá 8h10min
    Kaliup Dias Pinheiro 8h20min
    Kawany Vieira Garcia 8h30min
    Lucas Otavio Moras 8h40min
    Luís Felipe Freitas Backer 8h50min
    Marina Tremper 9h10min
    Nicolle Bergmann dos Santos 9h20min
    Renice Eisfeld Machado 9h30min
    Rogério Raymundo Guimarães Filho 9h40min
    Valter Andre Machado Minho Junior 9h50min
    Vanessa Kolmar Alves 10h
    Luísa da Costa Bretanha 10h10min

    Além disso, informamos que a seleção se dará com base nos seguintes critérios:

    • Atendimento aos requisitos exigidos pelo edital;
    • Melhor média de desempenho acadêmico, conforme histórico atualizado;
    • Melhor aptidão com ambiente em que serão desempenhadas as tarefas deste programa de bolsas;
    • Avaliação das entrevistas pela comissão responsável pela seleção (comissão formada por no mínimo 3 servidores da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação)

    OBS: 1) O atraso no horário da entrevista acarretará na desclassificação do candidato.

    2) Os candidatos não homologados, não cumpriram os requisitos solicitados no edital;

     

     

  • Lançamento dos editais dos programas de bolsas IC e IT

    A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal de Pelotas está divulgando, através das Coordenações de Pesquisa e de Inovação Tecnológica, os editais 2017/2018 dos programas de bolsas de iniciação científica e tecnológica.

    A PRPPG solicita a leitura detalhada neste material para dirimir eventuais dúvidas e evitar erros que acabem por prejudicar a competitividade dos pedidos.

    A distribuição de bolsas de iniciação científica permanece por concorrência dentro das áreas de avaliação das grandes áreas. A distribuição de bolsas de iniciação tecnológica foi modificada em relação aos editais anteriores. Nos editais 2017/2018, a distribuição será independente da área de avaliação, valorizando a produção tecnológica do participante. A distribuição procura dar condições de equidade quanto à avaliação do CV Lattes dos pesquisadores participantes dos editais de iniciação científica para que não haja assimetrias muito grandes quanto a pontuação do CV Lattes.

    Outro quesito importante é a modificação do formulário de envio das propostas. Neste ano existem duas possibilidades de envio: iniciação científica (4 editais) e iniciação tecnológica (3 editais). Neste formulário deverão ser anexados no formato PDF, apenas a folha de cadastro do projeto no Cobalto e o plano de trabalho. O CV Lattes e a avaliação se darão através de software desenvolvido pela empresa Indeorum, incubada pela Conectar/UFPel.

    Os pesquisadores com bolsa de produtividade em pesquisa ou desenvolvimento tecnológico receberão uma cota das bolsas CNPq (PIBIC  ou PIBITI) caso se inscrevam nos respectivos editais.

    Em relação aos anos anteriores, o número máximo de bolsas por pesquisador será de 2 cotas (uma CNPq ou FAPERGS e uma Institucional/UFPel).

    Neste ano, pela primeira vez, haverá o edital PBIP-IT que irá distribuir cotas institucionais para a área de inovação e de desenvolvimento tecnológico.

    Da mesma forma, pela primeira vez, todas as bolsas institucionais (UFPel) de iniciação científica serão de ações afirmativas, considerando a vulnerabilidade econômica dos estudantes, estudantes negros e indígenas e pessoas com deficiência.

    Um pesquisador somente poderá participar em uma área de avaliação, mesmo que faça mais de uma solicitação em editais distintos.

    O plano de trabalho apresentado para bolsas PIBIC e PROBIC pode ser o mesmo, assim como entre as bolsas PIBITI e PROBITI.

    Os pesquisadores que possuem bolsas de Iniciação Científica 2016/2017 (em qualquer um dos editais) devem participar como avaliadores do processo de distribuição de bolsa, caso convocado pelo comitê de bolsas de iniciação científica e tecnológica, sob pena de desclassificação dos pedidos de cotas 2017/2018.

    Para concorrer as bolsas, os projetos deverão estar cadastrados no COBALTO e para implementação, aprovados no COCEPE até o dia 29 de julho de 2017. Os projetos deverão ter vigência mínima até 31 de julho de 2018, tempo da vigência das bolsas de iniciação científica e/ou tecnológica.

    Ressaltamos que as inscrições irão até o dia 26 de maio de 2017 e deverão ser realizadas através do endereço http://www2.ufpel.edu.br/prppg/bolsas/.