Atividades Complementares

Atividades complementares
Segundo a resolução CNE/CES 11, de 11 de março de 2002, em seu artigo 5º, parágrafo 2º:
Deverão também ser estimuladas atividades complementares, tais como trabalhos de iniciação científica, projetos multidisciplinares, visitas teóricas, trabalhos em equipe, desenvolvimento de protótipos, monitorias, participação em Empresa Junior, entre outras atividades”.

                  As atividades complementares do Curso de Engenharia de Produção compreendem aquelas não previstas na grade curricular do Curso, cujo objetivo seja o de proporcionar aos alunos uma participação mais ampla em atividades de ensino, de extensão e de pesquisa, que guardam relação de conteúdo acadêmico de maneira a aprimorar a formação básica e profissional do futuro bacharel em engenharia de produção;
b) O aluno deverá cumprir o mínimo de 260 horas de atividades complementares de acordo com o PPC do curso, como requisito para a colação de grau;
c) A carga horária prevista deverá ser desenvolvida a partir do ingresso no Curso de Engenharia de Produção;
d) As Atividades Complementares possuem natureza curricular nos termos das diretrizes curriculares definidas pelo Conselho Nacional de Educação e ficam categorizadas, discriminadas e limitadas em carga horária conforme apresentado o quadro abaixo.