maio
18

(sem título)

Histórico do PPG-Parasitologia

 

O PPG-Parasitologia, nível de mestrado, foi criado em março de 2004 com o objetivo de capacitar a demanda de profissionais de nível superior atuantes nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, nas áreas de taxonomia, biologia, epidemiologia, diagnóstico, controle e prevenção dos principais parasitos de importância médica e veterinária, cooperando desta forma para o desenvolvimento sócio-econômico da região.

O maior reconhecimento e fortalecimento do grupo de pesquisa é outro objetivo do programa, para isto, convênios de cooperação foram firmados com diversas instituições de ensino e pesquisa do Brasil (EMBRAPA, FIOCRUZ, FURG,  RFPR, UFBA, UFGRS,  UFMS, UFMT, UFPB, UFSM, UNISINOS, USP) e algumas também do exterior (Universidade do Montevidéu — Uruguai, Universidade de Alcalá de Henares — Espanha, Universidade de Surray — Grã-Bretanha, Universidade de Wisconsin — EUA, Universidade de Pullman — EUA). Os docentes permanentes e colaboradores são estimulados a oferecerem e desenvolverem disciplinas com bases conceituais atuais, com intensa pesquisa bibliográfica, inovação e cunho prático das disciplinas. Neste caso, a consulta à base de periódicos CAPES é incentivada e exigida em todo o contexto acadêmico, procedimento também adotado na formação dos discentes da graduação, com destaque para os alunos de iniciação científica, bolsistas e estagiários.

Nos últimos anos cresceu o número de cursos em que o estudo da Parasitologia está inserido na nossa região, resultando em aumento de profissionais em busca do aprimoramento de sua formação na área, o que culminou em excelente perspectiva de crescimento das pesquisas do grupo, vista a conscientização e o direcionamento dos pesquisadores em estudos relevantes, o que possibilitará elevar o número de profissionais treinados no programa, inserindo assim, no mercado de trabalho recursos humanos qualificados na área, não somente para as instituições de ensino, pesquisa e extensão, como também para entender as necessidades de incremento da produção animal e melhorias na saúde pública da região.

O curso de doutorado em Parasitologia da UFPel foi proposto para avaliação em 2009 e foi aprovado pela CAPES no mesmo ano em virtude de considerar o grupo satisfatoriamente estruturado e apto para desenvolver teses na área de Parasitologia, além de ser o único Programa em Parasitologia na Região Sul do Brasil. Em março de 2010 teve início a primeira turma de Doutorado do PPG-Parasitologia.