Notícias
  • Divulgando o Colóquio Internacional Memória e Patrimônio

    O Colóquio Internacional Memória e Patrimônio, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural da Universidade Federal de Pelotas tem como principal objetivo promover um momento de debate com pesquisadores de diferentes países sobre dois temas fundamentais na nossa sociedade: a memória e o patrimônio. Será realizado entre 09, 10 e 11 de outubro.

    Além de conferências com pesquisadores qualificados e reconhecidos nacional e internacionalmente, também é reservado um espaço para mesas redondas, abordando diferentes temas, como os impactos da pós-graduação em memória e patrimônio na vida profissional de egressos do PPGMP; cidades, patrimônio e urbanização; patrimônio imaterial.

    ​Entendendo a importância da divulgação e debate para pesquisas em andamento, o Colóquio conta com três propostas de Simpósios Temáticos para apresentação de trabalhos: ST 01 – Patrimônio, memória e literatura; ST 02 – Patrimônio, cidades e memória; ST 03 – Patrimônio imaterial e memória.

     

    Maiores informações sobre inscrição e programação no site:

    http://coloquiomp.weebly.com/

    Contamos com sua presença e aguardamos sua participação!

     

     

  • Resultado da seleção de aluno especial

    Encontra-se na aba “Seleção” a lista de alunos especiais selecionados para cursar disciplinas no 2º semestre de 2017 no PPGMP.

    O formulário de matricula está disponível na aba “Seleção”, devem ser preenchidos e enviados (exclusivamente) via email no dia 05/09/2017.

    As inscrições que chegarem via correio com a data de postagem referente a 31/08 poderão enviar formulário de matricula em data posterior.

  • Lançamento do livro Antropologia dos Restos, de Octave Debary

    Organizado e traduzido por Maria Leticia Mazzucchi Ferreira, o livro que ora apresentamos ao público brasileiro trata-se de uma série de reflexões feita pelo antropólogo francês Octave Debary e que foram trazidas para o debate acadêmico por ocasião da Escola de Altos Estudos realizada na Universidade Federal de Pelotas e Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, no mês de outubro de 2016.

    O livro de Octave Debary, ao lançar mão de alguns dos principais debates contemporâneos referentes à memória, ao patrimônio e aos museus, tais como o estatuto ontológico dos objetos, os dilemas entre guardar e descartar, a patrimonialização como instauração de uma ordem contrária ao sentido natural das coisas vividas, nos leva a refletir sobre os mecanismos sociais que envolvem o binômio lembrar-esquecer, sendo o museu o lugar de confluência de todos estes questionamentos, solução simbólica de nossas inquietudes frente o que devemos fazer de nossos restos, mediação silenciosa entre a vida que cessa para que se instaure o tempo do patrimônio.

    Da obra Antropologia dos restos: da lixeira ao museu podemos dizer que se trata de uma reflexão profunda sobre os dilemas que fundam o ato museológico, mas também que se trata de uma grande provocação, pois ao relativizar nossas certezas, nos convida a experimentar o desassossego da dúvida e a possibilidade de um pensamento mais amplo.

    Ver o livro Antropologia dos Restos

  • Convite para a conferência da Profa. Dra. Virginia Pineau

    No marco do convênio CAPES/CAFP entre o Programa de Pós-graduação Memória Social e Patrimônio Cultural da UFPel e o Posgrado Economia Política de la Cultura da Universidade de Buenos Aires, tenho a honra de convidar a todos para a conferência da Profa. Dra. Virginia Pineau (Departamento de Antropologia da Universidade de Buenos Aires), intitulada Patrimônio Arqueológico Pampeano: La Relación entre los Investigadores y la Comunidad en el Norte de La Pampa Argentina. A conferência versará sobre as pesquisas arqueológicas conduzidas, há mais de 10 anos, em três sítios da Província La Pampa. Mais do que apresentar análises sobre a cultura material da região sob a perspectiva exclusiva dos pesquisadores, a conferência enfatizará como as comunidades ativam e significam o patrimônio arqueológico local.

     

    Horário, Local e Data: Dia 10/08/2017, 14h:30, Sala 310 do Campus II do ICH (Av. Barroso, 1202).

     

    En el marco del convenio CAPES/CAFP entre el posgrado en Memoria Social y Patrimonio Cultural de la UFPel y el posgrado en Economía Política de la Cultura de la Universidad de Buenos Aires, tengo el honor de invitarlos para la conferencia de la Profa. Dra. Virginia Pineau (Departamento de Antropología de la Universidad de Buenos Aires), intitulada Patrimonio Arqueológico Pampeano: La Relación entre los Investigadores y la Comunidad en el Norte de La Pampa Argentina. La conferencia versará sobre las investigaciones arqueológicas conducidas, hacen más de 10 años, en tres sitios de la Provincia La Pampa. Mas allá de presentar los análisis sobre la cultura material de la región bajo la perspectiva exclusiva de los investigadores, la confere ncia enfatizará cómo las comunidades activan y significan el patrimonio arqueológico local.

     

    Horário, Local e Data: Dia 10/08/2017, 14h:30, Sala 310 do Campus II do ICH (Av. Barroso, 1202).

  • Bolsas de Mestrado e Doutorado para candidatos estrangeiros

    Está disponível no site do CNPq o Edital abaixo que versa sobre Bolsas de Mestrado e Doutorado  para candidatos estrangeiros

    Chamada CNPq PEC-PG Nº 06/2017

    http://cnpq.br/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&filtro=abertas&detalha=chamadaDivulgada&idDivulgacao=7342

    Selecionar estudantes provenientes de países em desenvolvimento, com os quais o Brasil mantém acordo de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia, conforme listagem no documento em anexo, para realizar sua formação de pós-graduação no Brasil, em todas as áreas do conhecimento, em nível de Mestrado Acadêmico e Doutorado.

  • Missão de Estudos na Argentina

    A comissão de seleção para missões de estudos, referente ao Convênio CAPES CAFP-UBA, informa que estarão abertas as inscrições para alunos e alunas do PPGMP que desejarem concorrer à bolsa de Doutorado Sanduíche na Universidade de Buenos Aires. A duração da bolsa é de três meses e a missão de estudos dever-se-á realizar ainda esse ano. Todos/as doutorandos/as do PPGMP poderão inscrever-se.

    As inscrições estarão abertas de 06/07 a 12/07/2017, no horário das 18h:40 às 22h:00, na secretaria do PPGMP, na Rua Almirante Barroso, 1202.

  • Telefone do PPGMP

    Informamos que o número do telefone de contato atual do PPGMP é o número  (53)32844309

  • Mudança de endereço

    O PPGM em razão da mudança de endereço para o Campus II (R. Alm. Barroso, 1202 – Centro, Pelotas – RS, 96010-280) está temporariamente sem telefone.

    As comunicações devem, portanto, ser feitas por e-mail: giselequevedoppgmspc@gmail.com

    Atendimento no 3º Piso ao lado da Sala 310.

    Horário:

    Segunda, terça, quinta e sexta- 19h as 22h

    Quarta -feira – das 13:45h as 22h.

Apresentação

O programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural, Mestrado/Doutorado, objetiva qualificar profissionais de diversas áreas do conhecimento para atuar em instituições do setor público, privado ou não governamental, respondendo direta ou indiretamente à questões referentes à memória social e ao patrimônio cultural, bem como para atuar nas diferentes instâncias de gestão de memórias, além de vir a promover a valorização da auto-estima das comunidades por meio de suas ações voltadas à preservação da memória social e do patrimônio cultural, envolvendo pesquisa, educação, proteção e intervenção.

Áreas de Concentração

Estudos Interdisciplinares em Memória Social e Patrimônio caracteriza-se pela abordagem integrada de Memória e Patrimônio, no que se refere aos seguintes aspectos: desenvolver projetos de pesquisa e gestão no campo de Memória e Patrimônio; encetar a interdisciplinaridade entre as diferentes habilitações envolvidas, representadas nas áreas de formação e atuação do corpo docente (História Oral, Geografia Urbana, Arquitetura, Materiais de Restauro, Urbanismo, Arqueologia, Antropologia, Artes, Música e Fotografia); abordar as interfaces entre a cultura material (patrimônio tangível) e cultura imaterial (patrimônio intangível) e considerar a indissociabilidade entre o patrimônio cultural e o patrimônio ambiental.

 

Dados Gerais

MESTRADO

Total de créditos: 28 créditos
Duração: 24 meses
Título conferido: Mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural

DOUTORADO

Total de créditos: 38 créditos
Duração: 48 meses
Título conferido: Doutor em Memória Social e Patrimônio Cultural

Coordenação do Curso:
Profª. Drª. Maria Leticia Mazzucchi Ferreira

Fone: 55.53981247104
leticiamazzucchi@gmail.com

Secretaria:
Tec. Adm. Gisele Dutra Quevedo
gisele.quevedo.ppgmspc@gmail.com

 

Local de funcionamento:
R. Alm. Barroso, 1202
Pelotas, Rs, Brasil
96010-280, Centro

(53)32844309

Horário de funcionamento:

Segunda, terça, quinta e sexta- 19h as 22h

Quarta -feira – das 13:45h as 22h.