Pós-Graduação

O Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UFPel tem, ao longo de sua história, apresentado crescimento qualitativo (em termos do conceito de avaliação da CAPES) e quantitativo (ampliação da produção científica e tecnológica e ampliação do número de profissionais formados). O objetivo do Programa é formar mestres e doutores com sólida base científica, com capacidade de pensamento crítico, alicerçada na capacidade de transformação da realidade que os cerca. Constituí-se em referência regional e nacional e encontra-se em crescente processo de visualização internacional. Com isso, na última trienal CAPES, atingiu o conceito 6, passando a figurar entre os 8 PPGs do Brasil na área de Odontologia com conceitos 6 ou 7.

 

ESTRUTURA CURRICULAR 2017-2018

Nível Mestrado

Área de concentração: Clínica Odontológica

Ênfases: Dentística e Cariologia, Diagnóstico Bucal, Endodontia, Odontopediatria, Periodontia, Prótese

Dentária

 

Conceito geral:

O nível de mestrado do PPGO-UFPel visa a formar mestres com sólida base científica, capacidade de pensamento crítico e de tomada de decisões baseadas em evidência, contextualizadas no global e na realidade regional brasileira, entendendo o papel da ciência na inserção social e desenvolvimento do país. Entende-se que a formação técnica em clínica odontológica é fundamental, embora não seja o foco principal da pós-graduação stricto sensu. Esta formação será generalista, porém considerando uma ênfase (especialidade) de formação.

 

Mestrado com ênfase, área de Clínica Odontológica:

As disciplinas de mestrado são ofertadas considerando um eixo comum de formação (disciplinas cursadas por todos os discentes, independente da ênfase) e um eixo específico, em que as atividades serão individualizadas de acordo com a ênfase da titulação. Para que possa ser titulado um mestre com título em ênfase específica (ex.: área Clínica Odontológica, Ênfase em Endodontia), ainda uma necessidade da realidade acadêmica brasileira, o discente deverá:

  1. Cursar e ser aprovado nas disciplinas gerais do programa (eixo comum a todas as ênfases) e nas atividades formativas específicas da ênfase pretendida;
  2. Cumprir créditos de estágio de docência em disciplinas afins à ênfase pretendida (4 semestres para bolsistas, 2 semestres para não-bolsistas);
  3. Desenvolver dissertação de mestrado com escopo na ênfase de titulação pretendida.

 

Organização curricular (até 36 créditos):

Praticamente todas as disciplinas de mestrado são obrigatórias e pré-requisitos. Assim, o discente de mestrado não poderá optar por disciplinas a serem cursadas ou por diferentes épocas de oferta. As disciplinas de formação em nível mestrado são ofertadas a cada dois anos e, assim, o discente deverá cursar todas as disciplinas ofertadas a cada semestre. Em torno de 70% das disciplinas são comuns a todas as ênfases, enquanto aproximadamente 30% das disciplinas se referem a créditos de formação específica da especialidade/ênfase.

De forma a permitir que discentes que não pretendem se dedicar exclusivamente ao programa possam organizar suas atividades profissionais, as disciplinas do mestrado serão ofertadas de forma concentrada nos primeiros três dias da semana, sempre que possível. Exceção a isso é o estágio de docência, pois há necessidade de casar esta disciplina com a oferta de disciplinas de graduação da escola, o que nem sempre é possível controlar. Independente da manutenção de vínculo profissional ou autônomo por parte dos discentes, estes devem cumprir carga horária mínima de 20 horas semanais no programa, conforme determinação expressamente definida no regimento do PPGO.

 

 

Nível Doutorado

Áreas de concentração: Clínica Odontológica (CO); Biomateriais e Biologia Oral (BBO)

 

Ênfases:

CO: Dentística e Cariologia, Diagnóstico Bucal, Endodontia, Odontopediatria, Periodontia, Prótese Dentária

BBO: Materiais Odontológicos, Inovação Tecnológica

 

Conceito geral:

O nível de doutorado do PPGO-UFPel, independentemente da área de concentração ou ênfase de formação/pesquisa, visa a formar um pesquisador capacitado a atuar em qualquer lugar do Brasil ou exterior, seguindo os preceitos formativos dos principais centros de referência internacional, mas também contextualizado com a realidade regional brasileira e entendendo o papel da ciência na inserção social e desenvolvimento do país.

A organização das atividades do doutorado tem baseada nos princípios da AUTONOMIA do discente na construção de sua formação, com FLEXIBILIDADE na escolha de suas atividades e disciplinas. Serão ofertadas disciplinas e atividades de domínio GERAL e COMUM entre as áreas e ênfases, a fim de formar um profissional com visão integrada e focada na excelência acadêmica, tecnológica e científica, que possa exercer liderança acadêmica e profissional independentemente de onde se fixar no futuro.

Disciplinas e atividades específicas necessárias à formação em uma área ou ênfase serão computadas como créditos de formação específica, mas não serão necessariamente disponibilizadas na forma de disciplinas estanques no programa.

Doutorado com ênfase, área de Clínica Odontológica:

Para que possa ser titulado um doutor com título em ênfase específica, ainda uma necessidade da realidade acadêmica brasileira, além do cumprimento das disciplinas e atividades formativas, o discente deverá comprovar as seguintes acreditações para testar sua habilidade e competência:

  1. Apresentar comprovação de realização de disciplinas específicas da ênfase (2 disciplinas clínicas e 2 disciplinas teóricas) no nível mestrado. Caso o aluno tenha finalizado mestrado em Clínica Odontológica na UFPel, este já terá integralizado estas disciplinas; alunos de outros centros deverão cursar essas disciplinas.
  2. Apresentar uma carga horária mínima de 102 horas em atividades de extensão como operador, atuando na ênfase de titulação pretendida. Alternativamente, o discente poderá apresentar o título de especialista reconhecido pela autoridade competente, para atestar suas habilidades e competências na área da ênfase;
  3. Desenvolver tese de doutorado com escopo na ênfase de titulação pretendida e cumprir créditos de estágio de docência (4 semestres para bolsistas, 2 semestres para não-bolsistas) em disciplinas afins à ênfase pretendida;
  4. Existe a opção de titulação em Clínica Odontológica sem ênfase. Neste caso o discente não precisará cumprir os créditos de formação específica indicados acima.

 

Doutorado com ênfase, área de Biomateriais e Biologia Oral:

Para que possa ser titulado um doutor com título em ênfase específica nesta área, além do cumprimento das disciplinas e atividades formativas, o discente deverá:

  1. Cursar as disciplinas de formação específica de cada ênfase: Materiais Dentários e Métodos de investigação em biomateriais (ênfase: Materiais Odontológicos); Métodos de investigação em biomateriais e Redação de documentos tecnológicos (ênfase: Inovação Tecnológica);
  2. Deverá apresentar uma carga horária mínima de 102 horas em atividades de extensão, aperfeiçoamento ou treinamento na ênfase de titulação pretendida;
  3. Desenvolver tese de doutorado com escopo na ênfase de titulação pretendida;
  4. Existe a opção de titulação em Biomateriais e Biologia sem ênfase. Neste caso o discente não precisará cumprir os créditos de formação específica indicados acima.

 

Organização curricular (mínimo necessário: 40 créditos):

  • 10 créditos em artigos publicados em periódicos, de acordo com normas regimentais;
  • 10 créditos em formação específica complementar (acreditação de extensão, participação em grupos de pesquisa, comprovados por certificados);
  • 20 créditos em disciplinas, podendo o discente cursar mais créditos se tiver interesse;
  • Ao menos uma disciplina cursada em inglês;
  • Os créditos serão preferencialmente ofertados na forma de disciplinas modulares (ex.: módulo de uma semana) de forma a permitir que discentes residentes em outras cidades possam participar.

 

Estrutura bilíngue e trilíngue:

O nível de doutorado do PPGO-UFPel, alinhado com as políticas e demandas de internacionalização para PPGs de excelência, está organizado de forma que suas atividades sejam desenvolvidas de forma bilíngue, contemplando atividades nas línguas portuguesa e inglesa. Além disso, algumas disciplinas do programa são ofertadas na língua espanhola. Esta característica é de fundamental importância para um PPG situado em região de proximidade com fronteira e que está trabalhando em sintonia com grandes centros de pesquisa no mundo.

 

Para maiores informações consulte o site do programa: http://ppgoufpel.com/

Ou entre em contato com a secretaria: secretariappgo@gmail.com

 

Os docentes cadastrados no PPGO-UFPel a partir de 2017 são:

– Profa. Dra. Adriana Etges

– Profa. Dra. Adriana Fernandes da silva

– Prof. Dr. Alexandre Emidio

– Profa. Dra. Ana Carolina Uchoa

– Profa. Dra. Ana Romano

– Profa. Dra. Andreia Cascaes

– Prof. Dr. Cesar Henrique Zanchi

– Prof. Dr. César Bergoli

– Prof. Dr. Evandro Piva

– Profa. Dra. Fernanda Faot

– Profa. Dra. Fernanda Pappen

– Prof. Dr. Flavio Demarco

– Profa. Dra. Giana Lima

– Prof. Dr. Marcos Antonio Torriani

– Prof. Dr. Marcos Britto Correa

– Profa. Dra. Maria Laura Menezes Bonow

– Profa. Dra. Maria Áurea Lira Feitosa

– Profa. Dra. Marina Azevedo

– Profa. Dra. Marília Goettems

– Prof. Dr. Mateus Bertolini Fernandes dos Santos

– Prof. Dr. Maximiliano Sérgio Cenci

– Profa. Dra. Melissa Damian

– Profa. Dra. Natalia Pola

– Profa. Dra. Noéli Boscato

– Profa. Dra. Nádia Ferreira

– Prof. Dr. Otacílio Chagas Jr.

– Profa. Dra. Patricia Angst

– Profa. Dra. Patricia Jardim

– Prof. Dr. Rafael Guerra Lund

– Prof. Dr. Rafael Moraes

– Prof. Dr. Rafael Onofre

– Profa. Dra. Sandra Tarquinio

– Profa. Dra. Tatiana Pereira Cenci

– Prof. Dr. Thiago Martins